“Em defesa da autonomia universitária e da democracia”, ex-líderes estudantis contestam nomeação de reitor da UFPB

“Indignados com os fatos ocorridos na UFPB”, dezenas de ex-lideranças estudantis divulgaram nota em que denunciam a nomeação do terceiro colocado para reitor da UFPB, “sem ter recebido nenhum voto dos 92 integrantes dos conselhos superiores da instituição”.

No texto, os signatários da nota denunciam que “atitudes autoritárias do atual empossado ofendem e destoam da prática democrática e explicita a aliança com os setores fascistas existentes dentro e fora da Universidade”.

“Agem, esses interventores – é assim que devem ser chamados – como se estivessem munidos do famigerado decreto 477/69, que puniu mais de oitenta estudantes na UFPB, ameaçando e intimidando todos que defendem o pluralismo e o respeito às regras democráticas”, protestam os ex-líderes.

Na sequência, a íntegra do documento:

LIDERANÇAS ESTUDANTIS DA UFPB NOS ANOS 1970-1980 EM DEFESA DA AUTONOMIA UNIVERSITÁRIA E DA DEMOCRACIA

Nota

Temos acompanhado estarrecidos e indignados os fatos ocorridos na Universidade Federal da Paraíba.

Inicialmente a nomeação, como reitor, do Sr. Valdiney Veloso Gouveia, último votado na consulta feita a comunidade acadêmica quando obteve 5% dos votos, além de não ter recebido nenhum voto dos 92 integrantes dos Conselhos Superiores da Instituição. A nomeação, pelo Presidente da República, é por si só, um atentado à autonomia universitária, à democracia e, por não ter recebido indicação dos membros dos Conselhos, uma afronta às normativas legais.

A aceitação por parte do referido professor é um acinte, um ataque à ética e um desrespeito à vontade da comunidade universitária.

As atitudes autoritárias do atual empossado ofendem e destoam da prática democrática e explicita a aliança com os setores fascistas existentes dentro e fora da Universidade.

No último atentado à democracia estudantes foram ameaçados de punição e expulsão pelo fato de divulgarem carta demonstrando preocupação com os rumos de nossa importante instituição educacional. Numa clara tentativa de criminalizar o Movimento Estudantil.

Somos, os signatários desta nota, ex-alunos da UFPB que entre os meados dos anos setenta e oitenta enfrentaram os anos obscuros da ditadura, lutaram pelas liberdades democráticas, pela educação pública, pela anistia e pelas causas sociais.

O movimento do qual fizemos parte retomou as lutas estudantis, o DCE, os Diretórios e Centros Acadêmicos, promoveu calouradas e publicou jornais inserindo no cotidiano acadêmico o debate numa época que professores e alunos eram perseguidos, presos e tolhidos em sua liberdade de expressão.

Agem, esses interventores – é assim que devem ser chamados – como se estivessem munidos do famigerado decreto 477/69, que puniu mais de oitenta estudantes na UFPB, ameaçando e intimidando todos que defendem o pluralismo e o respeito às regras democráticas. É com horror, portanto, que assistimos a esse retrocesso, aos atentados à liberdade e ao debate, essência da universidade.

LIDERANÇAS ESTUDANTIS ANOS 1970-1980

1) SEVERINO DUTRA DE MEDEIROS FILHO – PROFESSOR APOSENTADO UFPB

2) WALTER OLIVEIRA DANTAS – JORNALISTA E FORMADO EM LETRAS

3) WALTER AGUIAR – ENGENHEIRO

4) AGAMENON TRAVASSOS SARINHO – SERVIDOR TA APOSENTADO DA UFPB

5) ROMERO ANTONIO DE MOURA LEITE – PROFESSOR APOSENTADO DA UFPB

6) EDSON DE SOUZA NEVES – MÉDICO

7) IEDA MARIA CABRAL DA COSTA – MÉDICA

8) MANUEL FERREIRA CAMPOS – AUDITOR FISCAL DO TRABALHO

9) TEREZA BEZERRA – MÉDICA

10) REGINALDO LEAL – ENGENHEIRO

11) MARIA INÊS VASCONCELOS LOPES FERREIRA – MÉDICA

12) LEIMAR DE OLIVEIRA – ENGENHEIRO

13) ELEUMAR MENEZES SARMENTO – MÉDICO

14) EURÍPEDES FLORESTA DE OLIVEIRA FILHO – ARQUITETO E URBANISTA

15) EMÍLIA CORREIA LIMA – ENGENHEIRA

16) ELMANO AUGUSTO – JORNALISTA

17) HÉLIA DE SIQUEIRA FIGUEIREDO LEITE – PROFESSORA APOSENTADA UFPB

18) ROSALINA JENNER ROSAS – PROFESSORA APOSENTADA UFCG

19) JANILCE GUEDES DE LIMA – ENFERMEIRA

20) FRANCISCA PEREIRA LOPES ZENAIDE (FRANCES) – PROFESSORA

21) WATTEAU FERREIRA RODRIGUES – ADVOGADO

22) RILDIAN FILHO – ADVOGADO

23) SIMÃO DE ALMEIDA NETO – SERVIDOR TA UFPB (ALUNO BANIDO DA UFPB PELA DITADURA)

24) CRISTIANO ZENAIDE PAIVA – SERVIDOR TA UFPB – ARQUITETO

25) PEDRO NUNES FILHO – PROFESSOR EMÉRITO UFPB

26) WASHINGTON FEITOSA – PROFESSOR DE HISTÓRIA

27) OZÉLIA PEREIA EVANGELISTA – MÉDICA

28) SÉRGIO MÁRIO BOTELHO DE ARAÚJO – JORNALISTA

29) CARMÉLIO REYNALDO FERREIRA – PROFESSOR UFPB

30) MARCONI DE LIMA BRAZ – PSICÓLOGO

31) GERALDO MEDEIROS – AUDITOR APOSENTADO DA RECEITA FEDERAL

32) MARIA WILMA BONIFÁCIO DE ALMEIDA – MÉDICA

33) ANGELA TARGINO – SERVIDORA TA UFPB – SINDICALISTA

34) ADEILDO VIEIRA – SERVIDOR TA UFPB – MÚSICO

35) LÚCIA DE FÁTIMA GUERRA FERREIRA – PROFESSORA APOSENTADA UFPB

36) JOMÁRIO NHIUSRR SAMPAIO MONTEIRO – BACHAREL EM CIÊNCIAS JURÍDICAS

37) RONALDO BARBOSA – PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

38) CIDA RAMOS – PROFESSORA UFPB – DEPUTADA ESTADUAL

39) VLADIMIR DANTAS – DIREITO (CURSANDO)

40) OSVALDO TRAVASSOS SARINHO – SERVIDOR TA UFPB APOSENTADO

41) MARIA PIEDADE FARIAS – ARQUITETA

42) REGINA TOSCANO – PROFESSORA UFPB

43) HERMANO NEPOMUCENO DE ARAÚJO – PROFESSOR APOSENTADO UFPB/UFCG

44) ONÉLIA LINS DE FREITAS – ASSISTENTE SOCIAL

45) ANELSINA TRIGUEIRO (NETA) – PROFESSORA APOSENTADA UFPB

46) MANOEL DONATO – PROFESSORAPOSENTADO UFCG

47) WALTER SANTOS – JORNALISTA

48) ANTONIO FERNANDES DE FARIAS (FERNANDO PINTASSILGO) – PROFESSOR APOSENTADO UFPB – MÚSICO

49) CARLOS HENRIQUE VASCONCELOS – JORNALISTA

50) IRLÂNIO RIBEIRO PEREIRA – ECONOMISTA

51) SEVERINO RAMOS MENDONÇA DE SANTANA – BIBLIOTECONOMISTA 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.