Seja bem-vinda primavera, a mais bela estação do ano!

Começa a primavera no hemisfério sul a estação mais esperada do ano em todos os recantos do mundo, pela imensa e diversa festa de cores e de flores e de vida

Sérgio Botêlho {Ugulino de Araújo}

Há quem cumprimente a estação mais esperada do ano na base do “Seja bem vindo primavera”. Mas, não é assim. Para começar bem a chamada ‘estação das flores’ convém consertar a grafia. O certo é “Seja bem-vinda primavera”. É assim que se escreve a saudação de boas-vindas e é com letra minúscula mesmo que se grafam as estações.

Estação das Flores

Dito isto, vamos à Primavera estação das flores, que tanto já inspirou poetas e músicos pelo Brasil e pelo mundo afora. “Ó primavera adorada, inspiradora de amores, ó primavera idolatrada sublime estação das flores”, compôs o ainda vivíssimo Nelson Sargento, uma das glórias históricas da Mangueira e do samba brasileiro.

Neruda

Ainda no campo da poesia, o início da primavera 2019 coincide – por uma dessas coisas do destino (por vezes, macabro e perverso, como é o caso) – com a morte, nunca bem explicada, do poeta e Nobel de Literatura chileno Pablo Neruda. O mesmo que em momento de inspiração primaveril recomendou a todos: “deixe que a vida faça contigo o que a primavera faz com as flores”.

Portanto, seguindo a recomendação do poeta, primavere-se, a partir deste 23 de setembro, início da primavera 2019 Brasil. Assim, deixe-se inundar pela beleza e pela poesia das flores, pela igualdade tão diversa de tantas cores. Afinal, cores que não se odeiam, mas que se completam na imensa e bela diversidade que mais fortalece a natureza do que a enfraquece.

O meu desejo é de que a primavera 2019 Brasil, quem sabe, pela sua imensa e abrangente beleza, possa contribuir para a redução do ódio cuja destilação, no país, encontra seu estuário mais que perfeito nas redes sociais onde a morte de uma criança pobre e estudiosa, por exemplo, sacrificada pela violência, não consegue ser pranteada como deve justamente pela prevalência do ódio.

Primavera características

Originada do latim primo vero, a significar antes do verão, é o mês em que as flores se abrem. No Hemisfério Norte, a primavera tem início no dia 20 de março terminando no dia 21 de junho, com o início do verão. No caso do Hemisfério Sul, onde se inclui o Brasil, tem início neste 23 de setembro terminando em 21 de dezembro.

Mas, essas datas mudam em um dia, ano a ano. No caso da primavera no Hemisfério Sul, neste ano de 2019, a estação tem início, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais, às 4hs50min da manhã desta segunda-feira, 23. É quando acontece o equinócio de primavera – instante em que o Sol cruza a Linha do Equador Celeste

Primavera no Brasil

Há diferentes efeitos da Primavera nas várias regiões do país, no que pese a coincidência das flores. No Centro Oeste e no Sudeste, por exemplo, prenuncia-se uma maior incidência de chuvas, bênção aguardada pelas populações locais, a exemplo de Brasília, neste preciso instante, há 112 dias sem chuvas.

Na região Sul do Brasil, no entanto, segundo informa o INPE, não há grande variação no regime das chuvas que se espalha de maneira mais ou menos uniforme durante todas as estações do ano. Entretanto, segundo o Instituto, há um acréscimo significativo da incidência de raios e de “complexos convectivos”, que pode ser traduzido por muita chuva em intervalos curtos.

No Nordeste, ainda de acordo com o INPE, o período da primavera coincide com a secura, que abrange os meses de setembro, outubro e novembro. Chuva mesmo no Nordeste acontece nos meses de junho, julho e agosto, durante o inverno, especialmente no Litoral da região, e alguma outra chuva lá para os meses de dezembro e janeiro, as famosas chuvas de verão.

Na região Norte a primavera marca, mais precisamente nos meses de outubro e novembro, a volta do período de chuvas, com direito a trovoadas, sucedendo os meses de junho e julho, principalmente, meses preferidos pelos nortistas para festejar as praias, justamente pela ausência de chuvas.

Minas Gerais

Em Minas Gerais a expectativa para a primavera 2019 é de muito calor com mais chuva e granizo, neste ano de 2019, na passagem do período mais seco para o mais chuvoso. Além do que o período deve ser marcado por tempestades, depois de, assim como Brasília, Minas estar encarando, já, três meses de secura total.

Turismo em Holambra

Não sem razão, nessa época do ano a cidade de Holambra, em São Paulo, é destino preferido por grande quantidade de turistas em virtude de sua produção de flores. Dessa maneira Holambra se equivale, segundo números do setor, a 40% do que se produz em todo o Brasil. A cidade é um imenso jardim florido, ainda mais na primavera.

Pantanal

No Pantanal Mato-Grossense e Sul-Mato-Grossense acontece a transição do período da seca para o das cheias na região, sendo particularmente favorável ao turismo de aventura, ao ecoturismo, ao turismo de contemplação e de observação da vida selvagem, da vida humana característica e da riquíssima e original culinária local.

Vinhedos do Rio Grande do Sul

É também na primavera onde os vinhedos do Sul ganham ainda mais poder de atração, com destaque para a cidades de Bento Gonçalves, considerada a Capital Brasileira do Vinho, e Garibaldi, apelidada de Capital Brasileira do Espumante. Passeios de bicicleta, visitas e piqueniques nos vinhedos e hospedagem. Tudo isso, evidentemente, com a experimentação de vinhos e espumantes. Uma maravilha!

Enfim, primavere-se!

Mais do que em qualquer outra época, deixe-se levar pelo olfato, pela visão, pelo paladar e pela audição, na primavera. Viaje, então, e conheça novas terras, novas paisagens e novas cores, novos gostos alimentares, novos costumes e novos sons nesse imenso país chamado Brasil.

Festeje a imensa e bela diversidade brasileira que está presente na formação de seus povos. De fato, foi assim com índios e homens e mulheres pretos e brancos, europeus e asiáticos, gentes de todas as partes. Gentes que escolheram o país e que aqui vivem e trabalham sempre entusiasmados pela nossa alegria. Mas também na fantástica formação de nossa exuberante e diversa natureza.

Uma diversidade que se deve manter, a todo o custo. Uma vez que é por este aspecto que o país haverá de alcançar dias de grande prosperidade. No futuro será essa a diferença que nos vai garantir um lugar de destaque no concerto das Nações, em todo o mundo.

Por isso, viva a diferença, todo louvor às cores, evoé Brasil! É dessa forma que o Para Onde Ir saúda a mais bela estação do ano.

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.