Paraíso dos frutos do mar e de muita beleza natural, Forte Velho é espetacular

Sérgio Botêlho – Antes mesmo da conquista da Paraíba, em 1585 – com a fundação da Cidade Real de Nossa Senhora das Neves (atual João Pessoa) – Forte Velho, em 1584, já havia se estabelecido enquanto base de defesa (com a construção de um forte) e feitoria, servindo de entreposto para negócios entre índios e espanhóis, estes, que na época dominavam a Península Ibérica.

E-BOOK GRATUITO - Todas as praias de João Pessoa e Cabedelo, no Litoral Paraibano

Antes disso, a região era habitada pelos potiguaras, conforme acontecia com todo o litoral paraibano e margens do Sanhauá. Sua proximidade com ilhas pluviais importantes, especialmente com as ilhas da Restinga e Stuart, e, portanto, com manguezais de grande porte e significado para a vida marítima e fluvial, sempre fez do local um reino de peixes, crustáceos e moluscos, para alegria dos indígenas, e, na sequência, portugueses, espahóis e franceses.

Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Santa Rita

Dessa forma, o sítio turístico, a despeito das intervenções humanas, com destaque para a derrubada da Mata Atlântica local, mantém intacto seu prestígio culinário, o que atrai milhares de turistas, anualmente. Eles não vêm apenas de outras cidades brasileiras, de Norte a Sul do país. Forte Velho é sobretudo amada pelos próprios paraibanos, da capital e das demais cidades do estado. 

Um desfrute

Além da culinária, o local permite o desfrute de vistas maravilhosas, não somente das ilhas e do mangue, mas do fantástico estuário da Paraíba, de onde procedem barcos e catamarãs trazendo turistas não apenas para Forte Velho, mas também para o famoso Pôr do Sol da Praia do Jacaré, na margem direita do Sanhauá. O espetáculo da natureza em Forte Velho dura o dia inteiro, sem economizar beleza.

MEMÓRIAS PESSOENSES. Crônicas sobre figuras e fatos da João Pessoa das décadas de 50 e 60 do século XX. COMPRE AQUI

Destaque ainda para trilhas, a pé ou de bicicleta, e visitas a monumentos de enorme valor histórico, como igrejas dos velhos engenhos de cana de açúcar que se constituíram, ao longo do tempo, na economia da região. Tudo isso, transforma Forte Velho em destino inscrito no turismo de sol e mar, mas, ainda, no turismo cultural e no turismo gastronômico.

Para chegar a Forte Velho há catamarãs e barcos a partir de praias de Cabedelo ou transporte turístico, por via terrestre, que saem de João Pessoa ou de Santa Rita, pela BR-101. 

Portanto, não há desculpa. Chegando à Paraíba, arrume um jeito e vá conhecer essa maravilha do turismo estadual que é Forte Velho, recanto particularmente belo e delicioso da Rota Sanhauá.

Fontes

Forte Velho, em Santa Rita, é incluído na Rota Sanhauá

https://www.santarita.pb.gov.br/destaque/forte-velho-em-santa-rita-e-incluido-na-rota-sanhaua/

Forte Velho (Santa Rita)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Forte_Velho_(Santa_Rita)

Passeio para Forte Velho

https://www.tripadvisor.com.br/ShowUserReviews-g2342969-d16742445-r722634807-Bar_e_Restaurante_do_Pessoinha-Santa_Rita_State_of_Paraiba.html

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.