Indústria da moda brasiliense se organiza para o pós-pandemia

00

Setor participa de ciclos de debates visando o ambiente da pós-pandemia para a indústria da moda brasiliense

O segmento de moda do Distrito Federal foi o primeiro a participar do ciclo de debates promovidos pelo Fórum Econômico Pós-Pandemia, idealizado pelo Governo do Distrito Federal em parceria com o setor produtivo para buscar soluções que permitam a retomada da economia. Recentemente, representantes da Fecomércio-DF, Fibra, CDL e Sebrae discutiram futuras ações com a Secretaria de Economia com o Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental.

A coordenadora da Câmara de Economia Criativa da Federação, Caetana Franarin, representou a Fecomércio-DF. “Levantamos várias demandas do setor de moda que, futuramente, serão entregues ao governador Ibaneis Rocha para que esse segmento consiga se reestruturar com auxílio de políticas públicas”, explicou.

Segundo Franarin, a Câmara de Economia Criativa sugeriu algumas medidas, como investimento e qualificação profissional para toda cadeia produtiva da moda brasiliense, desde a indústria até o varejo, além de campanha de valorização do produtor local, incentivando o consumo de moda autoral e de quem a produz na cidade. “Todos os setores que participaram da reunião também pediram mais disponibilidade de crédito e financiamento via banco público, ou do próprio governo”, detalhou.

Para a coordenadora da Câmara de Economia Criativa, é muito importante o diálogo coletivo e a construção de medidas em grupo para que nada fique de fora do pacote que deve ser anunciado ao fim desse processo. “Estamos muito confiantes de que o resultado disso tudo será bastante positivo”.

A proposta do Fórum Econômico Pós-Pandemia é elevar a análise do cenário atual e futuro com base nos dados estatísticos e de vivência do setor produtivo. “Nosso suporte como Estado começa na hora do planejamento, não só da entrega. Setores produtivo e academia estão juntos para entenderem o que é urgente: de curto, médio e longo prazo. A forma de apresentar e organizar pode viabilizar a entrega e priorizar as ações”, disse o secretário de Economia do DF, André Clemente.

Rose Rainha, diretora do Sebrae e secretária-executiva do Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental do DF enalteceu a iniciativa e falou da preocupação de se pensar o agora. “Nossa intenção é apresentar ações em diversas reuniões com representantes de todos os setores produtivos. Esse Fórum vem para deixar o setor produtivo da nossa cidade cada vez mais unido”, declarou.

O Fórum Econômico abordará três níveis de debate: tempo de falar; tempo de ouvir; e tempo de agir. O primeiro traz painéis temáticos, com reflexões analíticas sobre o Mundo e o Brasil, com exposições quinzenais no programa “Tempo de Economia”, da SEEC, com estudo de dados e indicadores setoriais e globais. No segundo momento, os representantes dos setores produtivos irão se reunir para debater ações em oficinas guiadas por consultores.

Edição: Sérgio Botêlho

Da redação do Para Onde Ir, com informações da Fecomércio-DF

Related Posts
BTS ou Bangtan Boys ou Beyond The Scene
Sérgio Botêlho Há um fenômeno pop em ascensão no mundo, que, junto com ele, vem carregando o seu país de origem a reboque, para o bem da cultura e da economia ...
READ MORE
Conjunto Arquitetônico São Francisco
Sérgio Botêlho - O cenário tem o efeito das paisagens corriqueiras da cidade de João Pessoa, na Paraíba, para os residentes na cidade. Por ali transitam, diariamente, centenas de pessoas ...
READ MORE
Quadrinistas nordestinos são foco do Painel Funesc desta terça, 20
‘Quadrinhos Intuados’ é tradicional encontro de quadrinistas nordestinos que acontecia normalmente em agosto  A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza nesta terça-feira (20), a partir das 19h, mais uma edição ...
READ MORE
Nássara, chargista e compositor, nascido em 11 de novembro de 1910
Nesse domingo, 10, falámos sobre a criação da revista O Cruzeiro. Nesta segunda-feira, 11, vamos falar de um artista que contribuiu por alguns anos para o sucesso da revista. Falo ...
READ MORE
Foto: Biblioteca do IBGE
Sérgio Botêlho - A conturbada história dos jesuítas - não apenas na Paraíba, mas no Brasil inteiro, em virtude da indisposição da Coroa para com a Ordem - deixou marcas ...
READ MORE
Mestre Pastinha morreu em 13 de novembro de 1981
Sérgio Botêlho Falecido na capital baiana, a 13 de novembro de 1981, pobre e esquecido, Mestre Pastinha nasceu na mesma Salvador em 05 de abril de 1889. Aliás, no mesmo ano ...
READ MORE
ONU divulga guia com orientação favorável à igualdade de gêneros
Perto de completar dez anos, o guia “Orientações Técnicas de Educação em Sexualidade”, voltado para legisladores que trabalham na elaboração de currículos escolares no mundo todo, teve esta semana sua ...
READ MORE
Ouro Preto vai respirar cinema por seis dias, no início de junho, na 14ª CineOP
O cinema vai transformar a histórica cidade de Ouro Preto, antiga capital de Minas Gerais em centro de atenção cultural, durante seis dias, a partir de 05 de junho próximo, ...
READ MORE
Secult divulga eleitos no Conselho Estadual de Política Cultural
Resultado final das eleições do Conselho Estadual de Política Cultural foi divulgado pela Secretaria de Estado da Cultura O resultado final das eleições do Conselho Estadual de Política Cultural (Consecult) foi ...
READ MORE
Vai começar mais um Maior São João do Cerrado
Entre os dias 09 e 11 de agosto acontece, em Brasília, o Maior São João do Cerrado, um grande palco da cultura nordestina em pleno Planalto Central, inteiramente voltado para ...
READ MORE
Coreia do Sul: BTS ou Beyond The Scene
João Pessoa: harmonia e graça numa das igrejas
Quadrinistas nordestinos são foco do Painel Funesc desta
Nássara, chargista e compositor, nascido em 11 de
Palácio e Faculdade de Direito, em Jampa: conjunto
Mestre Pastinha morreu em 13 de novembro de
ONU divulga guia com orientação favorável à igualdade
Ouro Preto vai respirar cinema por seis dias,
Secult divulga eleitos no Conselho Estadual de Política
Vai começar mais um Maior São João do

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.