200 quilos de arquivos são triturados no Distrito Federal

Nesta terça-feira (10) os 200 quilos de arquivos foram encaminhada para a empresa Capital Recicláveis para trituração

Por meio da Unidade de Tecnologia e Gestão da Informação Ambiental (Ugin), que abrange a Gerência de Documentação (Gedoc), o Instituto Brasília Ambiental encaminhou 200 quilos de arquivos físicos para reciclagem. Os resíduos são compostos por ofícios que, expedidos entre 2011 e 2012, foram avaliados e classificados para a eliminação, após expirado o prazo necessário de guarda.

“Esse trabalho é de suma importância, pois com a classificação dos documentos identificamos as possibilidades de eliminação ou recolhimento ao arquivo permanente, reduzindo assim nossa massa documental e liberando espaço físico, além de racionalizar a produção e o fluxo dos documentos”, avalia o gerente de documentação do Brasília Ambiental, Alex de Oliveira Costa.

Nesta terça-feira (10) os 200 quilos de arquivos em papel foi encaminhada para a empresa Capital Recicláveis para trituração e compra do material. O valor recebido foi doado para a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis Flor do Cerrado, cadastrada no Governo do Distrito Federal.

Com informações do Instituto Brasília Ambiental

You may also like

Comente