411 milhões de reais pode ser a perda de cidades da PB com trocas no IR

411 milhões de reais em prejuízos a cidades paraibanas com mudanças no IR faz parte de relatório parlamentar

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) alerta sobre o relatório da Reforma do Imposto de Renda (IR) apresentado pelo deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA) que gera um prejuízo de 30 bilhões nas contas públicas. Desse valor, um total de R$ 13,1 bilhões serão subtraídos dos cofres municipais. Caso aprovado o relatório, os 223 municípios paraibanos perderão R$ 411.146.370, o que vai enfraquecer os serviços públicos prestados à população mais vulnerável, principalmente em cerca de 72% dos municípios locais que são de pequeno porte e dependem do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). 

Em resumo, o relatório deve produzir uma significativa desoneração da renda do capital, mesmo que alguns benefícios fiscais estejam sendo eliminados, e ampliará os estímulos ao fenômeno da pejotização (é o fenômeno ao qual a finalidade é disfarçar a caracterização da relação trabalhista), os quais pretendiam-se reduzidos originalmente com a tributação de dividendos. 

A Famup segue o entendimento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) de que embora concorde com a justa correção da tabela do Imposto de Renda das pessoas físicas, com o retorno da tributação sobre dividendos e até mesmo com a redução moderada da carga tributária das empresas, se manifesta contra o relatório na forma como apresentado. Por isso, a entidade faz um chamado aos parlamentares comprometidos com o municipalismo e a justiça fiscal a reprovarem o texto. 

De acordo com a Famup e a CNM, embora haja um justo clamor por reduzir a carga tributária sobre o lucro das empresas e, em contrapartida, tributar os dividendos distribuídos aos sócios, o texto apresentado pelo relator na terça-feira, 13 de julho, exagerou na dose e se desvirtuou dos objetivos pelos seguintes motivos: 

  1. Reduziu pela metade, de 25% para 12,5%, a alíquota do IRPJ das grandes empresas, produzindo uma perda esperada de R$ 100 bilhões para os cofres públicos, sendo R$ 24,5 bilhões para os Municípios. 
  2. Não compensou devidamente essa perda de arrecadação com a retomada da tributação de dividendos, ao manter uma faixa de isenção muito elevada, de R$ 240 mil anuais por sócio, e ao isentar a transferência de dividendos entre empresas de um mesmo grupo, o que favorecerá a retenção de lucros pelas famílias mais ricas que se organizam sob a forma de holding para fugir da tributação sobre herança e, agora, também da tributação sobre dividendos. 
  3. Manteve tratamento tributário favorecido para fundos imobiliários e outros instrumentos de aplicação financeira.

Da redação do Para Onde Ir com informações da Famup 

Related Posts
IBGE: setor de serviços da Paraíba mantém crescimento
Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE mostra que em julho o setor de serviços da Paraíba cresceu 0,8% sobre junho Apontando retomada, o setor de serviços manteve crescimento pelo terceiro ...
READ MORE
Wikipedia
No famoso Litoral Sul da Paraíba, onde não faltam praias belíssimas, tranquilas e de ondas calmas e convidativas, o litoral do município de Pitimbu, de longa e tradicional história a ...
READ MORE
Calçadinha do Cabo Branco sofre intervenção da maré e será reconstruída
Além da ação da maré, o trecho da calçadinha do Cabo Branco prejudicado foi ainda mais atingido por conta das últimas chuvas O prefeito Cícero Lucena assegurou que a Prefeitura de ...
READ MORE
Estuário do Mucatu: um espetáculo de encontro do rio com o mar
No Litoral Sul da Paraíba, em Pitimbu, belo como ele só, tem o Estuário do Mucatu, que faz um bem danado ao corpo e ao espírito No Litoral Sul da Paraíba, ...
READ MORE
Praia de Ponta de Mato
Sérgio Botêlho - Na parte norte do litoral paraibano, a que forma a beira-mar da cidade de Cabedelo, tem uma praia que é uma ilha de tranquilidade: Ponta de Mato. ...
READ MORE
140 vozes femininas paraibanas vão ao ar nesta quinta-feira, 1
A apresentação das 140 vozes femininas integra a programação do Mês das Mulheres, sob a responsabilidade da Fundação Espaço Cultural (Funesc) A quarta e última parte da série especial do programa ...
READ MORE
Parque Sólon de Lucena: da Lagoa dos Irerês às artes de Burle Marx
Sérgio Botêlho - Contar a história do Parque Sólon de Lucena é passear pela própria história da atual cidade de João Pessoa. Expandindo-se, a partir do Sanhauá, a velha cidade ...
READ MORE
Turismo paraibano: antes e depois da paraibana Juliette e sua luz
Vencedora do BBB21, a paraibana Juliette Freire já fez um bem danado ao turismo paraibano, e pode fazer ainda mais com o tempo Sérgio Botêlho - Entre os setores da economia ...
READ MORE
Foto: Youtube Divulgação
Serão 30 vagas, no Empreender-PB, para cada um dos municípios selecionados para esta terça; saiba quais são os municípios Programa Empreender-PB abre, nesta terça-feira (16), a partir das 8h, o primeiro ...
READ MORE
A fantástica, limpa e paradisíaca praia do Miriri, em Rio Tinto-Paraíba
Não fica devendo para nenhuma outra famosa, pois a praia do Miriri, em Rio Tinto, é singular e extraordinária, satisfazendo as mais elevadas exigências, quando se trata de paisagem natural ...
READ MORE
IBGE: setor de serviços da Paraíba mantém crescimento
Praia dos Mariscos: espetáculo no mar do Litoral
Calçadinha do Cabo Branco sofre intervenção da maré
Estuário do Mucatu: um espetáculo de encontro do
Praia de Ponta de Mato, em Cabedelo-PB: onde
140 vozes femininas paraibanas vão ao ar nesta
Parque Sólon de Lucena: da Lagoa dos Irerês
Turismo paraibano: antes e depois da paraibana Juliette
Empreender-PB abre inscrições nesta terça, 16, a partir
A fantástica, limpa e paradisíaca praia do Miriri,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.