Igreja de São José Operário: obra franciscana de forte significado na história de Cruz das Armas

Há em João Pessoa uma obra franciscana de grande importância no contexto do catolicismo da capital paraibana: a Igreja de São José Operário. Na verdade, a igreja matriz da paróquia de Cruz Armas, ao sul de João Pessoa.

A Paróquia de São José Operário foi criada em 8 de dezembro de 1959, se desligando da Paróquia do Rosário, em Jaguaribe, sendo arcebispo da Paraíba o gaúcho Dom Mário de Miranda Vilas-Boas, que já havia sido bispo de Garanhuns, arcebispo de Belém do Pará e arcebispo coadjutor de Salvador-Bahia.

Assentando que os responsáveis pela construção da nova igreja foram os mesmos franciscanos responsáveis pela construção e administração da Igreja e do Convento do Rosário.

A construção da igreja atual, no entanto, foi concluída em 1954, substituindo, então, uma capelinha bem simples que existia no local, desde 1930. Os terrenos foram doados pela família Novaes, com muitas terras no bairro de Cruz das Armas.

Festividades

Desde sua criação, a Paróquia de São José Operário abrigou festas memoráveis prestigiadas por toda a cidade de João Pessoa. Uma delas, representada pelas famosas e tradicionais lapinhas, com os cordões azul e encarnado disputando a preferência do público.

A outra efeméride que reunia gente de toda a capital paraibana era a saudosa Festa das Hortênsias, transformada, enquanto durou, em evento habitual do bairro, hoje quase uma lenda, pelo glamour que cercava a celebração.

A Festa das Hortênsias mobilizava a cidade, especialmente na década de 60, incluindo escolha da rainha, um acontecimento à parte. A avenida Cruz das Armas e ruas adjacentes à igreja eram tomadas por barracas nas ruas e parque de diversões,que faziam a festa da garotada.

Impossível, nos dias de hoje, pensar no fechamento da avenida Cruz das Armas, e mesmo as adjacentes, para a realização de uma festa de rua desse porte. Dessa forma, foi-se o tempo da Festa das Hortênsias, e outras semelhantes, em João Pessoa.

Contudo, a Igreja de São José Operário continua no mesmo lugar, bela e imponente, e de grande significado histórico na construção do populoso bairro de Cruz das Armas (e da própria urbe de João Pessoa), uma vez que se constitui no principal bairro da parte sul da capital paraibana.

Fontes: 

Paróquia de Cruz das Armas completa 60 anos

https://portalcorreio.com.br/paroquia-sao-jose-operario-celebra-60-anos-em-cruz-das-armas/

A origem da Paróquia de São José Operário, em Cruz das Armas, João Pessoa

http://joseliocarneiro.blogspot.com/2019/05/a-origem-da-paroquia-sao-jose-operario.html

Memória de João Pessoa – Igreja de Nossa Senhora do Rosário

http://www.memoriajoaopessoa.com.br/acervopatrimonial/12.pdf

Festa das Hortênsias (Sérgio Botêlho) – Blog do Pedro Marinho

http://www.blogdopedromarinho.com/?p=single&id=68414 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.