Pequenos negócios dobram novas vagas sobre média e grandes empresas

Embora na crise, micro e pequenas empresas comprovam capacidade maior de recuperação e geração de empregos

Entre julho e outubro desse ano, as micro e pequenas empresas criaram 714,3 mil postos de trabalho em todo o Brasil. Esse número é quase duas vezes maior que o total de empregos gerados pelas empresas de médio e grande porte que, no mesmo período, abriram 364,8 mil vagas. Os dados constam em levantamento feito pelo Sebrae, com informações do Novo Caged do Ministério da Economia, que compila o encerramento e a abertura de vagas em todos o país.

Nas Águas dos Potiguaras - ebook - praias de João Pessoa e Cabedelo, no litoral paraibano. Deixe o email e FAÇA O DOWNLOAD.

“Esses números comprovam a tese que há muito defendida pelo Sebrae. As pequenas empresas contratam mais na expansão. Por isso é tão importante que desenvolvamos políticas de fomento e crédito para esse segmento vital à economia do nosso país. Elas precisam disso para continuar desempenhando seu importante papel”, ressaltou o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

O estudo realizado pelo Sebrae constata, ainda, que entre os meses de março e junho, atipicamente, os pequenos negócios foram os que mais desempregaram na crise econômica provocada pela pandemia, com um saldo de cerca de um milhão de postos de trabalho encerrados, contra 606 mil nas médias e grandes. Apesar disso, a recuperação do setor foi igualmente mais rápida.

No acumulado deste ano, até outubro, as MPE registraram saldo negativo de geração de emprego de 26 mil, quase dez vezes menor que o saldo negativo apresentado pelas médias e grandes empresas, que está em -215,3 mil. O presidente do Sebrae ressalta que, entre julho e outubro, os pequenos negócios voltaram a puxar a geração de empregos no país. “Com o retorno gradual da atividade econômica, as micro e pequenas empresas voltaram a ser a  locomotiva da nossa economia, implementando um ritmo de contratação bem mais forte do que as de maior porte”, pontuou Carlos Melles.

O levantamento ainda aponta dados por setor e regiões. Uma curiosidade identificada é que dois estados da região Norte se destacaram na geração de empregos. Roraima foi o que ocupou a primeira posição no ranking de outubro e no do acumulado do ano com 81,12 – considerando o “saldo por 1.000 empregados”. Pará ficou em segundo lugar, tendo gerado 63,21 vagas a cada mil empregados. São Paulo aparece na posição 24 no ranking, com um saldo negativo de 13,45. A Unidade da Federação com pior desempenho foi o Rio de Janeiro, com 41,96 negativos.

Quando analisados os setores da atividade econômica, no acumulado de janeiro a outubro deste ano, as micro e pequenas empresas da Construção Civil foram as que mais empregaram, registrando um saldo de 137,1 mil novas vagas; seguidas pela Agropecuária, com 29,7 mil postos. Já o Comércio e Serviços ainda acumulam neste ano saldos negativos de – respectivamente – 154,3 mil e 65,7 mil empregos.

Com informações do Sebrae 

Related Posts
Barragem da Vale na Grande BH pode se romper a qualquer momento
O Ministério Público de Minas Gerais está recomendando expressamente que a Vale adote providências para informar devidamente a população sobre os riscos de rompimento da Barragem Sul Superior da Mina ...
READ MORE
Photo by Gary  Barnes on Pexels.com
Estimativa sobre movimento no Dia dos Namorados é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)  O Dia dos Namorados deve movimentar R$ 1,8 bilhão em vendas no ...
READ MORE
Bolsonaro alerta para possíveis reajustes nos combustíveis por força da crise na Venezuela
Em coletiva concedida há pouco, o presidente Bolsonaro alertou para a possibilidade de reajuste nos preços dos combustíveis por conta da crise na Venezuela.Ele lembra que a política de preços ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
Varejo tem pior Natal. Dólar põe empresas em dificuldade. Multiplicam-se atos de resistência a medidas de isolamento.  🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ Estado de calamidade Os governadores do Nordeste querem a prorrogação do estado ...
READ MORE
Prefeitura promove ordenamento de comércio informal na orla
Neste fim de semana, os agentes da Sedurb emitiram 32 notificações ao comércio informal na orla da praia do Bessa, pelo disciplinamento do uso de solo público Para garantir o acesso ...
READ MORE
R$ 5,249 é o menor preço de gasolina em João Pessoa
Pesquisa sobre preço da gasolina em João Pessoa foi realizada Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor Pesquisa comparativa para combustíveis realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do ...
READ MORE
Queda histórica de 10,1% no varejo é o que prevê a CNC
Queda histórica de 10,1% no varejo prevê a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), em 2020. Dessa forma, no varejo ampliado, com a inclusão do ramo ...
READ MORE
AgroBrasília 2019 tem início com expectativa de 120 mil participantes
Começou nessa terça-feira, 14, a AgroBrasília 2019-Feira Internacional dos Cerrados, que acontece no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, a 60 km de Brasília, e que será encerrada no próximo domingo, 19.A ...
READ MORE
Foto: Youtube Divulgação
Serão 30 vagas, no Empreender-PB, para cada um dos municípios selecionados para esta terça; saiba quais são os municípios Programa Empreender-PB abre, nesta terça-feira (16), a partir das 8h, o primeiro ...
READ MORE
Saldo positivo na criação de postos de trabalho, na Paraíba
Paraíba aponta neste primeiro semestre a retomada de postos de trabalho; maio foi o segundo mês consecutivo de crescimento Apesar dos efeitos nocivos da pandemia na economia, a Paraíba aponta neste ...
READ MORE
Barragem da Vale na Grande BH pode se
R$ 1,8 bilhão deve ser o movimento do
Bolsonaro alerta para possíveis reajustes nos combustíveis por
Governadores querem prorrogação do estado de calamidade e
Prefeitura promove ordenamento de comércio informal na orla
R$ 5,249 é o menor preço de gasolina
Queda histórica de 10,1% no varejo é o
AgroBrasília 2019 tem início com expectativa de 120
Empreender-PB abre inscrições nesta terça, 16, a partir
Saldo positivo na criação de postos de trabalho,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.