Lei Aldir Blanc: Funjope retoma calendário de reuniões

Objetivo das reuniões na Funjope é discutir como serão utilizados os recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc, em João Pessoa

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) retoma, nesta terça-feira (13), o calendário de reuniões com os diversos grupos de cultura e artes da cidade com o objetivo de discutir como será a utilização dos recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc. Desta vez, serão envolvidos representantes do segmento das culturas populares e artesanato.

“Temos feito um trabalho continuado de estar sempre conversando com os grupos de cultura, associações e fóruns. Hoje não se constrói uma política de cultura que não seja baseada no diálogo. O trabalho da Funjope tem sido nesse sentido. Por isso, aproveitamos a Lei Aldir Blanc para garantir esse espaço da consulta pública com a sociedade civil e com a comunidade de artistas”, declarou o diretor-presidente da Funjope, Marcus Alves.

O último encontro aconteceu no dia 8, com os setores de livro, leitura, literatura e bibliotecas. As reuniões começaram na terça-feira (6), com os representantes da música. Na quarta-feira (7), reuniram-se os representantes do segmento audiovisual.

Além de Marcus Alves, participam das reuniões o diretor de Culturas Populares da Funjope, Mô Lima; Antônio Alcântara, diretor de Ação Cultural da Funjope; o chefe de cada divisão envolvida no encontro, além de representantes dos artistas.

Calendário

A próxima reunião será nesta quarta-feira (14) com o segmento de eventos de calendário permanente, como Carnaval e São João. Em seguida, o encontro agendado será com os representantes do teatro e circo (15); dança (20); artes visuais/fotografia (21); e comunidades tradicionais e patrimônio histórico e cultural (22). A série de reuniões será encerrada com os movimentos LGBTQIA+, negros e negras e pessoas com deficiência, no dia 27.

Da redação do Para Onde Ir com informações da Secom-JP

You may also like

Leave a Reply