30 de março de 1814: aliados contra Napoleão rompem defesa de Paris

Em 30 de março de 1814, com o recuo de Napoleão ao interior da França, forças aliadas contra o imperador francês entram em Paris

Em 30 de março de 1814, após um ano de luta além de suas fronteiras, o imperador Napoleão Bonaparte viu-se forçado a recuar para o interior da França. Enquanto ele tomava refúgio no interior e se preparava para continuar a resistir, a capital francesa, Paris, foi ameaçada por tropas russas, austríacas e prussianas. A defesa da cidade estava a cargo do irmão de Napoleão, José Bonaparte.

No dia 30, as forças da Coalizão convergiram sobre Paris. Os russos foram bem sucedidos em tomar Romainville, no meio das linhas francesas. Horas depois, o marechal prussiano Blücher atacou pelo norte e tomou Aubervilliers, mas não prosseguiu além disso. 

Enquanto isso, tropas de Estados alemães menores, como Württemberg, avançaram e firmaram posição no sul, em Saint-Maur. Aproveitando o bom momento, os russos lançaram-se num ataque frontal, mas foram repelidos pela Guarda Imperial francesa. 

Estes soldados continuaram a segurar a linha até que os prussianos chegaram e atacaram por trás. O exército russo então firmou-se nas colinas de Montmartre, um grande posto defensivo onde José Bonaparte havia montado seu quartel-general. 

Frente aos progressos do inimigo, José fugiu da cidade. O marechal francês Auguste de Marmont então assinou um acordo com o comando das forças aliadas e acertou a rendição das tropas imperiais em Paris. No fim do dia 31 de março, soldados da Coalizão marchavam pela capital francesa.

Ao saber da rendição de Paris, Napoleão ficou furioso. Ele estava em Fontainebleau quando recebeu a notícia e se pôs de prontidão para avançar sobre a capital e reconquistar a cidade, mas seus marechais se recusaram. 

A 4 de abril, o imperador abdicava em favor do filho, mas as potências europeias se recusaram a reconhecer a sucessão e impuseram a Napoleão o chamado Tratado de Fontainebleau, no dia 11 do mesmo mês, que exigia a desistência completa do seu direito ao trono e o mandava para o exílio na ilha de Elba. Um Bonaparte relutante ratificou o tratado dois dias depois, encerrando a guerra da Sexta Coalizão.

 

Da redação do Para Onde Ir com texto da Wikipedia

Related Posts
Jornalistas cantores festejam o dia cantando na Tabajara
Programa com os jornalistas cantores é da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) e apresentado por Jãmarrí Nogueira Dentro da programação do Dia do Jornalista - festejado nesta quarta-feira (7) - ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva (gratuita)
Revisor e diagramador são duas profissões destacadas nas tarefas da Comunicação Social, comemoradas na mesma data, o 28 de março Sérgio Botêlho - Infelizmente, as profissões de Revisor e de Diagramador, ...
READ MORE
12 de abril de 1961: Gagarin realiza 1º voo espacial humano
Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas instituiu 12 de abril, o Dia Internacional do Voo Espacial Humano Em 12 de abril de 1961 aconteceu a viagem do cosmonauta Yuri Gagarin ...
READ MORE
Hoje na História
Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai assinam, em 26 de março de 1991, o Tratado de Assunção, criando o Mercado Comum do Sul (Mercosul) É conhecido pelo nome de Tratado de Assunção ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
O dia dedicado internacionalmente aos ciganos visa combater o preconceito contra esse povo, uma das grandes vítimas do nazismo O objetivo deste dia é comemorar a cultura e a história do ...
READ MORE
5 de abril de 1968: fica proibida a Frente Ampla contra a ditadura
Formada por adversários anteriores ao golpe de 1964, Carlos Lacerda, Juscelino Kubitschek e João Goulart, a Frente Ampla pregava retorno à democracia A Frente Ampla foi um grupo político criado a ...
READ MORE
31 de março de 1821: Portugal extingue o Tribunal do Santo Ofício
Após 300 anos de muita história de tortura e assassinatos em praça pública, o Tribunal do Santo Ofício é extinto em Portugal Após quase 300 anos de atividade, o Tribunal do ...
READ MORE
12 de março de 1537: ganha foro o Arrecife dos Navios, futura Recife
Nesta data, Duarte Coelho, donatário da Capitania de Pernambuco, recebe a Carta de Foral sobre o ancoradouro que viria a ser o Porto do Recife Em 12 de março de 1537, ...
READ MORE
Congresso Nacional e Palácio Itamaraty iluminados de azul em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Reconhecimento precoce, assim como terapias comportamentais, educacionais e familiares podem reduzir os sintomas do autismo O Dia Mundial do Autismo, celebrado anualmente em 2 de abril, foi criado pela Organização das ...
READ MORE
13 de março de 2013: argentino é eleito e assume como Papa Francisco
Pela primeira vez na história um latino-americano e jesuíta era escolhido para comandar a Igreja e se tornar também o primeiro Papa Francisco Em 13 de março de 2013 o mudo ...
READ MORE
Jornalistas cantores festejam o dia cantando na Tabajara
28 de março, na Comunicação Social, é dia
12 de abril de 1961: Gagarin realiza 1º
26 de março de 1991: é criado o
8 de abril: comemora-se o Dia Internacional dos
5 de abril de 1968: fica proibida a
31 de março de 1821: Portugal extingue o
12 de março de 1537: ganha foro o
2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do
13 de março de 2013: argentino é eleito

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.