Igreja das Mercês e sua saga: da Visconde de Pelotas à Padre Meira

DICA DE LIVRO (Vendas também na Amazon e no Mercado Livre. Portanto, é só procurar Memórias Pessoenses)

Sérgio Botêlho – Onde hoje está localizada a Praça 1817, até 1935, era onde existia a Igreja de Nossa Senhora das Mercês. Mais exatamente, a construção religiosa ficava no espaço entre os prédios atuais do Banco do Brasil e da Assembleia Legislativa. Ali, era o final da rua Visconde de Pelotas.

A antiga Igreja das Mercês pertencia a uma irmandade leiga. Segundo o padre Marcondes Silva Menezes, mestre em Arquitetura e Urbanismo pela UFPB, a referida irmandade era formada por pardos. 

A Igreja das Mercês antiga teve sua pedra fundamental lançada em 1729, sendo entregue em 21 de setembro de 1741. Isso, após muita esmola e ajudas diversas em virtude da pouca disponibilidade financeira da irmandade responsável pela edificação.

Irmandades

As irmandades de leigos encarnavam uma missão mais social do que o que normalmente fazia o chamado clero secular. Praticavam a caridade e seus membros se ajudavam entre si. E tanto eram formadas por gente da elite como por escravos e mestiços.

Conforme descrev

Igreja das Mercês antiga
Igreja das Mercês antiga. Da coleção de Walfredo Rodrigues.

e Marcondes em sua dissertação de Mestrado, na UFPB, a Igreja das Mercês virou expressivo referencial urbano na Cidade da Parahyba. Então, destacava-se o largo que a antecedia (justamente o espaço da Praça 1817, hoje).

No entanto, em 1935, seguindo destino de outros templos pertencentes a irmandades de leigos na Cidade da Parahyba (igrejas do Rosário e Mãe dos Homens, que ainda serão abordadas em capítulos especiais) a Igreja das Mercês foi demolida.

Na justificativa oficial, e que foi assumida pela ampla maioria dos memorialistas e historiadores locais, pontificava apenas a necessidade de melhorar o padrão urbano da capital. Contudo, como sempre há os mais curiosos, e são eles os que terminam nos ajudando a compreender melhor a história, eis que Marcondes Silva Menezes conseguiu jogar luz sobre as trevas.

Desconstruir as irmandades

Na verdade, diz o clérigo e mestre da Academia, o que houve foi um entendimento estranhamento rápido, na época, entre o poder público, determinado a modificar o perfil urbano da cidade, e a arquidiocese, em desconstruir essas irmandades de leigos, e romanizar a Igreja, na Paraíba. Do lado do poder público, estava o prefeito Walfredo Guedes Pereira. Representando a Igreja, o arcebispo Dom Adauto.

Assim explicado, vislumbra-se o real motivo para os mui rápidos entendimentos entre o poder público e a Igreja, naquele momento, apesar de fortes reações da irmandade das Mercês, e de outros segmentos da sociedade, no que ficou conhecido como o Caso das Mercês.

A nova igreja

Embora a intenção primeira da Arquidiocese fosse a construção da nova Igreja da Mercês no bairro da Torre, a pressão da irmandade e da própria sociedade terminou por conseguir que essa nova construção fosse feita bem mais perto daquela que estava sendo derrubada.

E, assim, a nova Igreja das Mercês, concebida em forma de cruz, foi entregue em 1 de novembro de 1939, na descida para a Lagoa do Parque Sólon de Lucena. Não mais para ser conduzida pela irmandade dos leitos. Mas, pelo clero secular. 

Mesmo assim, se constitui a Igreja das Mercês, na esquina das ruas Padre Meira e Treze de Maio, importante referência urbana para a atual cidade de João Pessoa. E que certamente se constitui em monumento de interesse turístico, além de religioso, em função de toda essa carga histórica de que está investido.

(Sérgio Botêlho)

FONTES

O processo de demolição e desmonte das Irmandades Religiosas na Cidade da Parahyba (1923-1935): O CASO DA MERCÊS” – Marcondes Silva Menezes – Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo, do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, área de concentração em História da Arquitetura e Urbanismo, sob orientação da professora Dra. Maria Berthilde Moura Filho.

https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/tede/8316/2/arquivototal.pdf

As irmandades leigas

https://mundoeducacao.uol.com.br/historiadobrasil/as-irmandades-leigas.htm

|ACESSE OS SERVIÇOS OFERECIDOS PELO ‘PARA ONDE IR’, DÓLAR, VIAGENS AÉREAS, HISTÓRIA HOJE, BOLSA, ANIVERSÁRIOS MUNICIPAIS, E APROVEITE PARA ASSINAR O BLOG POR E-MAIL|

ENVIAR MENSAGEM:

 
Related Posts
PIB é fraco, presidente, irônico, Guedes, otimista, e mercado, pessimista
PIB é fraco, presidente, irônico, Guedes, otimista, e mercado, pessimista. PIB é o principal destaque econômico da grande mídia, nesta quinta-feira, 05 de março de 2020. 📃 Destaques do dia: “Merval Pereira: ...
READ MORE
Seis regiões de Brasília ficarão sem energia nesta quarta-feira, 27
Equipes da CEB trabalharão visando “melhorias” nas redes e poda de árvores nas regiões atingidas O Núcleo Rural Alexandre Gusmão, em Ceilândia, e a 514 Norte, no Plano Piloto, terão substituídos, ...
READ MORE
Foto: Edson Matos, de A União
O tema do primeiro Aldeia Digital será "Corpo Território: a arte como espaço das lutas indígenas na Paraíba" "E índio tem smartphone?" Ora essa! Não só tem, como está em rede! ...
READ MORE
Deslizamentos de terra das chuvas que atingiram o Rio de Janeiro na semana passada próximo à estrada de ferro do Trem do Corcovado, único acesso ao Cristo Redentor.
Rio, Paraty, Angra dos Reis, principalmente no norte fluminense e na região dos Lagos há alerta para temporais neste sábado, segundo o Clima Tempo, em virtude de chuva forte e ...
READ MORE
Brasil agora tem 15 cidades metrópoles: mais 3 ganharam o posto
Brasil agora tem 15 cidades metrópoles com mais 3 que alcançaram posto. As novas metrópoles são Campinas, Florianópolis e Vitória. Dessa maneira, Campinas é a única metrópole que não é ...
READ MORE
Confederação Nacional dos Municípios pede substituição no comando do Ministério da Saúde
E MAIS: Uber quer ampliar à UE proteção social a motoristas e estafetas do aplicativo. Fundação Amazônia Sustentável lança estudos de salvaguardas socioambientais. Governo de SP diz que 60% dos alunos já ...
READ MORE
Praia de Coqueirinho. Crédito da foto: http://ipamconde.pb.gov.br/
Sérgio Botêlho - A Praia de Coqueirinho, segundo seus frequentadores, é mania que dá e não passa. O amor é muito grande e tem explicação. Afinal, suas águas e areias ...
READ MORE
Polo Cabo Branco: ponto de inflexão do turismo paraibano
Sérgio Botêlho - Assisti, hoje, via Youtube, a uma apresentação que me deixou naturalmente entusiasmado, e que diz respeito ao futuro (há décadas aguardado) do turismo paraibano, mas também da própria ...
READ MORE
Preço do gás será reajustado neste domingo, 05
A Petrobras reajustará o preço do gás de cozinha neste domingo, 05, segundo anuncia a empresa. O preço do botijão de 13kg, sem a cobrança de tributos, para as distribuidoras, ...
READ MORE
Novo Parque do Jacaré: projeto é apresentado ao distinto público
2 restaurantes, área de piquenique, píer, ciclovia, área de contemplação do pôr do sol e estacionamento, tudo isso no Novo Parque do Jacaré Um espaço público de qualidade, com conforto, segurança, ...
READ MORE
PIB é fraco, presidente, irônico, Guedes, otimista, e
Seis regiões de Brasília ficarão sem energia nesta
Aldeia Digital, da Funesc, tem início nesta terça-feira,
Rio e região sujeitos a fortes temporais e
Brasil agora tem 15 cidades metrópoles: mais 3
Confederação Nacional dos Municípios pede substituição no comando
Praia de Coqueirinho: doce paraíso internacional no litoral
Polo Cabo Branco: ponto de inflexão do turismo
Preço do gás será reajustado neste domingo, 05
Novo Parque do Jacaré: projeto é apresentado ao

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.