O que é mobilidade urbana, para os querem saber

Mobilidade urbana provavelmente é um dos temas que mais estará em voga no novo normal, ou seja, no pós-pandemia. Neste momento, em pleno crescimento da Covid-19, no Brasil, o tema já é motivo de preocupação. Principalmente, da parte daqueles que se preocupam com o bem-estar da população. Em resumo: Mobilidade urbana é o conjunto dos fatores que determina a organização das cidades e os meios de transporte tendo em vista o deslocamento das pessoas.

Porém, mobilidade urbana não apenas é preocupação de abnegados humanistas. Mas também dos que estão voltados para o futuro da economia, cada vez mais enxergada do ponto de vista do equilíbrio homem-natureza. 

Buscar melhores condições de vida nas cidades, com menos trânsito, menos poluição, mais facilidade de deslocamento das pessoas, menos acidentes, e, portanto, menos gastos para a Previdência e o Sistema Único de Saúde, tem tudo a ver com as necessidades que se colocarão aos gestores públicos e políticos no chamado novo normal.

O que é mobilidade urbana

Mover-se dentro do espaço urbano, seja por que meios ou formas, é, cada vez mais, o centro das preocupações de quem vive ou chega às cidades. Portanto, o conjunto dessas formas e meios de deslocamento nas cidades se constitui no espectro por onde se desenvolvem os estudos sobre mobilidade urbana.

Automóveis particulares, táxis, transporte por aplicativos, bicicletas, patinetes, motos, ônibus, metrôs, trens urbanos, trólebus, veículos leves sobre trilhos, elevadores, escadas rolantes, ruas, ciclovias, praças, trilhos, sinais de trânsito, tudo isso é parte de uma composição de fatores incluídos no conceito de mobilidade urbana.

De outra parte, engarrafamentos, lentidão no trânsito, inundações urbanas, adensamento populacional, empobrecimento da população, crescimento das favelas, poluição por gases, poluição sonora, poluição visual, comprometimento orçamentário público, gastos com saúde pública, prejuízos educacionais são todos problemas enfrentados pelos que se debruçam sobre o tema da mobilidade urbana.

Enfim, a mobilidade urbana se traduz legalmente em normas específicas a regular o deslocamento humanos nas cidades. E, ainda, em estratégias públicas e privadas que condicionam esses deslocamento. O que se reflete, portanto, na forma de organização das cidades e dos equipamentos ao dispor da população. Hoje, organizadas fundamentalmente em função dos automóveis. Um enorme quebra-cabeça para os contemporâneos resolverem, em nome do futuro da humanidade.

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.