• 55 61 982648031
  • sergiobotelho@paraondeir.blog

Empresas aéreas têm prejuízo recorde no Brasil, na pandemia 

Empresas aéreas

Empresas aéreas têm prejuízo recorde no Brasil, na pandemia 

Prejuízo recorde das empresas aéreas brasileiras. Desmatamento no Cerrado. Controle peruano sobre o coronavírus. Vem aí o turismo regenerativo. Sobe demais o frete Brasil-China.

🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_

Segundo a Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC), as três maiores empresas brasileiras do setor aéreo — Gol, Latam e Azul — tiveram prejuízo líquido de R$ 3,9 bilhões no terceiro trimestre de 2020. Trata-se, segundo a agência, do pior resultado líquido obtido por elas no terceiro trimestre apurado em toda a série histórica analisada, iniciada em 2015. O reflexo na economia do turismo é evidente.

Desmatamento no Cerrado

A área de vegetação nativa suprimida no Bioma Cerrado no ano de 2020 foi de 7.340 km² de acordo com nota técnica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), no período de agosto de 2019 a julho de 2020. O valor representa, conforme o instituto, um aumento de 13% em relação ao ano de 2019, último período divulgado.

Controle peruano

No Peru, todos os viajantes que chegarem ao país, a partir desta segunda-feira, 04, devem apresentar teste negativo do coronavírus, segundo determinação do Ministério da Saúde peruano. Caso esteja vindo de qualquer país com casos de transmissão local de coronavírus, a ordem é o isolamento por 14 dias. Enfim, se o  passageiro tiver algum sintoma entre os comuns a pessoas com a Covid-19, a orientação é procurar imediatamente o setor de Sanidade Aérea Internacional no próprio aeroporto.

Nas Águas dos Potiguaras - ebook - praias de João Pessoa e Cabedelo, no litoral paraibano. Deixe o email e FAÇA O DOWNLOAD.

Turismo regenerativo

Depois da tempestade vem a bonança. Para o turismo, o aprendizado humano na pandemia pode conduzir o viajante a uma etapa superior na economia do segmento. Trata-se do turismo regenerativo, seguindo a orientação superior de deixar o lugar visitado melhor do que foi encontrado. Que a pandemia, com tanto sofrimento e mortes, efetivamente nos conduza a um estágio mais preservacionista da vida humana na Terra.

Frete Brasil-China subiu demais

O frete de contêineres no trecho Brasil-China, que girava em torno de US$ 2.500 (R$ 12,9 mil) antes da pandemia, quadruplicou e superou US$ 10 mil (R$ 51,9 mil) em dezembro no Norte do país, segundo dados da empresa de transporte ES Logistics. No porto de Santos (SP), o valor gira em torno de US$ 7.300 (R$ 37,8 mil), com perspectiva de ultrapassar cinco dígitos em janeiro. A viagem encarecida já afeta exportação e importação e inviabiliza negócios no Brasil. A informação é da Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (Abtra).

DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA 

Related Posts
Empresa aérea totalmente espanhola vai operar no Brasil
Com a possibilidade legal de capital internacional dominar 100% do controle de empresas aéreas no Brasil, a Globalia, grupo espanhol dono da AirEuropa, anuncia que está fundando uma nova empresa, ...
READ MORE
Empresa aérea brasileira Azul recebe prêmio de melhor do mundo
A Azul, empresa aérea brasileira, recebeu o prêmio de melhor do mundo. Não só ganhou o de melhor empresa aérea do mundo, mas também do Brasil e da América do ...
READ MORE
Até 2024 não haverá recuperação das viagens aéreas globais, prevê Iata
Viagens aéreas globais estão longe de recuperar os niveis de atividade pré-Covid-19. De acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), essa recuperação somente acontecerá em 2024. O órgão, que ...
READ MORE
Empresa aérea totalmente espanhola vai operar no Brasil
Empresa aérea brasileira Azul recebe prêmio de melhor
Até 2024 não haverá recuperação das viagens aéreas

Sérgio Botêlho

Jornalista

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Ajuda?
Olá!
Mande as ordens!
%d blogueiros gostam disto: