Praia de Costinha, onde natureza e história propiciam atrativos singulares

Praia de CostinhaSérgio Botêlho – Costinha é o primeiro distrito do município de Lucena para quem chega por meio do ferry boat que sai de Cabedelo. A praia faz parte da área onde desemboca o rio Paraíba, com o porto do outro lado, e é marcada exatamente por esse encontro do rio com o mar.

Por conta de correntes marinhas, do Paraíba e de processos de assoreamento que cercam a foz do Paraíba, Costinha sofre bastante com os avanços do mar, e, portanto, já teve casas e ruas inteiras engolidas pela maré.

Costinha tem a maior parte de sua população dedicada à pesca. Dessa maneira, a sua urbe é território preferencial de moradia para pescadores, contemplando toda uma rede de atividades ligadas à comercialização do pescado. Este, primeiro grande atrativo.

Culinária

Daí é possível experimentar em restaurantes e bares locais uma culinária bastante peculiar feita de forma simples, e muito saborosa. Estamos falando evidentemente da culinária baseada em peixes e frutos do mar, com destaque para o produzido pelos manguezais.

Cabedelo: de posto de defesa da Capitania da Paraíba a sedutor destino. SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

No local, por mais de 30 anos, funcionou a Cia de Pesca Norte do Brasil (Copesbra), cuja atividade de maior protagonismo era a pesca da baleia. A atividade, além da comercialização de peixes e baleias, servia como importante polo de atração turística (apesar do lúgubre espetáculo), e foi encerrada por lei na segunda metade da década de 80 do século passado.

Lucena: cenário litorâneo de muita beleza e de festas religiosas e profanas CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Se a praia não exerce muito poder de atração para banhos, o conjunto da obra, a culinária, a cultura e, sobretudo, a beleza natural do lugar, o que inclui coqueirais admiráveis, afora os aspectos rudimentares locais são traços siniguilares a justificar o passeio.

MEMÓRIAS PESSOENSES. Crônicas sobre figuras e fatos da João Pessoa das décadas de 50 e 60 do século XX. COMPRE AQUI

Ponta de Santo Antônio

Convém uma visita à Ponta de Santo Antônio, onde no Século XVII existiu o Forte de Santo Antônio que, junto com a Fortaleza de Santa Catarina, em Cabedelo, faziam a defesa da Capitania da Paraíba. Local, portanto, de significado histórico.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.