João Pessoa: onde nasceu a cidade?

Diferentemente da esmagadora maioria das urbes litorâneas, a Cidade Real de Nossa Senhora das Neves, atual João Pessoa, não nasceu à beira do mar

Quando, enfim, os portugueses venceram a rebelde Capitania da Paraíba, dominada pelos índios potiguaras, o tratado de paz foi selado à margem direita do Rio Sanhauá, no local hoje conhecido pelo nome de Porto do Capim. Ali foi fundada a cidade no dia 5 de agosto de 1585.

Leia também: João Pessoa: por que Nossa Senhora das Neves?

Dessa maneira, diferindo ampla maioria das cidades litorâneas, a atual capital paraibana se desenvolveu no sentido do rio para o mar, numa montagem urbana que durou mais de três séculos, até chegar onde hoje se localizam praias como Tambaú, Cabo Branco e Manaíra.

SÃO MUITAS AS HISTÓRIAS DE JOÃO PESSOA – SAIBA MAIS

Era por meio do rio que os navegantes entravam até o local onde João Pessoa foi fundada, a partir da foz do Sanhauá, na cidade atualmente chamada de Cabedelo, tendo os fundadores a garantia, por experiência, de que a nova cidades seria erguida em local mais seguro.

PRAIAS DE JOÃO PESSOA, DO LIMITE COM INTERMARES A GRAMAME: BAIXE O E-BOOK GRATUITAMENTE

Na época, o litoral nordestino era muito ‘visitado’ principalmente por franceses, em busca do pau brasil, sempre ajudados pelas tribos indígenas que viviam na região.

Naturalmente, uma das maiores preocupações dos portugueses era a criação de uma cidade onde fosse mais fácil de estabelecer um porto seguro, o máximo possível preservado dos assaltos dos aventureiros de outros países, loucos pelas nossas riquezas.

Logicamente, essa preocupação com segurança somente pode ser consolidada após o acordo de paz estabelecido com os potiguaras, juntamente com os Tabajaras, estes, que haviam se aliado aos portugueses na conquista da Paraíba.

“Nosso perímetro urbano se assemelha ao de cidades como Coimbra, em Portugal, banhada pelo rio Mondego, distante quilômetros da foz. A cidade de Nossa Senhora das Neves [primeiro nome de João Pessoa] dentro da lógica dispersa da conquista, possuía a função de contraforte urbano (embora limitado em tamanho) para o interior e para o litoral”, explica Ramsés Nunes e Silva, pós-doutor em História da Educação pela Universidade do Minho, Portugal, e pesquisador da história da Paraíba, em entrevista ao G1, em matéria sobre a fundação de João Pessoa.

SAIBA MAIS SOBRE EFEMÉRIDES, DESTAQUES DO DIA A DIA

Por Sérgio Botêlho, com informações das seguintes FONTES:

https://turismo.joaopessoa.pb.gov.br/um-pouco-da-sua-historia/

https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/berco-de-joao-pessoa-porto-do-capim-resiste-ao-avanco-do-rio-para-o-mar.ghtml

You may also like

3 thoughts on “João Pessoa: onde nasceu a cidade?

Comente