Reforma tributária pode retirar vale-refeição e alimentação

Por sugestão do governo, o relator da reforma propôs colocar ponto final na concessão do vale-refeição e alimentação

Por sugestão do governo, o relator da reforma propôs colocar ponto final na concessão do vale-refeição e alimentação

Mudanças propostas na reforma tributária podem fazer os trabalhadores perderem o vale-refeição e o vale-alimentação que recebem das empresas. Hoje, as companhias que oferecem esse benefício aos empregados têm direito de abater essa despesa do IR (Imposto de Renda) no regime de lucro real. Por sugestão do governo, o relator da reforma tributária, Celso Sabino (PSDB-PA), propôs acabar com esse benefício fiscal. Especialistas ouvidos pelo UOL dizem que o fim da isenção pode incentivar os patrões a cortarem o benefício.

Segundo o Ministério da Economia, 280 mil empresas oferecem vale-alimentação e vale-refeição para parte dos 22,3 milhões de trabalhadores dessas firmas. Quem não recebe o vale, tem o direito de receber a alimentação pronta. Os benefícios fazem parte do PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador), criado em 1976 para reduzir o nível de desnutrição de quem trabalhava com carteira assinada.

Através do vale alimentação o colaborador tem a possibilidade de comprar alimentos e insumos para uso próprio ou da sua família. … Esse valor é um acréscimo ao salário do colaborador, pois, dessa forma, ele pode economizar com gastos referentes à alimentação.

Esse valor é um acréscimo ao salário do colaborador, pois, dessa forma, ele pode economizar com gastos referentes à alimentação.

Se por um lado esse pode ser um bom incentivo aos seus colaboradores, também coloca a empresa em outro patamar competitivo no mercado.

Esse tipo de benefício pode atrair novos colaboradores e principalmente reter os talentosdiminuindo a rotatividade e gerando uma economia nos processos de seleção.

Da redação do Para Onde Ir com informações completas no UOL

You may also like

One thought on “Reforma tributária pode retirar vale-refeição e alimentação

Comente