Lajedo do Pai Mateus: magia no entardecer do Cariri Paraibano

Há encantamentos em toda a geografia da Paraíba e, entre eles, o Lajedo do Pai Mateus, no Cariri Paraibano, merece destaque especial

Sérgio Botêlho – Conforme diz a lenda, um ermitão chamado Pai Mateus tanto se encantou daquela formação de pedra encravada no Cariri Paraibano que decidiu morar ali pelo resto de sua vida. Tinha ele razão, pois o local é belo e de uma magia natural espetacular.

Lugar de pouca chuva, grande parte da água de beber na região acaba depositada justamente nos lajedos, e por ali permanece aos cuidados dos seres humanos, entre uma aguada e outra. O Cariri Paraibano está localizado no semiárido, em meio ao difícil bioma da Caatinga, somente não pior, no quesito água, do que o deserto.

Não há visitante que não fique impactado com o cenário quase etéreo do Lajedo de Pai Mateus. Inscrições rupestres revelam quem sabe manifestações poéticas indígenas naturalmente encantados com a transcendência da beleza local, Por lá viviam as tribos Cariris.

A primeira impressão que se tem do Lajedo – uma das atrações mais fortes para quem visita a cinematográfica cidade de Cabaceiras, a cerca de 20 quilômetros – è a de se estar chegando a um cenário intocável. A bucólica, seca, quente, extensa e misteriosa paisagem acaba nos conduzindo a sensações de impenetrabilidade misteriosa e inquietante.

Não gratuitamente, portanto, o Lajedo tem servido de cenário a produções audiovisuais, da iniciativa da Rede Globo de Televisão, já habituada a usar o panorama da região, polarizada pela cidade de Cabaceiras, para suas séries, filmes e novelas.

Características

Conforme explica tecnicamente a PB-Tur, por meio do portal destinoparaiba.pb.gov.br, “o Lajedo do Pai Mateus é uma elevação rochosa de 1km quadrado, no formato de um ‘prato de sopa’ invertido, sobre a qual estão dispostos cerca de 100 imensos blocos arredondados de granito, formando uma das paisagens mais inusitadas e belas do planeta. Das poucas regiões do mundo com características geológicas semelhantes (Devil’s Marbles no Outback Australiano, Erongo Mountains na Namíbia e a região do Hoggar na Argélia ) esta é sem dúvida a mais bonita e intocada”.

 

 

 

You may also like

Comente