Barra do Graú: utopia encantadora na orla entre Tambaba e Praia Bela

388views

Barra do GraúSérgio Botêlho – Quem acha que as belezas do litoral de Pitimbu começam apenas em Praia Bela vai cair do cavalo. E vai dar graças a Deus por isso. Então, é preciso saber que antes (para quem chega do Norte para o Sul) da cada vez mais famosa Praia Bela tem uma outra que é uma verdadeira utopia: Barra do Graú.

Para começar, é preciso saber que o rio Graú, a emprestar seu nome ao local, é justamente o que divide os municípios de Conde e Pitimbu. A última praia do litoral condense (na direção Norte-Sul) é, portanto, a famosa Tambaba, que dispensa comentários.

Chegar à Barra do Graú não é tarefa das mais fáceis. Em determinadas épocas do ano – no inverno, basicamente – os caminhos até a praia somente podem ser feitos à base de veículos tipo 4X4. O resto pode ficar pelo caminho, na mata.

Pouca estrutura

Dessa forma, o visitante deve carregar o que comer e o que beber pois as ofertas gastronômicas são muito raras. Porém, há uma pousada, com direito a área de acampamento, que pode bem servir aos mais apaixonados pela natureza.

Importante anotar que a Barra do Graú faz parte da Área de Proteção Ambiental de Tambaba. Afinal de contas, há uma generosa faixa de Mata Atlântica ao redor da desembocadura do rio que tem de ser defendida dos predadores.

Destaques da grande mídia impressa

Isso faz da Barra do Graú um local especial, do ponto de vista da luta pela preservação do meio ambiente. Dessa forma, o local se torna ainda mais atrativo em função da garantia de condições favoráveis de limpeza, beleza e tranquilidade.

Segundo informações, há programas de visita à Barra do Graú a partir de pousadas e hotéis do Conde, localizadas nas praias de Coqueirinho, Jacumã, Carapibus e Tabatinga. Assim, Barra do Graú está mais no roteiro do turismo condense. Uma excelente pedida.

Vídeo:

https://www.youtube.com/results?search_query=Barra+do+Gra%C3%BA

You may also like

Comente