TRF-4 confirma condenação de Lula. Pré-candidaturas à Presidência tem acréscimo de movimento

Palácio do Planalto: forte objetivo de desejo político nas eleições de outubro

Sérgio Botêlho

Como já era esperado, o Tribunal Regional Federal da Quarta Região, em Porto Alegre, rejeitou os recursos da defesa de Lula contra sua (de Lula) condenação. Outra vez, o resultado foi por unanimidade dos votos de três desembargadores.

Segundo afirmam especialistas, ouvidos pela mídia, apesar de condenado por órgão colegiado, como foi o caso, e, a princípio, ser considerado ficha suja, o ex-presidente não pode ser definitivamente inscrito no rol dos inelegíveis.

É que, segundo esses especialistas, a inelegibilidade precisa ser explicitamente decretada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Com base nisso, Lula continua afirmando sua candidatura à Presidência da República.

No entanto, por via das dúvidas, o partido, com aval do próprio Lula, já prepara candidato substituto, que pode ser o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, já que outro potencial candidato, o ex-governador baiano, Jacques Wagner, não se mostra disposto.

Nesses últimos dias, Haddad tem conversado com gente da cúpula petista buscando consolidar-se como candidato petista, no caso de Lula vir mesmo a ser impedido pelo Tribunal Superior Eleitoral, conforme é muito provável.

Falar nisso, as eleições 2018 tem acréscimo de movimento nos últimos dias. Depois de o presidente Temer se lançar à reeleição, os governistas também preparam a candidatura do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Os dois, Temer e seu ministro, vão testar popularidade e índices de rejeição até as convenções partidárias, entre 20 de julho a 05 de agosto. Meirelles vai mesmo para o MDB, e fica de stand buy.

Enquanto isso, o PPS, que realizou convenção nacional no último final de semana, na capital paulista, resolveu apoiar a candidatura de Geraldo Alckmin, ainda governador de São Paulo, pelo PSDB.

Já Marina Silva, da Rede, que estava meio calada, voltou a falar e se prepara, mais uma vez, para ser candidata à Presidência, num quadro que já tem Bolsonaro, pelo PSL, Ciro Gomes, pelo PDT e Fernando Collor de Melo, pelo PTC .

Do rol de pré-candidatos consta, ainda, Guilherme Boulos, pelo PSOL, Rodrigo Maia, pelo DEM, Álvaro Dias, pelo Podemos, afora a candidatura permanente de Eymael, pelo PSDC.

Por enquanto, assim, corre a barca da política no rumo das eleições 2018.  

Related Posts
Veja taxa inquérito contra UFSC de “pífio”; Época diz que trair é tão fácil quanto esconder a traição
Veja e Época já circulando. Veja esmiunça o inquérito na Universidade Federal de Santa Catarina que culminou com o suicídio do reitor. Segundo a revista, o relatório da PF é ...
READ MORE
Dia mais ameno, teve até projetos aprovados; mas, segue a resistência oposicionista
Sergio Botelho Após as ações judiciais e policiais mais fortes, nos últimos dias, atingindo o setor político, essa quarta-feira, 11, pode ser considerado um dia mais ameno. Começa com a decisão ...
READ MORE
Destaques da semana: Inscrições do Enem; crédito positivo; privatização da Eletrobrás; julgamento virtual do pedido de liberdade para Lula
Destaques da semana: Inscrições do Enem; crédito positivo; privatização da Eletrobrás; julgamento virtual do pedido de liberdade para Lula A semana começa com o início do período de inscrições no Exame ...
READ MORE
Assassinatos promovidos pela ditadura, no Brasil, segundo a CIA, é destaque nos portais de notícias
Noticiário dos portais de notícias Edição: Sérgio Botêlho PORTAIS DE NOTÍCIAS: Manchete e destaques da hora de O Globo online: Matias Spektor: 'O Planalto decidia sobre vida e morte de cidadãos'. Para pesquisador, documento ...
READ MORE
Vida difícil para o PSDB
Primeiro foi o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, quem resolveu anunciar o fim de um casamento com os tucanos que foi firmado em 1994, e que, segundo o ...
READ MORE
Prisão em segunda instância deve ser discutida pelo STF, hoje
A história é a seguinte. O ministro Marco Aurélio, um dos mais antigos do Supremo Tribunal Federal, pretende levantar questão de ordem na sessão de hoje, para que seja colocado ...
READ MORE
Questionamentos sobre eleição na Venezuela se destacam nos portais de notícias
PORTAIS DE NOTÍCIAS: Manchete e destaques da hora de O Globo online: Míriam Leitão: Na Venezuela, a radiografia da fraude e do voto tutelado. Eleitor que depende dos programas sociais tinha ...
READ MORE
Sessão do Congresso Nacional nesta terça-feira, 03, durou seis horas
Sérgio Botêlho Difícil resumir a situação política do país, neste momento, após a prisão do ex-presidente Lula. Em primeiro lugar, porque o ex-presidente aguarda uma nova decisão do Supremo Tribunal Federal, ...
READ MORE
Palácio do Planalto: forte objetivo de desejo político nas eleições de outubro
Neste momento, noticiaristas e analistas buscam luzes em meio à escuridão provocada pela Lava Jato no mundo político, para ver se divisam possibilidades eleitorais com relação ao pleito deste ano ...
READ MORE
Revistas de final de semana: Veja sai em busca da vida de Lula na prisão. Época perscruta como pensam os jovens sobre a disputa presidencial
Enquanto a Veja perscruta a vida de Lula na prisão, Época faz enquete com jovens para saber de suas opções de candidaturas presidenciais. Sobre as eleições 2018, Dora Kramer diz na ...
READ MORE
Veja taxa inquérito contra UFSC de “pífio”; Época
Dia mais ameno, teve até projetos aprovados; mas,
Destaques da semana: Inscrições do Enem; crédito positivo;
Assassinatos promovidos pela ditadura, no Brasil, segundo a
Vida difícil para o PSDB
Prisão em segunda instância deve ser discutida pelo
Questionamentos sobre eleição na Venezuela se destacam nos
Prisão de Lula, perspectivas e cautela política
Eleições 2018: Imprensa busca luzes em meio à
Revistas de final de semana: Veja sai em

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.