Pesca e cultivo de frutos do mar podem ter novos bloqueios, neste ano

Um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, FAO, alerta que os setores da pesca e aquicultura podem estar sujeitos a mais interrupções em 2021. A principal razão são as limitações da pandemia, que continuam afetando a oferta e a demanda nesses setores.

Pesca e aquicultura
Crédito da foto: John Wessels – FAO

Espera-se que a queda global na aquicultura atinja 1,3%, o primeiro declínio anual em vários anos. Entre as principais razões estão os danos causados ao abastecimento, ao consumo e ao faturamento do pescado causados pela pandemia.

Consumidores

A vice-diretora-geral da FAO, Maria Helena Semedo, disse que a crise de saúde “causou um transtorno generalizado na pesca e na aquicultura, pois a produção foi interrompida, as cadeias de abastecimento perturbadas e os gastos dos consumidores restringidos por vários bloqueios.”

A agência adverte que com as persistentes medidas restritivas que vão afetando a oferta e demanda, mais interferências podem impactar o setor ao longo do ano.

Semedo disse que com 2020 registrando a primeira queda em anos na aquicultura, “as medidas de contenção provocaram mudanças de longo alcance, muitas das quais provavelmente persistirão no longo prazo.”

De acordo com a FAO, todas as fases da cadeia de abastecimento da pesca e da aquicultura podem ser interrompidas ou limitadas por estas restrições.

Restaurantes

O Índice de Preços do Peixe caiu para a maioria das espécies comercializadas. Por outro lado,  o fechamento de restaurantes e hotéis em muitos países gerou uma queda na demanda por peixe fresco.

Semedo revelou que o impacto da crise foi significativo nos países em desenvolvimento, especialmente naqueles com grandes setores informais, onde trabalhadores artesanais, de pequena escala e comunidades, dependem da pesca para sua segurança alimentar e meios de subsistência”.

Para a vice-chefe da FAO estes grupos são os que “mais têm suportado o fardo das restrições”.

De acordo com o relatório, os produtos da aquicultura não vendidos aumentam os estoques de peixes vivos, criando custos mais altos para alimentação e mais mortalidade de peixes.

Alimentos

Para a FAO, outra questão importante é a série de restrições relacionadas à Covid-19 sobre as tripulações, que aliadas às condições do mercado, reduziu a pesca. Com isso, houve uma ligeira queda na pesca selvagem em nível global no ano passado.

O coronavírus também alterou as preferências dos consumidores. Com as famílias optando por reservar alimentos não perecíveis foi substituída a demanda por peixe fresco por produtos embalados e congelados.

Antes da pandemia, o setor apresentava uma tendência de crescimento. Na última década, o consumo anual de peixe cresceu de forma significativa para uma média de mais de 20 quilos por pessoa.

Com informações da ONU News

Publicações sobre Economia do Turismo

E-BOOK GRATUITO - Todas as praias de João Pessoa e Cabedelo, no Litoral Paraibano 

Related Posts
Agricultura familiar paraibana vai ter Nota Fiscal Eletrônica
Novidade na agricultura familiar paraibana objetiva simplificar procedimentos e torna transações mais seguras a todas as partes Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) disponibilizou mais um serviço de modernização e agilidade ...
READ MORE
Ibovespa cai abaixo dos 92.000 pontos
Tensão com o imbróglio entre EUA e China afetou fortemente a Bolsa de Valores de São Paulo no pregão desta segunda-feira, 13.Dessa forma, o Ibovespa desabou mais de 2%, descendo ...
READ MORE
Energia solar em Malta, na Paraíba
Energia solar na Paraíba foi motivo para um discurso do deputado federal Wilson Santiago, no plenário da Câmara. Na íntegra, o discurso: Venho à tribuna, nesta quarta-feira, para anunciar fato positivo ...
READ MORE
Foto: Canva
Queda de confiança do setor industrial é mais forte em: obras de infraestrutura; outros equipamentos de transportes; produtos de limpeza, perfumaria e higiene pessoal; bebidas; confecção de artigos do vestuário ...
READ MORE
Live sobre prevenção à lavagem de dinheiro acontece nesta segunda, 7
Bate-papo sobre lavagem de dinheiro com CVM e BSM falará sobre a identificação do beneficiário final em fundos exclusivos A CVM e a BSM estão confirmadas para a nossa próxima live, ...
READ MORE
Natura vai comprar Avon e ações da empresa brasileira sobem
A notícia dada pelo Financial Times, jornal inglês diário einternacional, de que a nacional Natura vai comprar a Avon, empresanorte-americana, fez com que as ações da empresa brasileira subissem.O valor ...
READ MORE
Reforma tributária pode retirar vale-refeição e alimentação
Por sugestão do governo, o relator da reforma propôs colocar ponto final na concessão do vale-refeição e alimentação Mudanças propostas na reforma tributária podem fazer os trabalhadores perderem o vale-refeição e ...
READ MORE
Prêmio de Inovação em Seguros da CNseg: últimas semanas de inscrição
Os vencedores nas três categorias do Prêmio de Inovação em Seguros serão conhecidos e contemplados em dezembro  O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, promovido pela Confederação ...
READ MORE
Foto: Youtube Divulgação
Serão 30 vagas, no Empreender-PB, para cada um dos municípios selecionados para esta terça; saiba quais são os municípios Programa Empreender-PB abre, nesta terça-feira (16), a partir das 8h, o primeiro ...
READ MORE
Agora, 4ª maior do mundo, Natura finaliza compra da Avon, presente em 100 países
Com faturamento previsto para mais de US$ 10 bilhões, a empresabrasileira Natura & Co acaba de fechar negócio comprando a norte-americanaAvon, que, segundo a revista Exame, que acaba de dar ...
READ MORE
Agricultura familiar paraibana vai ter Nota Fiscal Eletrônica
Ibovespa cai abaixo dos 92.000 pontos
Energia solar na Paraíba é prioridade do MME
Setor industrial apresenta queda de confiança em janeiro,
Live sobre prevenção à lavagem de dinheiro acontece
Natura vai comprar Avon e ações da empresa
Reforma tributária pode retirar vale-refeição e alimentação
Prêmio de Inovação em Seguros da CNseg: últimas
Empreender-PB abre inscrições nesta terça, 16, a partir
Agora, 4ª maior do mundo, Natura finaliza compra

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.