Igreja de Santa Rita de Cássia, em Rio Tinto: intrigante e singular

Assim como a cidade, a Igreja de Santa Rita de Cássia, em Rio Tinto, é singular em sua construção e cheia de mistérios em sua história. 

Assim como a cidade, a Igreja de Santa Rita de Cássia, em Rio Tinto, é singular em sua construção e cheia de mistérios em sua história 

A urbanização do território ao qual pertence o município de Rio Tinto começou em 1917, a partir de uma família sueca, os Lundgrens, que já haviam se estabelecido em Paulista-PE, onde mantinham uma fábrica de tecidos.

O mesmo motivo trouxe a família a Rio Tinto, ou seja, montar uma fábrica de tecidos. O primeiro passo foi comprar todas as terras que puderam, por preços bem baratos, e com promessa de isenção fiscal e ajuda estatal por mais 25 anos.

Feito isto, saíram destocando tudo e construindo prédios para a fábrica e para a moradia de operários e gerentes, tudo à base de tijolo aparente, ao estilo dos prédios contemporâneos da Revolução Industrial Inglesa.

Table of Contents

A igreja

Dessa forma, também foi construída a Igreja de Santa Rita de Cássia, justamente o que a diferencia das demais igrejas católicas nos diversos municípios paraibanos, e brasileiros, que têm muito mais a ver com as obras cristãs portuguesas.

A parte intrigante tanto de Rio Tinto quanto da própria Igreja de Santa Rita de Cássia, fica por conta dos severos boatos, surgidos à época da Segunda Guerra Mundial, de que os Lundgrens mantinham ligações com o ditador nazista alemão, Adolf Hitler.

Fato nunca comprovado e, mesmo, desmentido por alguns historiadores, sempre foi, até hoje, alimentada por outros. Assim, na própria Igreja há desenhos em tijolos, assim como é toda a obra, sobre os quais sobrexistem interpretações que os vinculam aos símbolos nazistas.

É o que ocorre com um desenho assemelhado a uma águia, logo comparado por alguns à águia nazista. No entanto, para outros não passa de um anjo. Por outro lado, uma harpa é vinculada a certo louvor aos triunfos nazistas. Para muitos, apenas uma harpa, mesmo.

Portanto, a Igreja de Santa Rita de Cássia se destaca por sua construção aos moldes ingleses (para outros, de estilo alemão) e suas lendas, que fazem parte dos mistérios históricos de Rio Tinto, da família Lundgren, das construções locais e do povo riotintense. 

Fontes:

Rio Tinto e suas incríveis histórias

https://oreversodomundo.com/2018/09/21/rio-tinto-paraiba/

1 opinião sobre a Igreja de Santa Rita de Cássia

https://www.minube.com.br/sitio-preferido/igreja-santa-rita-de-cassia-a3585421

2 comentários em “Igreja de Santa Rita de Cássia, em Rio Tinto: intrigante e singular

  1. Olá, sou Leonardo Chaves e gostaria de agradecer pela referência ao artigo sobre Rio Tinto publicado no meu blog, O Reverso do Mundo. Graças à companhia do guia Celestino, pudemos conhecer muitas histórias, que complementamos também com pesquisas literárias e conversas. Rio Tinto, de fato, tem uma história interessantíssima que vale a pena ser conhecida pelas pessoas.

    Forte Abraço!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.