Saídas tecnológicas em energias renováveis e mudanças climáticas

UFRJ juntou-se a Inmetro, PUC-Rio, FGV, Microsoft, Nvidia e mais 16 instituições para estudos em tecnologias para energias renováveis e mudanças climáticas

VACINA, SIM! VACINA, JÁ! VACINA PARA TODOS! Saiba mais, CLICANDO AQUI.

No dia 13/8, a UFRJ lançou a Rede Temática em Energias Renováveis e Mudanças Climáticas, associada ao Centro de Excelência em Transformação Digital e Inteligência Artificial do Estado do Rio de Janeiro (Hub.Rio). Coordenada pelo professor Alvaro Coutinho, do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (Coppe/UFRJ), a Rede reúne instituições de ciência e tecnologia e empresas de base tecnológica com o objetivo de produzir soluções tecnológicas inovadoras, envolvendo transformação digital e técnicas de inteligência artificial nas áreas respectivas.

A Rede tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e é organizada em cinco grupos de trabalho (GTs) acerca dos temas energias renováveis, biomassa, mudanças climáticas, transição e distribuição de energia, além de um grupo transversal sobre inteligência artificial, aprendizado de máquina, computação de alto desempenho e ciência de dados. 

Os avanços recentes em inteligência artificial, ciência de dados e computação de alto desempenho têm papel fundamental na melhoraria da eficiência computacional e eficácia dos modelos matemáticos, com foco nas duas temáticas. Assim, os pesquisadores buscam equilibrar o aumento da demanda em energia com as restrições impostas pelas emissões de carbono e as mudanças climáticas.

Compõem o Hub.Rio, além da UFRJ, o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), a Universidade Federal Fluminense (UFF), a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), a Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-Cetiqt), a Marinha do Brasil e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Também integrarão a Rede as empresas Microsoft, Nvidia, Total, Repsol Sinopec, NewRoute, Hewlett Packard, ProOceano, Seahorse, DotBot, MDM Solutions, Tidewise, Promec e OceanPact.

De acordo com o coordenador da Rede, a iniciativa permitirá consolidar e articular grupos de pesquisa multidisciplinares e multi-institucionais, ajudando a criar novas oportunidades de negócios e empregos qualificados no estado do Rio, além de ampliar e integrar novas soluções de inteligência artificial ao tema de energias renováveis e mudanças climáticas. Também está prevista a concepção de um curso de formação continuada para profissionais de inteligência artificial em aplicações de energias renováveis e mudanças climáticas.

Edição do Para Onde Ir: Sérgio Botêlho, com informações da Conexão URFJ 

Related Posts
Ultramaratonista brasileira mobiliza o mundo em favor do planeta
Primeira mulher a escalar o Aconcágua, brasileira que mora na Europa instiga opinião pública em favor do planeta Terra Ultramaratonista e advogada, Fernanda Maciel foi a primeira mulher a escalar o ...
READ MORE
Mudas frutíferas e raquetes de palma são distribuídas com população
A distribuição das mudas frutíferas e das raquetes de palma é ação conjunta do governo paraibano e da Prefeitura Municipal de Prata O Governo do Estado, por meio da Empresa de ...
READ MORE
Deslizamentos de terra das chuvas que atingiram o Rio de Janeiro na semana passada próximo à estrada de ferro do Trem do Corcovado, único acesso ao Cristo Redentor.
Rio, Paraty, Angra dos Reis, principalmente no norte fluminense e na região dos Lagos há alerta para temporais neste sábado, segundo o Clima Tempo, em virtude de chuva forte e ...
READ MORE
Sem redução no aquecimento, temperatura global da Terra assombra
Estudo da ONU realça influência humana no aumento da temperatura global, num ritmo sem precedentes nos últimos 2 mil anos Um novo relatório das Nações Unidas prevê que a temperatura global ...
READ MORE
Comissão acata seguro-desemprego a pescador vítima de dano ambiental
Texto da Câmara dos Deputados também prevê que o responsável pelo dano ambiental restitua à Previdência os valores gastos com o seguro A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural ...
READ MORE
Photo by Pixabay on Pexels.com
Parceria público-privada na área de energia solar fotovoltaica vai alcançar todo o estado da Paraíba, segundo cooperação firmada pelo governo O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria da Infraestrutura, dos ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
Há outras datas em que se homenageia os animais, além do Dia Nacional dos Animais, todas elas importantes para a formação de uma consciência protetora da natureza Sejam eles animais selvagens ...
READ MORE
Energia solar em Malta, na Paraíba
Energia solar na Paraíba foi motivo para um discurso do deputado federal Wilson Santiago, no plenário da Câmara. Na íntegra, o discurso: Venho à tribuna, nesta quarta-feira, para anunciar fato positivo ...
READ MORE
Amazônia tem maior taxa de desmatamento, em 10 anos
No ano passado o Brasil registrou a maior taxa de desmatamento na Amazônia Legal dos últimos dez anos. Todavia, o cenário tende a piorar. Entre agosto de 2019 e abril ...
READ MORE
Respeitar a ciência deve ser cada vez mais obrigação da humanidade
Sérgio Botêlho - Tudo leva a crer que o novo normal, a partir do fim da pandemia, revelará um mundo bem mais inclinado a respeitar a ciência, e, particularmente, o ...
READ MORE
Ultramaratonista brasileira mobiliza o mundo em favor do
Mudas frutíferas e raquetes de palma são distribuídas
Rio e região sujeitos a fortes temporais e
Sem redução no aquecimento, temperatura global da Terra
Comissão acata seguro-desemprego a pescador vítima de dano
Energia solar: governo firma acordo por parceria na
14 de março: Dia Nacional dos Animais é
Energia solar na Paraíba é prioridade do MME
Amazônia tem maior taxa de desmatamento, em 10
Respeitar a ciência deve ser cada vez mais

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.