Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Pombal: da fé dos pretos e de toda a gente

Bem nítida, no frontispício da igreja de Nossa Senhora do Rosário, está uma data mítica para a história de Pombal: 1721

Sérgio Botêlho – Bem nítida, no frontispício da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, está uma data mítica para a história de Pombal: 1721. É impossível não ler, no prédio, aqueles números que fazem referência à construção daquele histórico exemplar dos templos católicos na Paraíba.

Com efeito, naquela data foram iniciados os trabalhos de construção da Igreja do Rosário, de Pombal, originalmente dedicada à Nossa Senhora do Bom Sucesso, padroeira oficial do povo pombalense.

Já no momento de sua inauguração, a igreja apresentava-se em seu estilo barroco, com adornos artísticos em seu interior ainda hoje preservados à custa de muita perseverança da Igreja e do povo de Pombal.

Mas, não foram poucos os avanços feitos por vândalos, ao longo desses 300 anos de história do templo, de tal forma que temeu-se, durante esse tempo, que o vandalismo pudesse vencer o denodo dos preservacionistas.

Segundo os registros históricos, apenas em 1897, após a construção da nova matriz de Nossa Senhora dos Bom Sucesso, a histórica igreja barroca passou a se chamar Igreja de Nossa Senhora do Rosário.

O templo

Seguindo tradição nacional, desde épocas próximas ao descobrimento, a Igreja do Rosário de Pombal acabou representando, fortemente, a memória dos pretos trazidos da África ao Brasil no terrível período da escravidão.

Transformada em protetora dos pretos escravos, Nossa Senhora do Rosário costuma reunir nas festas em sua homenagem, há centenas de anos, no Brasil inteiro, liturgias e cânticos católicos e também de religiões de matriz africana.

Dessa forma, a tradicional igreja de Pombal tem a forte presença dos Pontões, com cânticos e manifestações conduzidos por pretos que reproduzem traços da cultura e das religiões africanas, no Brasil. Justamente como acontece na tradicional Festa do Rosário de Pombal.

Certamente, o templo à invocação de Nossa Senhora, em Pombal, é uma das mais fiéis representações da cultura e da religião, na Paraíba. De tal maneira forte, ainda hoje, por conta exatamente de suas raízes profundas na formação do povo sertanejo.

Fontes:

Igreja de Nossa Senhora do Rosário: Pombal-PB. Mércia Maria da Silva Figueiredo. UEPB.

http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/bitstream/123456789/8110/1/PDF%20-%20M%C3%A9rcia%20Maria%20da%20Silva%20Figueredo.pdf

Igreja Nossa Senhora do Rosário

https://www.paraibacriativa.com.br/artista/igreja-nossa-senhora-do-rosario/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.