Igreja das Mercês e sua saga: da Visconde de Pelotas à Padre Meira

DICA DE LIVRO (Vendas também na Amazon e no Mercado Livre. Portanto, é só procurar Memórias Pessoenses)

Sérgio Botêlho – Onde hoje está localizada a Praça 1817, até 1935, era onde existia a Igreja de Nossa Senhora das Mercês. Mais exatamente, a construção religiosa ficava no espaço entre os prédios atuais do Banco do Brasil e da Assembleia Legislativa. Ali, era o final da rua Visconde de Pelotas.

A antiga Igreja das Mercês pertencia a uma irmandade leiga. Segundo o padre Marcondes Silva Menezes, mestre em Arquitetura e Urbanismo pela UFPB, a referida irmandade era formada por pardos. 

A Igreja das Mercês antiga teve sua pedra fundamental lançada em 1729, sendo entregue em 21 de setembro de 1741. Isso, após muita esmola e ajudas diversas em virtude da pouca disponibilidade financeira da irmandade responsável pela edificação.

Irmandades

As irmandades de leigos encarnavam uma missão mais social do que o que normalmente fazia o chamado clero secular. Praticavam a caridade e seus membros se ajudavam entre si. E tanto eram formadas por gente da elite como por escravos e mestiços.

Conforme descrev

Igreja das Mercês antiga
Igreja das Mercês antiga. Da coleção de Walfredo Rodrigues.

e Marcondes em sua dissertação de Mestrado, na UFPB, a Igreja das Mercês virou expressivo referencial urbano na Cidade da Parahyba. Então, destacava-se o largo que a antecedia (justamente o espaço da Praça 1817, hoje).

No entanto, em 1935, seguindo destino de outros templos pertencentes a irmandades de leigos na Cidade da Parahyba (igrejas do Rosário e Mãe dos Homens, que ainda serão abordadas em capítulos especiais) a Igreja das Mercês foi demolida.

Na justificativa oficial, e que foi assumida pela ampla maioria dos memorialistas e historiadores locais, pontificava apenas a necessidade de melhorar o padrão urbano da capital. Contudo, como sempre há os mais curiosos, e são eles os que terminam nos ajudando a compreender melhor a história, eis que Marcondes Silva Menezes conseguiu jogar luz sobre as trevas.

Desconstruir as irmandades

Na verdade, diz o clérigo e mestre da Academia, o que houve foi um entendimento estranhamento rápido, na época, entre o poder público, determinado a modificar o perfil urbano da cidade, e a arquidiocese, em desconstruir essas irmandades de leigos, e romanizar a Igreja, na Paraíba. Do lado do poder público, estava o prefeito Walfredo Guedes Pereira. Representando a Igreja, o arcebispo Dom Adauto.

Assim explicado, vislumbra-se o real motivo para os mui rápidos entendimentos entre o poder público e a Igreja, naquele momento, apesar de fortes reações da irmandade das Mercês, e de outros segmentos da sociedade, no que ficou conhecido como o Caso das Mercês.

A nova igreja

Embora a intenção primeira da Arquidiocese fosse a construção da nova Igreja da Mercês no bairro da Torre, a pressão da irmandade e da própria sociedade terminou por conseguir que essa nova construção fosse feita bem mais perto daquela que estava sendo derrubada.

E, assim, a nova Igreja das Mercês, concebida em forma de cruz, foi entregue em 1 de novembro de 1939, na descida para a Lagoa do Parque Sólon de Lucena. Não mais para ser conduzida pela irmandade dos leitos. Mas, pelo clero secular. 

Mesmo assim, se constitui a Igreja das Mercês, na esquina das ruas Padre Meira e Treze de Maio, importante referência urbana para a atual cidade de João Pessoa. E que certamente se constitui em monumento de interesse turístico, além de religioso, em função de toda essa carga histórica de que está investido.

(Sérgio Botêlho)

FONTES

O processo de demolição e desmonte das Irmandades Religiosas na Cidade da Parahyba (1923-1935): O CASO DA MERCÊS” – Marcondes Silva Menezes – Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo, do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, área de concentração em História da Arquitetura e Urbanismo, sob orientação da professora Dra. Maria Berthilde Moura Filho.

https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/tede/8316/2/arquivototal.pdf

As irmandades leigas

https://mundoeducacao.uol.com.br/historiadobrasil/as-irmandades-leigas.htm

|ACESSE OS SERVIÇOS OFERECIDOS PELO ‘PARA ONDE IR’, DÓLAR, VIAGENS AÉREAS, HISTÓRIA HOJE, BOLSA, ANIVERSÁRIOS MUNICIPAIS, E APROVEITE PARA ASSINAR O BLOG POR E-MAIL|

ENVIAR MENSAGEM:

 
Related Posts
Baía Formosa
Imagens fantásticas das praias de Baía Formosa e Sagi, no Rio Grande do Norte, amada por brasileiros, especialmente surfistas, do mundo inteiro. É o último município norte-rio-grandense na divisa com ...
READ MORE
Sábado 14 de septiembre de 2019

Con motivo de las fiestas pátrias, la comáñía "Tu Música en mi Silencio" ofreción un concierto en Lengua de Señas Mexicana para personas con discapacidad auditiva, dentro del Museo  de la Ciudad de México. 

Fotografía: Jesús Murillo / Secretaría de Cultura de la Ciudad de México.
Momento sublime, por ocasião da abertura da semana da pátria, no México, cuja independência se comemora nesta segunda-feira, 16 de setembro. A companhia "Tu Música en mi Silencio" ofereceu um ...
READ MORE
Fuxing Hao, o trem bala chinês
O avanço da tecnologia no Japão está apontando para a velocidade de 400km por hora no deslocamento de um projeto de trem bala. Os testes começaram nesta sexta-feira, 10, com ...
READ MORE
Em semana curta, deputados querem instalar comissões e votar lei contra pirataria
Esta será uma semana politicamente curta. Próxima quinta-feira já é feriado em Brasília. Em três dias de trabalho, nos quais, muitos parlamentares estarão viajando, por antecipação do feriado, a Câmara ...
READ MORE
Clique aqui para download do águas dos potiguaras
READ MORE
05 de março de 1933: Roosevelt inicia implementação do programa New Deal
Empossado a 04 de março de 1933, um dia depois, o presidente Roosevelt rompe com o liberalismo, decreta feriado bancário, e dá início ao New Deal Sérgio Botêlho - Numa quinta-feira ...
READ MORE
Brasília - Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) devem decidir hoje (9) sobre a possibilidade de retroatividade da Lei da Ficha Limpa e o princípio de presunção de inocência. Se os itens forem aprovados, eles passarão a valer nas eleições municipais do próximo ano. Os candidatos condenados com sentenças proferidas por colegiados, nos quais atuam mais de um juiz, e aqueles que renunciaram a cargo público ou mandato para se livrar da cassação do mandato não poderão mais concorrer às eleições. O relator da matéria é o ministro Luiz Fux. Ele está encarregado de três ações: uma proposta pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); outra pelo PPS; e uma terceira de responsabilidade da Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL).
ATENÇÃO: Parlamentares, estudantes e outros representantes da sociedade civil fazem vigília e manifestação no STF, nesta quarta-feira (9), durante o julgamento da legalidade da Lei da Ficha Limpa.
PF é polícia judiciária, e não de inteligência do governo, e nomeação é também alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal, diz ministroSTF suspende nomeação de Ramagem para a Polícia ...
READ MORE
IBGE reclama contra verba retirada do Censo 2021 
Além do Censo 2021, leia: dólar e Bolsa; Camboinha reforça iluminação; projetos para economia no DF; Cidade das Artes tem peça online 🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº ...
READ MORE
Turismo cultural: Coqueiral promove mais uma versão do Festival Nacional da Canção
O maior Festival de música do país que já trouxe à Coqueiral 14 BIS, Oswaldo Montenegro, Kami e Wilson Sideral no palco principal acontece neste ano no mês de agosto, ...
READ MORE
Praia de Costinha, onde natureza e história propiciam atrativos singulares
Sérgio Botêlho - Costinha é o primeiro distrito do município de Lucena para quem chega por meio do ferry boat que sai de Cabedelo. A praia faz parte da área ...
READ MORE
Vídeo: Baía Formosa e Sagi, no RN, praias
Dança por sinais
Trem japonês atingirá 400 km por hora
Em semana curta, deputados querem instalar comissões e
Protegido: nas águas dos potiguaras
05 de março de 1933: Roosevelt inicia implementação
STF suspende nomeação de Ramagem para a PF
IBGE reclama contra verba retirada do Censo 2021 
Turismo cultural: Coqueiral promove mais uma versão do
Praia de Costinha, onde natureza e história propiciam

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.