Cruz da Menina: história cruel que emociona e cuja lembrança provoca grande romaria

Cruz da Menina: história cruel que emociona e cuja lembrança provoca romaria de milhares de pessoas, todos os dias, na cidade de Patos

Há uma história que até hoje emociona e revolta a população sertaneja. Trata-se do assassinato de uma criança pelos seus tutores. É parte de um enredo cruel em meio às secas e à miséria que já foram bem mais duras, em suas consequências, no sertão nordestino.

Cruz da Menina
Crédito da foto: PBTur.

Consta que durante a seca dos primeiros anos de 1920 um casal campinense recebeu por doação uma criança, cujos pais fugiam da seca, e pensavam que, assim, salvariam-na da inevitável morte pela fome.

A criança, chamada Francisca, seguiu para a cidade de Patos com o casal, onde o homem, de nome Absalão, ia trabalhar na manutenção das fiações elétricas que forneciam energia à cidade.

MEMÓRIAS PESSOENSES. Crônicas sobre figuras e fatos da João Pessoa das décadas de 50 e 60 do século XX. COMPRE AQUI

A mulher, de nome Domila, batia na criança quase que diariamente, enquanto seu esposo nada fazia de concreto para que aquela brutalidade tivesse fim. Para a criança era o inferno na Terra.

Assassinato

Até que um dia, segundo relata publicação da Diocese de Patos, a mulher foi ao encontro do esposo, deixando a criança com ordem de dormir. No entanto, Francisca distraiu-se com algumas crianças que brincavam lá fora, e adormeceu na janela.

Ao chegar, tomada da fúria de sempre, Domila bateu tanto que a criança morreu. Daí buscaram esconder o corpo que, afinal encontrado, não deixou dúvida sobre a autoria do assassinato. Protegido por políticos, o casal voltou a Campina Grande. Anos depois, foi julgado e inocentado. Mas, não pelo povo que acompanhou a história.

Uma cruz marcou o local onde o corpo de Francisca foi encontrado. O símbolo passou a atrair pessoas que por ali transitavam para orações. Até que em em 1929, o agricultor José Justino do Nascimento ergueu uma capela em louvor a Francisca, agradecido por uma graça alcançada em forma de água para o seu rebanho.

Desde esse tempo, até hoje, o local, conhecido como a Cruz da Menina, em Patos, tem servido de romaria a milhares de pessoas que vêm orar ou agradecer algum pedido feito àquela criança, vítima da imensa perversidade de tempos e pessoas tão ruins.

Fonte:

A Santa Cruz e a Cruz da Menina

https://www.diocesedepatospb.org.br/cruz-da-menina/

Vídeos:

A Santinha Francisca em Patos na Paraíba

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.