587 mil novos empregos foram criados por micro e pequenas empresas

Os números movimentados pelas micro e pequenas empresas representam 70% do total de empregos gerados no período

Entre janeiro e março deste ano, as micro e pequenas empresas criaram 587 mil novos postos de trabalho com carteira assinada no Brasil. Esse número representa 70% do total de empregos gerados no período. Por outro lado, as médias e grandes empresas (MGE) foram responsáveis por 190 mil ocupações formais. As MPE criam três novos postos de trabalho a cada um gerado pelas MGE, conforme levantamento feito pelo Sebrae com base nos dados do Caged do Ministério da Economia.

Na visão do presidente do Sebrae, Carlos Melles, os resultados positivos do 1º trimestre de 2021 refletem claramente a importância dos pequenos negócios na economia brasileira e o potencial para retomada do crescimento. “A receita das MPE para combater a crise causada pela pandemia é a geração de empregos. Quando comparamos com o 1º trimestre de 2020, os dados do Caged apontam que a evolução dos empregos gerados teve aumento de 400%. São números extremamente representativos da força dos pequenos negócios” destacou.

O setor de serviços foi o que mais criou vagas entre as micro e pequenas empresas entre janeiro e março deste ano, com 224,3 mil novos empregos formais. As cinco atividades que apresentaram maior saldo líquido na geração de emprego foram transporte rodoviário de carga, serviços de escritório e apoio administrativo, locação de mão de obra temporária, serviços de engenharia e serviços para apoio a edifícios. Em 2º lugar na geração de novas vagas ficou o setor da Indústria, com 152,8 mil postos de trabalho, seguido do Comércio, com 105,1 mil, depois a Construção Civil, com 75,3 mil e por último, a Agropecuária, com 23,9 mil.

Recorte estadual

Os estados brasileiros que proporcionalmente mais contrataram graças aos pequenos negócios foram Mato Grosso, que lidera com 56,1 novos postos de trabalho a cada 1.000 já existentes; seguido do Rio Grande do Norte, com 49,7 e Santa Catarina, com 48,9. No outro extremo, o Amazonas teve saldos negativos em janeiro e fevereiro, mas recuperou em março. Mesmo assim, o estado continuou com 3,3 novos empregos gerados a cada 1.000 já existentes. Em números absolutos, o estado de São Paulo lidera com 135 mil novas vagas no 1º trimestre deste ano.

Da Redação do Para Onde Ir com informações do Sebrae 

Related Posts
Indicadores econômicos - Imagem Canva
Embora a perspectiva de inflação para 2019 tenha permanecido estável, em 4,07%, o mercado reduziu, mais uma vez, a expectativa do Produto Interno Bruto do Brasil para este ano.Segundo o ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a Black Friday de 2020 deverá movimentar R$ 3,74 bilhões e alcançar o maior faturamento desde ...
READ MORE
Crédito da imagem: Canva
A Confederação Nacional da Indústria (CNI) realiza o 4º Seminário de Propriedade Intelectual, nesta quinta-feira, 29, a partir das 9h30. O bate-papo virtual trará, entre outros temas, o combate à ...
READ MORE
Centenas de economistas e empresários sugerem lockdown nacional
Além de lockdown nacional, economistas, empresários e banqueiros pedem, ao governo federal, atenção aos sinais negativos da economia 🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº 92 de 22.03.2021 Centenas de ...
READ MORE
Decisão de suspender ‘regra de ouro’ é de parlamentares e não tem apoio da equipe econômica, questiona Henrique Meirelles
Dispositivo que garante que a dívida pública não pode financiar despesas correntes do governo federal, a regra de ouro é fundamental para a governabilidade do país e não pode ser ...
READ MORE
Parceria na indústria turística é a palavra mágica para superar a crise
Estava outro dia conversando com um amigo meu da área do turismo e arrisquei um palpite. Segundo penso, mais do que nunca a parceria vai ser a alavanca para salvar ...
READ MORE
Crédito da imagem: Canva
Indicador ultrapassa o centro da meta da inflação definida pelo Conselho Monetário Nacional, que é de 4% O Banco Central (BC) baixou de 4,39% para 4,38% a estimativa do Índice Nacional ...
READ MORE
Muita história, paz e frutos do mar na Praia do Poço, em Cabedelo
Sérgio Botêlho - Indo a João Pessoa, não esqueça de passar pela Praia do Poço, em Cabedelo, e desfrute da paz e dos frutos do mar desse histórico descanso do ...
READ MORE
Cresce apelo a favor de vacinação em massa contra Covid-19
Esperança maior para retomada da economia, líderes conclamam o povo à vacinação em massa que pode exaurir a força da pandemia Em alguns países do mundo os líderes políticos locais têm ...
READ MORE
Expectativas no consumo animam comércio em Campo Grande; quadrilha especializada em roubo de automóveis é presa.
Expectativas no consumo animam comércio em Campo Grande; quadrilha especializada em roubo de automóveis é presa. _Sinopse MS_ Edição: *Sérgio Botêlho* *Manchete e submanchetes do portal do Correio do Estado*. Operação Shirak. Quadrilha ...
READ MORE
Mercado segue reduzindo PIB 2019
Impulsionada pelo e-commerce, Black Friday deve bater recorde
Propriedade intelectual será tema de seminário virtual
Centenas de economistas e empresários sugerem lockdown nacional
Decisão de suspender ‘regra de ouro’ é de
Parceria na indústria turística é a palavra mágica
Inflação em 2020 deve ficar em 4,38%, segundo
Muita história, paz e frutos do mar na
Cresce apelo a favor de vacinação em massa
Expectativas no consumo animam comércio em Campo Grande;

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.