Votação no Congresso impõe mais gastos ao governo, que sai derrotado

Votação no Congresso impõe mais gastos ao governo, que sai derrotado. Este é um dos temas econômicos da grande mídia, nesta quinta-feira, 12 de março de 2020, na seção DESTAQUES DA MÍDIA NA ECONOMIA, do Para Onde Ir.

📃 Destaques do dia:

“Congresso vota mais gastos, derrota governo e juro sobe. Derrubada do veto à ampliação do Benefício de Prestação Continuada afrouxa as regras da nova Previdência e foi muito mal recebida pelo mercado. ” Manchete de capa do Valor Econômico.

“Derrubada de veto tem impacto de R$ 20 bilhões”. Destaque de capa do O Globo.

“Míriam Leitão: O dia em que caíram todas as fichas. Crise do coronavírus se espalha e afeta a bolsa e a economia. Desarticulação política do governo levou a aumento de R$ 20 bi em gastos.” Destaque de capa do O Globo.

“Medo volta ao mercado, Bolsa cai 7,64% e dólar vai a R$ 4,72. Operações da B3 foram interrompidas ontem pela 2ª vez em três dias quando queda bateu em 12% e após OMS reconhecer pandemia. ” Destaque de capa do Estadão.

“Congresso amplia benefício e governo vê teto de gastos em risco.” Destaque de capa do Estadão.

“Felipe Salto: Decisões com impactos tão expressivos estão sendo tomadas sem a indicação de compensações. ” Destaque de capa do Estadão.

“Avança o projeto que dá R$ 15 bi a parlamentares. Poderes. Parlamentares ignoram Bolsonaro, que recomendou enterrar medida; Secretaria de Comunicação da Presidência compartilha convocação do presidente para atos do dia 15. ” Destaque de capa do Estadão.

“William Waack: Mudanças na percepção da crise internacional são mais rápidas que a capacidade do governo de entendê-las. ” Destaque de capa do Estadão.

“Zeina Latif: Falhas do governo não justificam a irresponsabilidade do Congresso. Se seguirmos essa trajetória, aí sim a crise será grave. ” Destaque de capa do Estadão.

“Congresso derruba veto e eleva gasto em R$ 20 bi. . ” Destaque de capa da Folha.

“Para Guedes, vírus pode tirar um ponto percentual do PIB.” Destaque de capa da Folha.

“Trump suspende viagens vindas da Europa por 30 dias.” Destaque de capa da Folha.

“Vinícius Torres Freire: É necessário gastar para deter o covid-19.” Destaque de capa da Folha.

“Inflação em fevereiro fica em 0,25%, menor para o mês desde 2000.” Destaque de capa da Folha.

“Setor privado está ficando sem capital de giro, diz OCDE.” Destaque de capa da Folha.

“Economia dos EUA se contrai e déficit pode ir a US$ 1 trilhão. Impacto da pandemia de coronavírus na demanda e nos gastos já leva economistas a rever para baixo as estimativas de crescimento dos EUA. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“No mundo, novo dia de pânico. Na B3, o Índice Bovespa caiu 7,64%. Em Nova York, o Dow Jones cedeu 5,86% e o Nasdaq, 4,70%.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Crise encontra a Philco em plena expansão. Disseminação do coronavírus afeta a produção de componentes na Ásia e a escalada do dólar encarece os produtos, disse o presidente da empresa, César Buffara. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Claro entra na briga pela Oi e só teles sobem. Operadoras de telefonia deram a largada na corrida para assumir a área de serviços móveis da Oi, em recuperação judicial. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Infraestrutura defende incentivo para aéreas, mas Guedes é contra. Tarcísio de Freitas sugere redução tributária de PIS e Cofins para o querosene de aviação, mas encontra resistência no Ministério da Economia.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Governo baixa projeção de alta do PIB de 2,4% para 2,1%. Nova estimativa ainda não contempla cenário com queda do petróleo.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Baque no PIB pode ser mais que o dobro do estimado. Equipe do Ministério da Economia dá demonstração de que pretende se manter no plano traçado.” Destaque de capa do Valor Econômico.

“Agravamento da crise reforça debate sobre uso de medidas fiscais. Na visão de alguns especialistas, governo precisa injetar dinheiro na economia, mesmo sob forte restrição fiscal. ” Destaque de capa do Valor Econômico.

📃 Editoriais do dia:

“Crise lembra ao Rio para não errar nos royalties pela segunda vez. A queda no preço do petróleo é mais um alerta ao estado para que não considere a sua receita fixa.” Editorial do O Globo.

“O perigo econômico da inação. Mercados voltaram a desabar e a pandemia foi declarada, mas o governo brasileiro ainda se negava, ontem, a reconhecer uma emergência econômica.” Editorial do Estadão.

📈 Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a quarta-feira, 12, em queda de -7,64%, a 85.171 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,66%, a R$ 4,72.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.