Em Marcação, muita festa à padroeira Nossa Senhora da Conceição

Dando sequência às homenagens que são prestadas à Nossa Senhora da Conceição, na Paraíba, em dezembro (agora, em Marcação)

Sérgio Botêlho – Dando sequência às homenagens que são prestadas à Nossa Senhora da Conceição, na Paraíba, em dezembro (agora, em Marcação), voltamos às tradicionais festas à santa que misturam encantadoramente as tradições católicas e afro brasileiras.

Como é sabido, quase ao mesmo tempo em que os portugueses se apoderavam da Terrae Brasilis, portando o símbolo da Cruz e do cristianismo, os africanos começavam a desembarcar nas mesmas paisagens na condição de escravos, carregando seus símbolos religiosos ancestrais e suas crenças.

Por outro lado, milhões de índios aqui já se encontravam há milhares e milhares de anos, na verdade, os verdadeiros donos do pedaço, por inequívoco usucapião. Também, como africanos e portugueses, os índios tinham seus símbolos e suas crenças transmitidas de geração a geração.

DÓLAR, VIAGENS AÉREAS, HISTÓRIA HOJE, BOLSA, ANIVERSÁRIOS MUNICIPAIS, APROVEITE E ASSINE O BLOG POR E-MAIL. ACESSE CLICANDO AQUI

Sincretismo

Acontece que, em chegando ao novo território, com o domínio das armas, os portugueses foram logo buscando impor sua cultura e, com o mesmo denodo, sua religião. Padres e jesuítas se encarregavam de ‘ensinar’ o credo, enquanto as tropas se ocupavam de convencer os recalcitrantes.

MEMÓRIAS PESSOENSES. Crônicas sobre figuras e fatos da João Pessoa das décadas de 50 e 60 do século XX. COMPRE AQUI

Certamente que o maior poderio bélico e financeiro foi mais convincente. No entanto, para não sucumbir totalmente em suas crenças e valores, pretos e índios trataram de compatibilizar suas entidades com as dos brancos portugueses, o que deu no chamado sincretismo religioso.

Esse sincretismo, ou identificação entre entidades, é tanto mais forte onde a miscigenação aparece mais acentuada. Exemplo disso é a cidade de Salvador, capital da Bahia. Contudo, no Brasil inteiro o sincretismo é facilmente percebido.

Dessa forma, no litoral brasileiro como um todo, a exemplo de Salvador, a mistura religiosa é bem evidente. É o que acontece em comunidades como as de Marcação, Rio Tinto e Baía da Traição, especialmente, onde dezenas de aldeias servem de moradia a milhares de descendentes dos potiguaras. E, mais, remanescentes de povos africanos.

Marcação

Padroeira da cidade de Marcação, a festa dedicada a Nossa Senhora da Conceição, em 08 de dezembro, tem procissão, novena e muita oração na igreja católica. Na capela dedicada à invocação de Maria a festa tipicamente cristã prepondera.

Isso não impede, contudo, que haja, também nesse dia, homenagens a Iemanjá, a Rainha do Mar, assim como acontece nas praias de todo o litoral paraibano. Um dia para jamais ser esquecido por quem se der ao prazer de festejar Nossa Senhora e Iemanjá, nas praias de Marcação.

Vídeos:

 

TJ SHOW – Festa de Nossa Senhora da Conceição – Marcação-PB

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.