7 de março de 1808: família real portuguesa chega ao Rio

Fugindo das tropas de Napoleão Bonaparte e com apoio dos ingleses, família real portuguesa chega ao Rio para mudar história do Brasil

Sérgio Botêlho – Depois de passar por São Salvador da Bahia, onde, em 22 de janeiro de 1808, Dom João VI decretou a abertura dos portos às nações amigas (especialmente à Inglaterra), a família real portuguesa chega à cidade do Rio de Janeiro.

Dom João VI e seu séquito vinham fugindo das ameaças francesas, sob o comando de Napoleão Bonaparte, de tomar Portugal, assim como queria fazer com a Europa inteira. Diante do perigo à família real, a decisão da Corte Portuguesa foi se mudar para a colônia, com o apoio e a cobertura dos ingleses, de quem eram aliados desde o Século XIV. A Inglaterra vinha opondo resistência armada contra as pretensões napoleônicas.

Na bagagem, contudo, os fidalgos lusitanos não trouxeram apenas novas despesas – e que foram muitas e revoltantes -, mas, também, novo status à colônia, que haveria de passar dessa condição mais simplória para a de Reino Unido de Portugal e Algarves, e apenas 14 anos depois, se tornado independente de Portugal.

Os problemas, eles foram muitos, com certeza, a começar pela desapropriação das melhores residências da cidade em favor dos membros da Corte, para desespero de seus proprietários. Afora a intensificação da cobrança de impostos no país inteiro, que findou provocando, entre outras escaramuças, a Revolução de 1817, em Pernambuco.

13 anos

As mudanças ocorridas no Rio de Janeiro (que já havia sido nomeada capital do Brasil, desde 1763) com os novos mandatários foi enorme, durante os 13 anos que Dom João VI e seus nobres pares desfrutaram das belezas e da hospitalidade das terras fluminenses. 

Durante esse período, foram criadas a Biblioteca Nacional, o Jardim Botânico, o Real Gabinete Português de Leitura, o Teatro São João (atual Teatro João Caetano), a Imprensa Nacional e o Museu Nacional, requalificando completamente o status urbano, social e econômico do Rio de Janeiro. Além de calçamento de ruas e saneamento. 

Somente em 26 de abril de 1821 é que a Família Real Portuguesa retornou a Portugal, com Dom João VI deixando seu filho Pedro de Alcântara na condição de regente do Brasil, mas que seria aclamado Imperador Constitucional do Brasil no dia 12 de outubro de 1822, após proclamar a independência do país pouco mais de um mês, antes, em 7 de setembro daquele ano de 1822. 

Fontes:

Família real portuguesa chega ao Rio de Janeiro

Video:

Histórias do Brasil – A Família Real vem morar no Brasil

Related Posts
Morador cria ecobarreira em rio e vira exemplo
Um morador da Grande Curitiba, com o intuito de despoluir orio Atuba, criou uma ecobarreira feita de materiais recicláveis e, com isso,está impedindo a passagem de parte considerável do lixo ...
READ MORE
Bolsonaro anuncia novo ministro da Educação: Carlos Decotelli
O presidente Jair Bolsonaro acaba de anunciar o economista Carlos Alberto Decotelli como novo ministro da Educação. Atualmente, ele ocupa o posto de presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da ...
READ MORE
Empresa aérea totalmente espanhola vai operar no Brasil
Com a possibilidade legal de capital internacional dominar 100% do controle de empresas aéreas no Brasil, a Globalia, grupo espanhol dono da AirEuropa, anuncia que está fundando uma nova empresa, ...
READ MORE
O Governador de São Paulo, entrega novo trem da CPTM linha Rubi. Local: São Paulo. Data: 02/09/2016 Foto: Ciete Silvério/A2IMG
Na cidade de São Paulo, nesta quarta-feira, 08, tem vacinação contra febre amarela, mais precisamente para os passageiros que utilizam a Linha 7-Rubi, que terão a oportunidade de se vacinar ...
READ MORE
PF mostra grilagem de 15 mil ha em terra de índios
Descoberta foi feita durante Operação VerdeBrasil em Altamira, no Pará15 mil hectares pertencentes à Terra Indígena Ituna Itatá,em Altamaria-PA, estão em processo de iminente grilagem, segundo identificou aPolícia Federal, em ...
READ MORE
Grande importadora do Brasil pós-pandemia será a China; logística ferverá
Grande importadora do Brasil pós-pandemia será a China. Principalmente, no setor da agropecuário. Nesse sentido, as previsões surgem de vários segmentos da atividade primária e terciária no campo da agricultura ...
READ MORE
Mortes por Covid-19 aumentam pela quinta semana consecutiva
Afora mortes por Covid-19, leia: dólar e Bolsa; busca por reerguimento do turismo em Maceió; pesquisa da CNT sobre o diesel 🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº 120 ...
READ MORE
Maceió, e sua orla, vista de cima: espetáculo!
Maceió é um dos destinos preferidos, no Nordeste, especialmente por conta da beleza de sua orla. Desfrute, neste vídeo, algumas dessas belezas: https://www.youtube.com/watch?v=aErLX3UN3DA
READ MORE
Assassinatos promovidos pela ditadura, no Brasil, segundo a CIA, é destaque nos portais de notícias
Noticiário dos portais de notícias Edição: Sérgio Botêlho PORTAIS DE NOTÍCIAS: Manchete e destaques da hora de O Globo online: Matias Spektor: 'O Planalto decidia sobre vida e morte de cidadãos'. Para pesquisador, documento ...
READ MORE
11.529 novos beneficiários terão cartão Prato Cheio a partir desta segunda
Lista de concessões deve ser consultada para que o novo beneficiário se certifique de que foi mesmo contemplado na nova etapa do Prato Cheio Nesta segunda-feira (11), foi reaberto o site rendaemergencial.brb.com.br para ...
READ MORE
Morador cria ecobarreira em rio e vira exemplo
Bolsonaro anuncia novo ministro da Educação: Carlos Decotelli
Empresa aérea totalmente espanhola vai operar no Brasil
São Paulo vacina contra febre amarela
PF mostra grilagem de 15 mil ha em
Grande importadora do Brasil pós-pandemia será a China;
Mortes por Covid-19 aumentam pela quinta semana consecutiva
Maceió, e sua orla, vista de cima: espetáculo!
Assassinatos promovidos pela ditadura, no Brasil, segundo a
11.529 novos beneficiários terão cartão Prato Cheio a

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.