Pandemia na Paraíba: municípios têm novos disciplinamentos

 Diário Oficial do Estado (DOE) publica novo decreto que disciplina o funcionamento de atividades por conta da pandemia na Paraíba

O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (19) publica o novo decreto que disciplina o funcionamento das atividades na Paraíba entre os dias 20 de maio e 2 de junho. As diretrizes levam em consideração os dados divulgados pela 25ª avaliação do Plano Novo Normal que apontou um aumento da transmissibilidade do coronavírus no estado e a elevação de internações diárias, que tem sobrecarregado o sistema de saúde, mesmo diante dos mais de 1.230 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e de enfermaria destinados exclusivamente aos pacientes diagnosticados com a Covid-19. Com isso, os municípios classificados em bandeira amarela deverão manter as orientações do decreto vigente. Já as cidades com bandeira laranja ou vermelha deverão ampliar as restrições para evitar uma maior contaminação pelo novo vírus. 

A partir da próxima quinta-feira (20), os bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência situados em municípios com bandeiras laranja e vermelha poderão atender das 6h às 16h em suas dependências. Após esse horário, ficarão liberados os serviços de delivery e de retirada do produto em loja. Nos municípios com bandeira amarela, o atendimento continua das 6h às 22h, com ocupação de 30% da capacidade do local e de até 50% da capacidade com a utilização de áreas abertas, podendo ocorrer a redução no horário de atendimento presencial para o mesmo patamar dos classificados com bandeira laranja e vermelha, caso os índices de ocupação de UTI adulto atinja ou supere os 80%. 

Durante o período de vigência do decreto também fica impedido o funcionamento de cinemas, museus, teatros, circos, casas de festas, centros de convenções, salas de espetáculos, bem como a realização de eventos sociais, congressos, seminários, conferências, shows e feiras comerciais em todo o território estadual, cabendo aos municípios a adoção de medidas mais restritivas de acordo com a realidade local. 

Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e as atividades da construção civil poderão ocorrer das 6h30 às 16h30. Os shoppings centers e centros comerciais deverão obedecer ao horário de funcionamento das 10h às 22h, ficando limitado o atendimento presencial dos bares e restaurantes das 6h às 16h nos municípios classificados nas bandeiras vermelha e laranja. Já as lanchonetes poderão atender até às 22h, ficando vedada a comercialização de bebidas alcóolicas a partir das 16h. 

Seguem liberados para funcionamento salões de beleza, academias; instalações de acolhimento de crianças, a exemplo de creches; hotéis; pousadas;  call centers; e indústrias observando todos os protocolos elaborados pela Secretaria Estadual de Saúde e pelas Secretarias Municipais de Saúde. 

Nos municípios com bandeiras vermelha e laranja, as missas, cultos e cerimônias religiosas presenciais poderão ocorrer, com ocupação de 30% da capacidade do local, podendo chegar a 50% da capacidade com a utilização de áreas abertas nos municípios que estejam na bandeira amarela, permanecendo as ações de assistência social e espiritual, bem como as atividades de preparação, gravação e transmissão das celebrações. 

As escolas e instituições privadas dos ensinos superior e médio e as escolas das redes públicas estadual e municipais funcionarão exclusivamente através do sistema remoto. Já as escolas e instituições privadas dos ensinos infantil e fundamental poderão funcionar através do sistema híbrido e as aulas práticas para os alunos concluintes dos cursos superiores poderão ser realizadas presencialmente, assim como atividades para os alunos com transtorno do espectro autista (TEA) e pessoas com deficiência. 

As atividades presenciais nos órgãos e entidades vinculadas ao Poder Executivo Estadual ficarão suspensas no período de vigência do decreto, à exceção das  Secretarias de Saúde, Segurança e Defesa Social, Administração Penitenciária, Desenvolvimento Humano, Fazenda, Secretaria de Comunicação, Cagepa, Fundac, Detran, Codata, Docas e PBGÁS. 

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) e os órgãos de vigilância sanitária municipais, as forças policiais estaduais, os Procons estadual e municipais e as guardas municipais ficarão responsáveis pela fiscalização do cumprimento das normas estabelecidas no decreto. O descumprimento sujeitará o estabelecimento à aplicação de multa e poderá implicar no fechamento em caso de reincidência, que pode compreender períodos de sete a catorze dias, e na aplicação de multas que podem chegar a R$ 50 mil. 

Uso de máscaras

Permanece obrigatória no estado a utilização das máscaras nos espaços de acesso aberto ao público, incluídos os bens de uso comum da população, vias públicas, no interior dos órgãos públicos, nos estabelecimentos privados e nos veículos públicos e particulares, inclusive ônibus e táxis, cabendo aos órgãos públicos, aos estabelecimentos privados e aos condutores e operadores de veículos a exigência do item.

Da redação do Para Onde Ir com informações da Secom-PB 

Related Posts
Igreja de Nossa Senhora do Bom Conselho-Esperança-PB. Crédito: Pascom-CNBB
Sérgio Botêlho - Padroeira da cidade de Esperança, no Brejo Paraibano, Nossa Senhora do Bom Conselho é festejada em dois tempos na cidade. A primeira festa começa, por assim dizer, ...
READ MORE
Jampa: prefeitáveis debaterão sobre turismo; Para Onde Ir acompanhará
Sérgio Botêlho - Jampa: com a participação das principais entidades empresariais e profissionais do turismo, o Convention Bureau pessoense promoverá, a partir desta terça-feira, 29, debates com os candidatos a ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
Cloroquina, hidroxicloroquina e ivermectina, do kit Covid, causam efeitos colaterais; há casos de hepatite, exigência de transplante e mortes Segundo relata matéria publicada pelo jornal Estado de São Paulo (Estadão), o ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
Governador prorroga isolamento social, no Ceará, até dia 31 de maio, com manutenção do lockdown na capital. O anúncio foi feito em conjunto com o prefeito Roberto Cláudio. Como novidade, o ...
READ MORE
Igreja da Guia: Crédito da foto: Trilhas dos Potiguares - Governo da Paraíba
Sérgio Botêlho - Há, na Paraíba, mais precisamente no município de Lucena, um dos mais belos e emocionantes monumentos sacros, dos tempos coloniais do país, dedicados à fé católica: a ...
READ MORE
Praia de Tambaba. Crédito: Prefeitura Municipal do Conde
Sérgio Botêlho - Tambaba, no município do Conde, provavelmente é a praia paraibana mais conhecida em todo o mundo. Assim como o pôr do sol de Jacaré, a fama de ...
READ MORE
Foto: Edson Matos, de A União
O tema do primeiro Aldeia Digital será "Corpo Território: a arte como espaço das lutas indígenas na Paraíba" "E índio tem smartphone?" Ora essa! Não só tem, como está em rede! ...
READ MORE
Festa de Santa Terezinha: fé e tradição no Bairro do Roger
Sérgio Botêlho - O dia 1º de outubro marca a realização de uma das festas mais tradicionais do Bairro do Roger, em João Pessoa, dia dedicado a Santa Terezinha do ...
READ MORE
Bananeiras: clima de serra, casario preservado e muita história
Parte do perímetro frio da Paraíba, Bananeiras transpira simpatia e cenários típicos de ricas épocas de domínio do café e da cana de açúcar Numa época em que sequer o trem ...
READ MORE
Medidas do governo estadual auxiliam segmentos econômicos da Paraíba
Segmentos econômicos da Paraíba mais favorecidos por decisões do governo estadual são bares, restaurantes, lanchonetes e indústrias O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (22), uma série de medidas econômicas para ...
READ MORE
Nossa Senhora do Bom Conselho tem festa dupla
Jampa: prefeitáveis debaterão sobre turismo; Para Onde Ir
Relato médico: Kit Covid está matando ou provocando
Governador prorroga isolamento, com lockdown na capital
Igreja de Nossa Senhora da Guia: obra colonial
Tambaba: nudismo em praia paradisíaca e protegida por
Aldeia Digital, da Funesc, tem início nesta terça-feira,
Festa de Santa Terezinha: fé e tradição no
Bananeiras: clima de serra, casario preservado e muita
Medidas do governo estadual auxiliam segmentos econômicos da

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.