Princesa Isabel respira história por todos os poros da cidade

Cidade que já foi proclamada Território Livre, Princesa Isabel, na Paraíba, foi cenário de episódios históricos nacionalizados

Caminhar pelas ruas de Princesa Isabel provoca inevitavelmente uma vibração diferente. Principalmente, se o cidadão souber um pouco da história daquela cidade paraibana do semiárido, na região da Serra do Teixeira.

Princesa Isabe.
Crédito da foto: Câmara Municipal de Princesa Isabe.

Um dia, as oligarquias locais, sob o comando do mítico coronel José Pereira, em confronto com o governo da Paraíba, na presidência de João Pessoa, estabeleceram que a partir de então (a data foi 28 de fevereiro de 1930) ficava estabelecido o Território Livre de Princesa, vinculado diretamente ao governo federal, com sede no Rio de Janeiro.

Não é preciso dizer o banzé que a proclamação unilateral provocou nas hostes políticas do estado e do país. O fato é que a guerra estabelecida a partir daí foi ruidosa e sangrenta, terminando com a derrota dos revoltosos, a partir de decisão do então presidente da República, Washington Luiz, que nutria certa simpatia pela causa de Princesa, o que somente aconteceu após a morte de João Pessoa, em julho de 1930, por outros motivos.

Repercussão

O fato, contudo, não passou em brancas nuvens tanto no plano nacional quanto no internacional. O Território Livre de Princesa, que na época abrangia as áreas dos atuais municípios de São José de Princesa e Manaíra, foi notícia no mundo inteiro.

A partir de então, não são poucas as linhas já escritas em artigos históricos e livros, na imprensa nacional e internacional, afora produções cinematográficas, que retratam a também chamada Guerra de Princesa. Lembrando que a República de Princesa, como é exaltadamente chamado o Território Livre de Princesa, teve seu próprio hino e bandeira, afora ministros.

Além das emanações e dos prédios históricos, visitar Princesa Isabel representa o contato direto e inesquecível com a Serra do Teixeira, e o Pico do Papagaio, ponto mais alto da região, de onde é possível vislumbrar um cenário natural bastante singular, na Paraíba.

Viagem inesquecível!

RELAÇÃO DOS 5.570 MUNICÍPIOS BRASILEIROS, COM RESPECTIVAS DATAS DE ANIVERSÁRIO

Videos:

 

 

 

 

DESTAQUES DA GRANDE MÍDIA IMPRESSA

Nas Águas dos Potiguaras - ebook - praias de João Pessoa e Cabedelo, no litoral paraibano. Deixe o email e FAÇA O DOWNLOAD. 

Related Posts
Facebook
Sérgio Botêlho - À direita da PB-011, que vai da BR-101 a Forte Velho, dentro do município de Santa Rita, existe a Capela de Santana do Gargaú, bastante deteriorada, mas ...
READ MORE
Igreja da Conceição, em Sapé: recanto de fé e respeito à história
Sérgio Botêlho - A atual Igreja da Conceição, em Sapé (terra do poeta Augusto dos Anjos), foi inteiramente concluída, com a atual fachada, nos idos de 1929, portanto, há quase ...
READ MORE
Bananeiras: clima de serra, casario preservado e muita história
Parte do perímetro frio da Paraíba, Bananeiras transpira simpatia e cenários típicos de ricas épocas de domínio do café e da cana de açúcar Numa época em que sequer o trem ...
READ MORE
Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, no Poço: muita história a contar
Sérgio Botêlho - A pequena Igreja de Nossa de Nazaré, na Praia do Poço, distrito de Cabedelo, já tem mais de século de história. No entanto, ela revive outro templo ...
READ MORE
Pombal: poesia urbana de inestimável valor histórico e cultural
Desde 04 de abril de 2002 que Pombal tem o seu centro histórico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep). Não, sem um certo ...
READ MORE
Vale dos Dinossauros: destaque pré-histórico do Sertão paraibano
Em Sousa, no Sertão Paraibano, o destaque é pré-histórico, na forma do Vale dos Dinossauros, momento singular no roteiro turístico estadual A descoberta na região do Rio do Peixe, mais precisamente ...
READ MORE
Centro Histórico de Mamanguape: um dos retratos da história paraibana
A povoação da região do município de Mamanguape, a partir da foz do rio do mesmo nome, remonta mesmo ao início das visitas estrangeiras ao litoral paraibano, mais precisamente franceses ...
READ MORE
Foto: Google
Sérgio Botêlho - Começámos, nesta segunda-feira, 09, nossos registros, aqui no Para Onde Ir, sobre as duas capelas com referência à história da luta contra os holandeses. Desta feita, cumpre abordar ...
READ MORE
Crédito: Prefeitura de Pedras de Fogo
Sérgio Botêlho - A Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Pedras de Fogo, é obra religiosa cuja conclusão data de finais do século XIX. Para não fugir da regra, ...
READ MORE
Importante ponto turístico e cultural de João Pessoa está em recuperação
Prefeitura da capital promove recuperação de importante ponto turístico e cultural de João Pessoa que, em breve, estará pronto como atração O Centro Cultural Casa da Pólvora, um dos mais importantes ...
READ MORE
Capela de Santana do Gargaú: muita história coberta
Igreja da Conceição, em Sapé: recanto de fé
Bananeiras: clima de serra, casario preservado e muita
Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, no Poço:
Pombal: poesia urbana de inestimável valor histórico e
Vale dos Dinossauros: destaque pré-histórico do Sertão paraibano
Centro Histórico de Mamanguape: um dos retratos da
Capela de Nossa Senhora da Batalha: referência histórica
Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Pedras
Importante ponto turístico e cultural de João Pessoa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.