Mantido toque de recolher na Paraíba; suspensas aulas presenciais

Além de mantido toque de recolher e das aulas suspensas, são alterados horários de expediente no comércio e na construção civil

A manutenção do toque de recolher das 22h às 5h, a suspensão das aulas presenciais nas escolas das redes públicas estadual e municipais e alterações nos horários de expediente nos setores do comércio e da construção civil estão entre as medidas que passam a vigorar entre os dias 11 e 26 de março nos municípios com bandeiras laranja e vermelha na Paraíba, conforme disciplina decreto publicado na edição desta quarta-feira (10) no Diário Oficial do Estado (DOE). As ações têm o objetivo de evitar aglomerações de pessoas e conter a disseminação do coronavírus no estado. 

Os bares, restaurantes e lanchonetes  poderão ficar abertos entre as 6h e 16h e funcionar, após esse horário,  apenas com delivery e takeaway até as 21h30 durante a semana. Nos fins de semana, que compreendem os dias 13,14,20 e 21, eles só poderão funcionar exclusivamente por delivery ou retirada do produto no estabelecimento pelo cliente.  

As missas, cultos e cerimônias religiosas presenciais também seguirão suspensos no período, ficando asseguradas as atividades de preparação, gravação e transmissão das celebrações, bem como as ações de assistência social e espiritual, atendendo as recomendações sanitárias.

Comércio e construção civil

Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar das 9h às 17h, podendo promover divisões de horário para permitir que os seus colaboradores possam começar e encerrar a jornada em horários diferentes e alternados. No sábado e domingo ficarão fechados, assim como os shoppings centers, galerias e centros comerciais que funcionarão durante a semana das 10h às 21h. 

Já a construção civil terá seu expediente iniciado às 6h30 e encerrado às 16h30 durante a semana. Salões de beleza poderão atender das 9h às 17h e academias e escolinhas de esporte poderão funcionar até às 21h. 

Repartições públicas – As atividades presenciais nos órgãos e entidades vinculadas ao Poder Executivo Estadual ficarão suspensas no período de vigência do decreto, à exceção das Secretarias de Saúde, Segurança e Defesa Social, Administração Penitenciária, Desenvolvimento Humano, Fazenda, Secretaria de Comunicação, Cagepa e Fundac. 

Escolas

O novo decreto mantém a suspensão do retorno das aulas presenciais nas escolas das redes estadual e municipais de todo o estado, devendo ocorrer apenas de forma remota. Já as instituições privadas dos ensinos superior e médio funcionarão exclusivamente de forma virtual e poderão ofertar aulas em sistema híbrido nos ensinos fundamental e infantil, facultando aos pais e responsáveis a escolha de levar ou não as crianças às unidades educacionais. 

Uso de máscaras

Permanece obrigatória no estado a utilização das máscaras nos espaços de acesso aberto ao público, incluídos os bens de uso comum da população, vias públicas, no interior dos órgãos públicos, nos estabelecimentos privados e nos veículos públicos e particulares, inclusive ônibus e táxis, cabendo aos órgãos públicos, aos estabelecimentos privados e aos condutores e operadores de veículos  a exigência do item. 

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) e os órgãos de vigilância sanitária municipais, as forças policiais estaduais, os Procons estadual e municipais e as guardas municipais ficarão responsáveis pela fiscalização do cumprimento das normas estabelecidas no decreto. O descumprimento sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência, que pode compreender períodos de sete a catorze dias, e na aplicação de multas que podem chegar a R$ 50 mil.  

A 20ª avaliação do Plano Novo Normal Paraíba (PNNPB) divulgada no último sábado (6) apontou que 95% (211) dos municípios paraibanos estão em bandeira laranja; 4% (8) figuram em bandeira vermelha e apenas 4 municípios da Paraíba têm bandeira amarela. 

De acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES) dessa terça-feira (9), a Paraíba contabiliza 231.406 casos confirmados da Covid-19 e 4.747 óbitos. A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) chega a 86% e de enfermaria, a 70%.

Da redação do Para Onde Ir com informações da Secom-PB 

Related Posts
Morador cria ecobarreira em rio e vira exemplo
Um morador da Grande Curitiba, com o intuito de despoluir orio Atuba, criou uma ecobarreira feita de materiais recicláveis e, com isso,está impedindo a passagem de parte considerável do lixo ...
READ MORE
No Brasil, Huawei vai à Justiça por participação no leilão do 5G
A Huawei decidiu que vai entrar na Justiça brasileira em favor de sua participação no leilão do 5G, previsto para 2021. A notícia é do jornal O Globo, que adiantou ...
READ MORE
Edição ‘Prima Convida’ de julho destaca os temas música e futebol
‘Uma Orquestra em Campo’ será o tema da próxima edição do projeto Prima Convida, marcado para a noite do dia 28 de julho “Por ser no mês de julho, dia 19, ...
READ MORE
MDB: indecisão em candidatura preocupa sigla
Sérgio Botêlho MDB vive, no momento, um drama que se não resolvido rapidamente provocará sérios danos ao desempenho do partido, nas eleições de outubro. Falo da indecisão entre manter a candidatura ...
READ MORE
Logística brasileira: 74,1% cresce frota de veículos; rodovias, 0,5%
Logística brasileira tem um déficit de crescimento enorme entre o crescimento da frota de veículos e o da malha rodoviária. Segundo o Anuário CNT de Transportes, enquanto a frota de ...
READ MORE
10 de março de 1557: realizado o primeiro culto protestante no Brasil
Durante a invasão francesa, na Baía da Guanabara, calvinistas realizam primeiro culto protestante no Brasil O dia 10 de março de 1557, na história brasileira, revela um fato importante no campo ...
READ MORE
Prefeito no Sertão garante acabar com sacrifício de animais
Sacrifício de animais que vivem pelas ruas não serão mais tolerados em município do interior paraibano, segundo garante gestor municipal O prefeito de Brejo do Cruz, cidade do Sertão da Paraíba, ...
READ MORE
Dia mais ameno, teve até projetos aprovados; mas, segue a resistência oposicionista
Sergio Botelho Após as ações judiciais e policiais mais fortes, nos últimos dias, atingindo o setor político, essa quarta-feira, 11, pode ser considerado um dia mais ameno. Começa com a decisão ...
READ MORE
Transporte coletivo pessoense tem sanitização fiscalizada pelo Procon-JP
Medida foi adotada no transporte coletivo pessoense em operação realizada pelo órgão, com apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana As empresas de transporte coletivo de João Pessoa foram notificadas pelo Procon-JP ...
READ MORE
Reformulação da Embratur é aprovada no Senado, e vai à sanção
Reformulação da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) está aprovada pelo Senado Federal. Medida Provisória, já votada pela Câmara dos Deputados, segue para sanção presidencial. Assim, a Embratur passa à condição ...
READ MORE
Morador cria ecobarreira em rio e vira exemplo
No Brasil, Huawei vai à Justiça por participação
Edição ‘Prima Convida’ de julho destaca os temas
MDB: indecisão em candidatura preocupa sigla
Logística brasileira: 74,1% cresce frota de veículos; rodovias,
10 de março de 1557: realizado o primeiro
Prefeito no Sertão garante acabar com sacrifício de
Dia mais ameno, teve até projetos aprovados; mas,
Transporte coletivo pessoense tem sanitização fiscalizada pelo Procon-JP
Reformulação da Embratur é aprovada no Senado, e

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.