Redes da Paraíba: tradição cultural que faz a diferença

No rico artesanato paraibano se destaca a produção de redes de dormir, um produto com marca histórica e qualidade reconhecida

No rico artesanato paraibano se destaca a fabricação de redes de dormir, um produto com marca histórica e qualidade reconhecida

A tradição das redes fabricadas no Nordeste é uma questão pacífica e reconhecida mundialmente. Na Paraíba, então, é preciso dizer que a produção de redes já teve direito a prêmio Internacional.

Com efeito, em São Bento, na Paraíba, a produção têxtil realizada na Santa Luzia Redes e Decoração em teares manuais e mecânicos — com acabamentos artesanais — trouxe a Armando Dantas, executivo da empresa, o prêmio “Reconhecimento de Excelência Artesanal do Cone Sul”, conforme registra o portal Terra.

Segundo a matéria, o prêmio foi dado pelo World Crafts Council — Conselho Mundial de Artesanato — com apoio, proteção e recomendação da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura – Unesco. Como organização internacional, a Unesco é referência pela visão global do papel sociocultural e econômico do artesanato na sociedade.

A cidade de São Bento

A cidade de São Bento, na verdade, tem uma população inteiramente dedicada à fabricação e ao comércio de redes, que as espalham pelo país inteiro. É muito difícil o cidadão encontrar um vendedor ambulante de redes, em qualquer parte do país, que não seja natural de São Bento. É só perguntar para conferir.

Tanto é a fama de São Bento, que a população local já batizou a cidade como ‘a capital mundial das redes’, sem que tenha havido até agora qualquer tipo de reclamação. E para não deixar dúvidas, na entrada de sua área urbana há uma enorme rede de 8 metros com a informação bastante visível.

Hoje em dia, além de as redes serem encontradas na própria cidade e na capital João Pessoa, centro nervoso do turismo estadual, consolidou-se em São Bento as vendas online, o que tem garantido um sucesso cada vez maior das inconfundíveis e preciosas redes de dormir fabricadas na Paraíba.

 

You may also like

Comente