Produção audiovisual de João Pessoa ganha asas pela Lei Aldir Blanc

50 projetos do audiovisual de João Pessoa, contemplados na Lei Aldir Blanc, estão sendo concretizados, revelando a importância da norma legal

A Fundação Cultural de João Pessoa está firmando parceria com o Polo de Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais, que fica no município de Cataguases, para fomentar a produção audiovisual local, mas enquanto os próximos passos são acertados, a produção não para. Os 50 projetos audiovisuais contemplados pela Lei Aldir Blanc estão sendo concretizados, enriquecendo a produção deste setor e contribuindo para que o trabalho tenha seguimento.

“Essas produções mostram o valor que tem a Lei Aldir Blanc para cobrir esse momento da pandemia da covid-19, mas, sobretudo, para revelar a intensidade e o valor do nosso audiovisual. Nós temos grandes potencialidades nessa área e a Funjope está atenta, com um olhar sensível a esses produtores. Vamos trabalhar para que todos tenham as melhores condições para realizar suas produções mesmo durante o processo da pandemia”, ressaltou o diretor-presidente da Funjope, Marcus Alves.

O documentário Encontro de Batuques da Paraíba, que tem à frente a arte-educadora e produtora cultural Ângela Gaeta, é um dos projetos audiovisuais em fase de finalização e, em breve, será exibido pela plataforma Youtube. O lançamento do projeto está previsto para o próximo mês.

“Estamos bem felizes, porque está sendo possível, através da Lei Aldir Blanc, fazer a produção de um material que trata da cultura paraibana e terá duração entre dez e 15 minutos”, disse. O evento é uma realização do ponto de cultura Maracastelo e será distribuído entre grupos de cultura popular para que eles façam a divulgação do próprio trabalho registrado nas imagens.

Mas iniciativas

Entre as demais produções, estão iniciativas como ‘Pelas ruas históricas da cidade’, de Otacílio Lima Filho; ‘Moã – Mostra de Cinema Negro e Indígena’, produzido pela Associação Cultural e Recreativa Anjo Azul; a webserie ‘(A) Normalidade, com episódios transmitidos pelas plataformas Youtube e Instagram; ‘Cinema Retalho’, de Lucas Firmino da Silva.

Na lista, estão também ‘Aqueles que estamos esquecendo’, de Reginaldo Barboza de Lima; ‘180 – Histórias de Ferminicídios na Paraíba’, de Ana Isaura Dinniz; ‘Siri na lata’, de Gulherme Schmitt; Penha, da Cabradabra Produção de Filmes Ltda.; Brincando na Roda dos Saberes’, de Djavan Antério de Lucena Santos; ‘Pisada Portal – A Paraíba na música de Cátia de França’, da Carambola Produções Artísticas, entre outros.

Texto: Lucilene Meireles

Edição: Neide Donato

Da redação do Para Onde Ir com informações da Secom-JP

Nas Águas dos Potiguaras - ebook - praias de João Pessoa e Cabedelo, no litoral paraibano. Deixe o email e FAÇA O DOWNLOAD. 

Related Posts
Projetos culturais aprovados em João Pessoa destacam Lei Aldir Blanc
Na área de dança e artes visuais, são 21 projetos culturais, sendo 9 de artes visuais e 12 projetos de dança sobre temas e formatos diversos Enquanto os municípios pedem a ...
READ MORE
PB: Começa nesta sexta, 26, Mostra Feminina de Artes Cênicas
Programação da Mostra Feminina de Artes Cênicas integra as comemorações do Mês das Mulheres na Paraíba Em um formato diferente dos anos anteriores e com transmissão pelo YouTube da Funesc, começa ...
READ MORE
Como a cidade de Ceilândia se diferencia no Distrito Federal
Ceilândia, local onde a turma do Nordeste, que reside no Distrito Federal, se encontra em maior número, agora tem o reconhecimento como Capital da Cultura Nordestina no DF. Com efeito, ...
READ MORE
BTS ou Bangtan Boys ou Beyond The Scene
Sérgio Botêlho Há um fenômeno pop em ascensão no mundo, que, junto com ele, vem carregando o seu país de origem a reboque, para o bem da cultura e da economia ...
READ MORE
Photo by thiago japyassu on Pexels.com
Aldo Leone viaja pelo Brasil desde junho de 2020; maior autoridade da Agaxtur, o Executivo anotou imagens e qualidade do serviço Empresário e CEO da operadora de turismo Agaxtur, Aldo Leone ...
READ MORE
Praia de Jacumã: da Pedra do Amor aos júbilos coletivos em alto astral
Sérgio Botêlho - Vizinha à Pedra do Amor, para o lado direito, se encontra uma praia entre as mais badaladas do Litoral Sul: a Praia de Jacumã. Pertence a um ...
READ MORE
Bica: submissão humana à natureza em instante de sublime lucidez
Sérgio Botêlho - A cidade de João Pessoa foi muito mimada pela natureza. Há por todas as partes de sua geografia predominantemente urbana exemplos magníficos dos mimos que lhe sobraram ...
READ MORE
Praia de Coqueirinho. Crédito da foto: http://ipamconde.pb.gov.br/
Sérgio Botêlho - A Praia de Coqueirinho, segundo seus frequentadores, é mania que dá e não passa. O amor é muito grande e tem explicação. Afinal, suas águas e areias ...
READ MORE
João Pessoa assiste evento de repentistas e poetas nesta quarta, 3
A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) exibe, nesta quarta-feira (3), o quarto programa com os melhores momentos da temporada 2020 do De Repente na Rede, atração que presta uma ...
READ MORE
Em 9 de março de 1842 Verdi estreia Nabucco, no Scala de Milão
Ópera, tida como de inspiração nacionalista, Nabucco foi escrita no período em que se buscava a unificação da Itália; Va pensiero é ponto alto Em 1842 o compositor italiano Giuseppe Verdi, ...
READ MORE
Projetos culturais aprovados em João Pessoa destacam Lei
PB: Começa nesta sexta, 26, Mostra Feminina de
Como a cidade de Ceilândia se diferencia no
Coreia do Sul: BTS ou Beyond The Scene
CEO da Agaxtur se diz “impressionado” com João
Praia de Jacumã: da Pedra do Amor aos
Bica: submissão humana à natureza em instante de
Praia de Coqueirinho: doce paraíso internacional no litoral
João Pessoa assiste evento de repentistas e poetas
Em 9 de março de 1842 Verdi estreia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.