411 milhões de reais pode ser a perda de cidades da PB com trocas no IR

411 milhões de reais em prejuízos a cidades paraibanas com mudanças no IR faz parte de relatório parlamentar

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) alerta sobre o relatório da Reforma do Imposto de Renda (IR) apresentado pelo deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA) que gera um prejuízo de 30 bilhões nas contas públicas. Desse valor, um total de R$ 13,1 bilhões serão subtraídos dos cofres municipais. Caso aprovado o relatório, os 223 municípios paraibanos perderão R$ 411.146.370, o que vai enfraquecer os serviços públicos prestados à população mais vulnerável, principalmente em cerca de 72% dos municípios locais que são de pequeno porte e dependem do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). 

Em resumo, o relatório deve produzir uma significativa desoneração da renda do capital, mesmo que alguns benefícios fiscais estejam sendo eliminados, e ampliará os estímulos ao fenômeno da pejotização (é o fenômeno ao qual a finalidade é disfarçar a caracterização da relação trabalhista), os quais pretendiam-se reduzidos originalmente com a tributação de dividendos. 

A Famup segue o entendimento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) de que embora concorde com a justa correção da tabela do Imposto de Renda das pessoas físicas, com o retorno da tributação sobre dividendos e até mesmo com a redução moderada da carga tributária das empresas, se manifesta contra o relatório na forma como apresentado. Por isso, a entidade faz um chamado aos parlamentares comprometidos com o municipalismo e a justiça fiscal a reprovarem o texto. 

De acordo com a Famup e a CNM, embora haja um justo clamor por reduzir a carga tributária sobre o lucro das empresas e, em contrapartida, tributar os dividendos distribuídos aos sócios, o texto apresentado pelo relator na terça-feira, 13 de julho, exagerou na dose e se desvirtuou dos objetivos pelos seguintes motivos: 

  1. Reduziu pela metade, de 25% para 12,5%, a alíquota do IRPJ das grandes empresas, produzindo uma perda esperada de R$ 100 bilhões para os cofres públicos, sendo R$ 24,5 bilhões para os Municípios. 
  2. Não compensou devidamente essa perda de arrecadação com a retomada da tributação de dividendos, ao manter uma faixa de isenção muito elevada, de R$ 240 mil anuais por sócio, e ao isentar a transferência de dividendos entre empresas de um mesmo grupo, o que favorecerá a retenção de lucros pelas famílias mais ricas que se organizam sob a forma de holding para fugir da tributação sobre herança e, agora, também da tributação sobre dividendos. 
  3. Manteve tratamento tributário favorecido para fundos imobiliários e outros instrumentos de aplicação financeira.

Da redação do Para Onde Ir com informações da Famup 

Related Posts
Paraíba trabalha por novos leitos de enfermaria e UTI, e por imunização
Azevedo reúne-se com instituições para debater situação da Paraíba, e destaca importância de novos leitos de enfermaria e UTI, e imunização O governador João Azevêdo se reuniu, neste domingo (7), por ...
READ MORE
Polo Cabo Branco: ponto de inflexão do turismo paraibano
Sérgio Botêlho - Assisti, hoje, via Youtube, a uma apresentação que me deixou naturalmente entusiasmado, e que diz respeito ao futuro (há décadas aguardado) do turismo paraibano, mas também da própria ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
Plano é resultado dos estudos e discussões promovidas pelo Grupo de Trabalho Interinstitucional (GTI) do Feminicídio na Paraíba Plano de Ação para Aplicabilidade do Protocolo de Feminicídio da Paraíba foi publicado, ...
READ MORE
Pedra do Amor, no Conde: moldura inesquecível. E a praia? Vixe!!!
Sérgio Botêlho - As praias do Litoral Sul da Paraíba guardam, em seu conjunto, cenários paradisíacos, como a Pedra do Amor, um incidente espontâneo em perfeita sintonia com a natureza ...
READ MORE
Cirurgias eletivas estão suspensas no Distrito Federal
Suspensão das cirurgias eletivas exclui os procedimentos cardiovasculares, oncológicos, transplantes e judicializados, segundo o GDF A Secretaria de Saúde decidiu suspender temporariamente, até o dia 15 de março, todas as cirurgias ...
READ MORE
Encontros para Pensar o Território: debate público aborda Brasília
Secretaria de Desenvolvimento Urbano promove Encontros para Pensar o Território, visando atualização do Plano Diretor de Brasília A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) promove na próxima quarta-feira (17), a ...
READ MORE
Sudema, polícia e Seirhma reprimem veículos em praias turísticas
Ação repressora contra veículos em praias turísticas da Paraíba têm se intensificado frente à insistência dos renitentes A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), juntamente com o Batalhão Ambiental e ...
READ MORE
Pró-Bessa pede à prefeitura melhorias para o bairro
O prefeito Cícero Lucena se reuniu, nesta sexta-feira (5), com representantes do ‘Pró-Bessa’, que é um grupo de moradores e empresários locais que debate e encaminha às autoridades as reivindicações ...
READ MORE
Praia Formosa - Youtube
Sérgio Botêlho - A cidade de Cabedelo é uma das mais beneficiadas pela natureza. Principalmente, quanto se trata de sua orla marítima, que o diga a Praia Formosa. O litoral ...
READ MORE
Seixas: extremo oriental das Américas ostenta praia encantadora
Sérgio Botêlho - Afora a emoção de pisar no ponto mais oriental das Américas, o visitante ainda se depara com uma praia encantador: a do Seixas. Dessa forma, com águas ...
READ MORE
Paraíba trabalha por novos leitos de enfermaria e
Polo Cabo Branco: ponto de inflexão do turismo
Feminicídio na Paraíba passa a ter protocolo de
Pedra do Amor, no Conde: moldura inesquecível. E
Cirurgias eletivas estão suspensas no Distrito Federal
Encontros para Pensar o Território: debate público aborda
Sudema, polícia e Seirhma reprimem veículos em praias
Pró-Bessa pede à prefeitura melhorias para o bairro
Praia Formosa: garbosa e atraente é essa praia
Seixas: extremo oriental das Américas ostenta praia encantadora

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.