Polícia encerra festa que reunia mais de mil pessoas no Sertão

Mais de 1.000 pessoas se reúnem com música ao vivo e polícia encerra festa na madrugada deste domingo, 11, no Sertão da Paraíba

A Polícia Militar encerrou uma festa clandestina que reunia mais de 1.000 pessoas em um sítio, com música ao vivo, estrutura de bar e estacionamento, na madrugada deste domingo (11), na zona rural de Paulista, no Sertão da Paraíba. No evento, além de pessoas sem usar máscaras de proteção facial, a PM constatou também que o ambiente permitia a prática de dança entre os participantes.

O Decreto Estadual Nº 41.396, que tem medidas em vigor até o dia 16 de julho, não autoriza a realização de festas com música para dança entre os participantes. Nesse período, estruturas de bares só podem funcionar até 23h. Além de descumprir essas medidas, o evento também infringiu determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, classificado como crime pelo artigo 268 do código penal.

O público foi dispersado e o organizador, de 48 anos, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia.

A determinação da Polícia Militar da Paraíba é continuar fiscalizando a realização de festas, nesse período de pandemia, impedindo que elas continuem desafiando as regras sanitárias determinadas pelo governo, a partir de orientações científicas, para brecar o avanço das infecções por Covid-19.

Da redação do Para Onde Ir com informações da Secom-PB 

Related Posts
Sonho contrariado: luta pela vacina retorna à estaca zero
Sérgio Botêlho - Mais rápido do que se imaginava, o sonho de o Brasil ter até janeiro a vacina contra o coronavírus foi seriamente contrariado. Nesta terça-feira, 20, acim3055a de ...
READ MORE
Pobres sofrem mais: classes sociais têm variado impacto da pandemia
Desaceleração global das atividades econômicas resultou em variado impacto sobre as classes sociais; pobres sofrem mais A pandemia de covid-19 causou desaceleração global das atividades econômicas e, de modo geral, redução ...
READ MORE
Pior ainda está por vir, diz Organização Mundial da Saúde; no entanto…
Pior ainda está por vir, garante Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo a entidade, a pandemia está acelerando. Ademais, cientistas brasileiros temem o inverno, que teve início em 20 de ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
Além de Estado da Bahia, leia: dólar e Bolsa; oferta de missões internacionais a empresários; Senado homenageará 61 anos de Brasília 🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº 117 ...
READ MORE
Antecipação de feriados é alternativa ao furor da Covid, no país
Cidades estão adotando a saída dos feriados antecipados como meio de implementar o isolamento social de forma mais ampla, Diversas cidades do país, a exemplo do Rio de Janeiro e de ...
READ MORE
Paraíba: suplemento do Diário Oficial publica novas normas restritivas
Novas normas restritivas abrangem escolas, faculdades, bares, restaurantes, shoppings, igrejas, salões de beleza e academias O Diário Oficial do Estado (DOE) irá publicar neste sábado (17), em edição suplementar, o decreto ...
READ MORE
Paraíba estável na pandemia e 4º na vacinação; no país, 330 mil mortos
Levantamento do consórcio de veículos de imprensa, divulgado há pouco pelo Jornal Nacional, mostra a Paraíba estável em número de mortos e bem na vacinação Divulgado ainda há pouco, pelo Jornal ...
READ MORE
3 em cada 4 brasileiros concordam em controle na circulação de pessoas
Pesquisa DataSenado consulta população sobre controle na circulação de pessoas imposta por estados e municípios Três em cada quatro brasileiros concordam que a circulação de pessoas em locais públicos deve ser ...
READ MORE
Sonho contrariado: luta pela vacina retorna à estaca
Pobres sofrem mais: classes sociais têm variado impacto
Pior ainda está por vir, diz Organização Mundial
Prorrogado toque de recolher em todo o Estado
Antecipação de feriados é alternativa ao furor da
Paraíba: suplemento do Diário Oficial publica novas normas
Paraíba estável na pandemia e 4º na vacinação;
3 em cada 4 brasileiros concordam em controle

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.