Liberados prédios em rotas de aproximação e decolagem do Aeroporto JK

Liberados prédios, obedecidos certos gabaritos, que estavam impedidas em Samambaia, Riacho Fundo, Taguatinga e outras regiões, podem rever proibições

Segundo a Agência Brasilia, lotes que tiveram novas construções impedidas por estarem situados na rota de aproximação e decolagem do Aeroporto Internacional de Brasília poderão voltar a ter projetos aprovados, especialmente em Samambaia, Riacho Fundo, Taguatinga e outras regiões administrativas: l

Liberados prédios em SamambaiaGraças a um requerimento de interesse público enviado pelo GDF, o Comando da Aeronáutica coordena um processo, com a participação da Administração Aeroportuária, empresas aéreas e GDF, que resultou na Portaria Gabaer nº 9/GC3. Publicado nesta sexta-feira (15) no Diário Oficial da União (DOU), o documento administrativo entra em vigor a partir de 1° de fevereiro.

Espaço aéreo

A normativa passa a autorizar a implantação do chamado Objeto Projetado no Espaço Aéreo (Opea) localizado em áreas que impactam as superfícies limitadoras de obstáculos das áreas de aproximação e decolagem do Aeroporto Internacional de Brasília.

Isso significa um caminho para a autorização de novos empreendimentos e construções dentro da altura permitida na legislação urbanística do DF. “A nova portaria possibilita a autorização de construções inviabilizadas pelo último plano básico do aeródromo de Brasília, que não considerou, por exemplo, os gabaritos já definidos em lei para os lotes situados em Samambaia, criados há décadas, dos quais muitos ainda não foram edificados”, resume o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira.

Nesse processo, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) foi a responsável por expor as informações técnicas e legais sobre a situação, além de apresentar o requerimento de interesse público, assinado pelo governador Ibaneis Rocha.

Solicitações

Segundo a Subsecretaria de Desenvolvimento das Cidades da Seduh, a partir de 1° de fevereiro, as solicitações enviadas ao Comando da Aeronáutica serão avaliadas conforme a nova portaria. Agora simplificado, esse processo é aguardado por muitas pessoas interessadas em dar andamento a suas construções.

Os projetos de edificações que tiveram parecer desfavorável do Comando da Aeronáutica já poderão entrar com recurso administrativo próprio, caso apresentem como única condicionante a violação da superfície do espaço aéreo. Caso se adequem à portaria, obterão manifestação favorável.

Para mais informações, os interessados poderão consultar a cartilha elaborada pela Central de Aprovação de Projetos (CAP) da Seduh. Em caso de dúvidas relacionadas ao procedimento, também é possível procurar o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

Publicações sobre Economia do Turismo

DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA 

Related Posts
Foto: Canva
Pequenas empresas não se animam com créditos; 200 mil desempregados sem seguro. Esses são destaques da grande mídia, nesta quarta-feira, 29 de abril de 2020, na seção DESTAQUES DA MÍDIA ...
READ MORE
Comércio prevê incremento de vendas, com referência a 2018, para o Dia das Mães 2019
Dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostram que o volume de vendas para o Dia das Mães deve registrar aumento de 3,8% em relação ...
READ MORE
Foto de 2004: Aécio, governador de Minas, e Lula, presidente da República
    A semana tem início com o mundo da política de olhos voltados para o Supremo Tribunal Federal, mais uma vez. A expectativa maior, entre os políticos, envolve o ministro Marco ...
READ MORE
Senado: Projeto que proíbe sacolas e canudos plásticos está pronto para ir a plenário
Apresentado por um cidadão, no portal e-Cidadania, projeto de lei do Senado pode, enfim, proibir a circulação de sacolas e canudos plásticos, no Brasil, produtos alvos de permanente contestação por ...
READ MORE
43 bilhões de reais da Caixa visam aquecer construção civil
43 bilhões de reais estão sendo ofertados pela Caixa Econômica Federal a empresas da construção civil e mutuários. De acordo com o anúncio feito pelo presidente da instituição, as medidas ...
READ MORE
7 de março de 1808: família real portuguesa chega ao Rio
Fugindo das tropas de Napoleão Bonaparte e com apoio dos ingleses, família real portuguesa chega ao Rio para mudar história do Brasil Sérgio Botêlho - Depois de passar por São Salvador ...
READ MORE
MPF quer que Justiça obrigue União a asfaltar estrada
Rodovia federal foi construída na década de 80, possui 335,7 km e governo pode ser obrigado a asfaltar estrada O Ministério Público Federal (MPF) iniciou ação pedindo à Justiça Federal que ...
READ MORE
Ouro Preto vai respirar cinema por seis dias, no início de junho, na 14ª CineOP
O cinema vai transformar a histórica cidade de Ouro Preto, antiga capital de Minas Gerais em centro de atenção cultural, durante seis dias, a partir de 05 de junho próximo, ...
READ MORE
Foto: Edson Matos, de A União
O tema do primeiro Aldeia Digital será "Corpo Território: a arte como espaço das lutas indígenas na Paraíba" "E índio tem smartphone?" Ora essa! Não só tem, como está em rede! ...
READ MORE
Índices de emprego pioram em abril
Não somente o Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), que busca antecipar as tendências do mercado de trabalho para os próximos meses, com base na opinião de consumidores e de empresários ...
READ MORE
Pequenas empresas evitam crédito; 200 mil desempregados sem
Comércio prevê incremento de vendas, com referência a
STF: expectativas da semana interessam a Aécio e
Senado: Projeto que proíbe sacolas e canudos plásticos
43 bilhões de reais da Caixa visam aquecer
7 de março de 1808: família real portuguesa
MPF quer que Justiça obrigue União a asfaltar
Ouro Preto vai respirar cinema por seis dias,
Aldeia Digital, da Funesc, tem início nesta terça-feira,
Índices de emprego pioram em abril

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.