Como se comportaram Bolsa e dólar nesta sexta-feira, 02, e o porquê

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou a sexta-feira, 02, em baixa de -1,53%, a 94.014 pontos, marcando a quinta semana de queda. O dólar terminou o dia em alta 0,25%, a R$ 5,67.
Nesta sexta-feira, segundo o Infomoney, a política americana ficou em foco, em função do anúncio de que o presidente Trump e a primeira dama norte-americana, Melania Trump, estão com coronavírus.

DÓLAR, VIAGENS AÉREAS, HISTÓRIA HOJE, BOLSA, ANIVERSÁRIOS MUNICIPAIS, APROVEITE E ASSINE O BLOG POR E-MAIL. ACESSE CLICANDO AQUI
Segundo o Estadão, a queda da Bovespa aconteceu “em sintonia com o sinal negativo vindo de Nova York”. De acordo com o jornal paulista “se, nos EUA, as preocupações foram pela falta de estímulos fiscais e a contaminação por covid-19 de Trump, por aqui, investidores seguem temerosos sobre como o governo vai financiar um novo programa de auxílio em 2021”.
De acordo com a Isto é, “a sexta-feira, 2, foi de aversão a risco em Nova York e também na B3, onde o Ibovespa fechou em baixa de 1,53%, aos 94.015,68 pontos, tendo oscilado entre mínima de 93.896,61 e máxima de 95.995,70 pontos, uma variação de cerca de 2.100 pontos do piso ao teto da sessão”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.