Sonho contrariado: luta pela vacina retorna à estaca zero

Mais rápido do que se imaginava, o sonho de o Brasil ter até janeiro a vacina contra o coronavírus se esvaiu por decisão presidencial

Sérgio Botêlho – Mais rápido do que se imaginava, o sonho de o Brasil ter até janeiro a vacina contra o coronavírus foi seriamente contrariado. Nesta terça-feira, 20, acim3055a de questões ideológicas, o ministro da Saúde, general Pazuello, havia concordado com a adoção, pelo Brasil, da vacina chinesa.

Até agora, não há outra vacina em estágio tão avançado de testes, e com tantos pareceres favoráveis com relação à sua eficácia e ausência de efeitos colaterais mais acentuados. Dessa forma, Pazuello atendia às expectativas dos brasileiros pela superação da pandemia.

A vacina patrocinada pela Universidade de Oxford, da Inglaterra, segue em estágio de testes mais atrasado. Pior que isso, os testes sofreram nesta terça-feira, 20, um significativo revés, com a morte de um voluntário brasileiro, por coronavírus.

Importa saber que os testes da vacina chinesa, no Brasil, vêm sendo realizados sob controle absoluto do acreditadíssimo Instituto Butantã, em São Paulo, órgão científico totalmente brasileiro, cujos resultados são aceitos no mundo inteiro.

DÓLAR, VIAGENS AÉREAS, HISTÓRIA HOJE, BOLSA, ANIVERSÁRIOS MUNICIPAIS, APROVEITE E ASSINE O BLOG POR E-MAIL. ACESSE CLICANDO AQUI

Governadores

Quem levou o anseio até o ministro foram os governadores, aqueles mais diretamente em contato com os dramas vividos pela população, nos estados. Então, ungido pela sensatez, o ministro atendeu aos apelos, e assinou documento em favor da vacina.

Agora, o presidente da República, Jair Bolsonaro, desfez todo o feito em favor da saúde, impondo, mais uma vez, visão estritamente ideológica, anti-China, impedindo que o brasileiro esteja mais próximo de se ver livre da Covid-19. 

Anvisa

Na verdade, os únicos que têm autoridade para aprovar ou desaprovar uma vacina são os cientistas. No Brasil, o órgão que reúne esse pessoal para a avaliação da vacina é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Às autoridades governamentais da área da Saúde cabe apenas acatar o veredicto científico. Isso, num estado de normalidade constitucional onde prevaleça o interesse pela saúde pública, e não por questões ideológicas, especialmente numa pandemia. 

É frustrante a decisão presidencial.

Notas diversas

Novo normal

A poderosa companhia aérea internacional Air France vai abrindo caminho no novo normal. Está anunciando o programa “Air France Protect”, que disponibiliza aos seus clientes “bilhetes totalmente flexíveis para ajudá-los a prepararem-se para a sua viagem com total confiança”. Segundo a Press Tur, os clientes da empresa podem cancelar a sua viagem, ou alterar a sua data ou destino, sem qualquer custo e sem justificação, ou optar por um voucher reembolsável. O programa Air France Protect é válido para viagens até 31 de Março de 2021.

Práticos premiados

Nos portos brasileiros, a figura do Prático é imprescindível. São eles que conduzem os navios na entrada e atracagem. Sem o serviço, o risco é quase intransponível para os navios. Pois bem. Em 28 de abril de 2019, dois práticos (Márcio Santos Teixeira e Fábio Rodrigues) salvaram dois petroleiros à deriva, com ventos de 130 km, ondas de 1,5 e 2 metros, chuva constante. Agora, receberam o Prêmio IMO por Bravura Excepcional no Mar, da Organização Marítima Internacional. Dupla primeira!

Portos

Falar em mar, o setor portuário nacional movimentou 749,3 milhões de toneladas de janeiro a agosto de 2020. O número corresponde a um crescimento de 3,71% em relação ao mesmo período do ano passado, conforme dados informativos da movimentação portuária da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), atualizados na quinta-feira (08/10). Também, não parou durante a pandemia.

Desestatização

Ainda sobre portos, o Ministério da Infraestrutura programa a desestatização de mais uma companhia Docas: a do Espírito Santo (Codesa). A primeira desestatizada foi a do Maranhão (Codomar). Por sinal, levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI), com base em dados oficiais, mostra que menos de 30% dos recursos destinados pela União para investimentos nos portos foram executados entre os anos de 2000 e 2019.

Turismo brasiliense

As atividades turísticas tiveram um aumento de 25,6% no mês de agosto no Distrito Federal, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice ficou acima da média nacional, que foi de 19,3%, o que demonstra o reaquecimento do setor com a retomada das atividades econômicas que ficaram paralisadas por conta da pandemia de Covid-19. Informação do Governo do Distrito Federal.

Coleção olímpica

A Wöllner, grife carioca de vestuário que assina os uniformes brasileiros para a Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos, lançou nesta terça-feira, dia 20, a coleção Cápsula, uma linha colaborativa de camisas com estampas em homenagem a atletas do Time Brasil. Mensalmente, de outubro de 2020 a julho de 2021, um atleta ou dupla vai ganhar uma camisa com estampa inspirada nele em uma contagem regressiva de 10 meses para os Jogos Tóquio 2020. 

Bolsa e dólar

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou a quarta-feira, 21, em +0,01%, a 100.552 pontos. O dólar terminou o dia em +0,04%, a R$ 5,61.

54

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.