Governadores querem prorrogação do estado de calamidade e do auxílio emergencial

Varejo tem pior Natal. Dólar põe empresas em dificuldade. Multiplicam-se atos de resistência a medidas de isolamento. 

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

Estado de calamidade

Os governadores do Nordeste querem a prorrogação do estado de calamidade no país. Segundo o jornal Valor Econômico, os líderes da região argumentam com a necessidade de o país dar continuidade ao auxílio emergencial, diante da persistência da crise sanitária.  “Ninguém quer e ninguém deseja, mas a calamidade é uma realidade”, disse o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que lidera o consórcio de governadores da região e que afirmou também se manifestar em nome do fórum de governadores de todo o país, conforme a matéria.

Varejo tem pior Natal

Ainda segundo o Valor Econômico, em matéria que é manchete da publicação, o Natal deste ano foi o mais fraco para as vendas do comércio desde a recessão de 2015 e 2016, quando o setor encolheu 7% no período. A informação é das associações empresariais ouvidas pelo jornal, que atribuem o mau desempenho justamente à redução do valor do auxílio emergencial pago pelo governo a mais de 60 milhões de pessoas e ao fechamento ou redução do horário de funcionamento

Dólar põe empresas em dificuldade

Matéria de capa do jornal Estado de São Paulo, desta terça-feira, 29, revela dados sobre a crise vivida por empresas brasileiras por conta da alta do dólar. De acordo com levantamento feito pelo Centro de Estudos do Mercado de Capitais com base em dados até agosto, a dívida corporativa total chegou a R$ 4,3 trilhões; além da variação cambial, empresas recorreram a mais empréstimos para reforçar caixa.

Resistências a isolamento

Enquanto isso, multiplicam-se os atos de resistência a medidas de isolamento adotadas ou pretendidas por governadores e prefeitos. Segundo a Folha de São Paulo, nesta segunda-feira, 28, trabalhadores de Angra dos Reis, no litoral sul do Rio de Janeiro, bloquearam o acesso à cidade em protesto contra restrições ao turismo na cidade. Em Juiz de Fora (MG), houve protesto em frente à prefeitura contra o fechamento do comércio.

Resistências

Ainda de acordo com o jornal, em Búzios, no primeiro grande protesto deste fim de ano, empresários e trabalhadores conseguiram reverter decisão judicial do último dia 17 que fechava a cidade para turistas no período de festas de fim de ano. No Amazonas, o recuo veio apenas depois da segunda mobilização em uma semana. Enquanto isto, as perspectivas pela vacinação em massa são cada vez mais distantes. Já a pandemia somente vem piorando.

Bolsa de Valores

DÓLAR, VIAGENS AÉREAS, HISTÓRIA HOJE, BOLSA, ANIVERSÁRIOS MUNICIPAIS, APROVEITE E ASSINE O BLOG POR E-MAIL. ACESSE CLICANDO AQUI 

Related Posts
Exterminação de empregos no turismo, em 2020; vacinar é preciso
Exterminação de empregos no turismo, em 2020; vacinar é preciso. Prêmios de direitos humanos; prazo para reembolso de passagens aéreas é ampliado *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº 11, de 02.01.2020 🖋 ...
READ MORE
Ibovespa cai abaixo dos 92.000 pontos
Tensão com o imbróglio entre EUA e China afetou fortemente a Bolsa de Valores de São Paulo no pregão desta segunda-feira, 13.Dessa forma, o Ibovespa desabou mais de 2%, descendo ...
READ MORE
Famílias endividadas no país chegam a 67,3% do total, em março 
Além de famílias endividadas, leia: dólar e Bolsa; selo turísticos internacionais; concessão de rodovias no Rio; usinas de oxigênio no DF  🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº 101 ...
READ MORE
Foto: Manu Dias/Arquivo GOVBA
1,2 milhão de pessoas deixarão de estar nas ruas de Salvador no Carnaval. 25% dos consumidores de SC não pretendem se vacinar. Ministério Público quer revogação de decreto autorizando igrejas a ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
Justificando o ato como de combate ao processo inflacionário, o recém empossado, Collor de Melo, retira de circulação 30% do PIB brasileiro No dia 16 de março de 1990, um dia ...
READ MORE
Pequenos negócios dobram novas vagas sobre média e grandes empresas
Embora na crise, micro e pequenas empresas comprovam capacidade maior de recuperação e geração de empregos Entre julho e outubro desse ano, as micro e pequenas empresas criaram 714,3 mil postos ...
READ MORE
Inflação de alimentos e bebidas impacta setor de viagem e lazer
*ECONOMIA DO TURISMO*, Ano I, Nº 4, de 26.12.2020 *Alimentos e bebidas apresenta variação de 14,6% para cima em 2020; Rio deve receber primeiro escritório da OMT na América Latina; Congresso ...
READ MORE
Agricultural silos on sunset and part of field and fertile soil in foreground
Entre os dias 07 e 11 de agosto, a cidade de Lins, em São Paulo, realizada a sua 43ª versão da Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial, evento tradicional da cidade, ...
READ MORE
Ceilândia, Brasília, DF, Brasil 23/3/2017 Foto: Tony Winston/Agência Brasília.

Na segunda-feira (27), a cidade de Ceilândia completa 46 anos de criação. Para comemorar o aniversário, vão ocorrer várias atrações durante todo o dia no sábado (25).
Além de celebração em Ceilândia, leia: dólar e Bolsa; tributos do MEI e Simples, no DF; Anchieta-Imigrantes reduz fluxo; transporte e Covid-19 🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº ...
READ MORE
Derrubada de veto a bloqueio do FNDCT entusiasma empresários
Além de veto a bloqueio do FNDCT, leia: empregos nas micro e pequenas empresas; isolamento rígido; programação cultural em SP 🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº 91 de ...
READ MORE
Exterminação de empregos no turismo, em 2020; vacinar
Ibovespa cai abaixo dos 92.000 pontos
Famílias endividadas no país chegam a 67,3% do
Relatório sobre autonomia do BC será apresentado nesta
16 de março de 1990: Collor confisca poupanças
Pequenos negócios dobram novas vagas sobre média e
Inflação de alimentos e bebidas impacta setor de
Turismo rural: Lins-SP promove 43ª Exposição Agropecuária, Industrial
Celebração em Ceilândia: 50 anos de tradições e
Derrubada de veto a bloqueio do FNDCT entusiasma

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.