DIGNIDADE MENSTRUAL: Governo da Paraíba atenderá 700 mil pessoas

A Paraíba iniciou o processo de regulamentação da Lei do Programa de Dignidade Menstrual sancionada pelo governador João Azêvedo

Serão atendidas cerca de 700 mil pessoas – adolescentes, mulheres e homens trans – que terão direito aos absorventes e coletores menstruais com distribuição gratuita.

A entrega mensal de um pacote com 24 unidades para as beneficiadas será nas unidades básicas de saúde da família e na rede de assistência social, nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Estaduais de Assistência Scial (Creas) e terá início ainda este ano. A Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana está coordenando o programa do governo do Estado junto com as Secretarias de Desenvolvimento Humano, Saúde e Educação.

Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura, durante reunião, nesta quinta-feira (7), entre Secretarias da Mulher, Educação, Saúde, Desenvolvimento Humano, Fazenda, Planejamento, Controladoria e Procuradoria Geral do Estado, foram definidos os detalhes da regulamentação do programa Dignidade Menstrual.

“Além de identificarmos a quantidade de pessoas em estado de vulnerabilidade, via cadastro no CadÚnico, que terão direito aos absorventes e coletores menstruais, definimos que o programa será alocado na Saúde e será tratado como questão de saúde pública. Infelizmente o governo federal vetou a proposta para atender mulheres de todo o Brasil e os custos na Paraíba, que poderá chegar até R$ 20 milhões por ano, serão do Tesouro Estadual. A entrega do absorvente será feita nas unidades básicas de saúde da família e na rede de assistência, Cras e Creas estaduais e municipais”, disse Lídia Moura.

A lei que institui e define diretrizes para o Programa  Estadual Dignidade Menstrual foi sancionada pelo governador João Azevêdo e publicada no Diário Oficial no dia 15 de setembro. O programa amplia o acesso ao absorvente que já é distribuído para mulheres atendidas no serviço da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, como a Casa Abrigo, e no Sistema Prisional. A pobreza menstrual no Brasil acomete cerca de 23% das adolescentes de 15 a 17 anos, com consequências que afetam a saúde física e mental destas mulheres jovens, aumentando a desigualdade de gênero e prejudicando o desempenho escolar.

Terão direito ao Programa Estadual Dignidade Menstrual:  adolescente, mulher em idade reprodutiva ou em processo de climatério e menopausa; homens trans. Outros critérios são: ter renda de um salário mínimo por família; estar em situação de rua; estar inserida em programas sociais do governo federal ou estadual; ser estudante da rede de ensino público e ser de comunidades tradicionais e povos originários.

Edição de SEO no Para Onde Ir: Sérgio Botêlho, com informações da Secom-PB 

Related Posts
Rebeca Andrade - foto Miriam Jeske COB
Rebeca Andrade ganha destaque na imprensa internacional como uma das estrelas do Mundial de Kitakyushu Rebeca Andrade logo foi destacada pela imprensa internacional como uma das estrelas do Mundial de Kitakyushu. ...
READ MORE
PF mostra grilagem de 15 mil ha em terra de índios
Descoberta foi feita durante Operação VerdeBrasil em Altamira, no Pará15 mil hectares pertencentes à Terra Indígena Ituna Itatá,em Altamaria-PA, estão em processo de iminente grilagem, segundo identificou aPolícia Federal, em ...
READ MORE
Festa do Rosário. Foto: Iphan
Festa do Rosário, em Pombal, garante tradição secular das irmandades dos pretos, de todo o BrasilFesta do Rosário, em Pombal. Foto: IphanInicialmente difundida na África, pelos portugueses, com o objetivo ...
READ MORE
Época, Isto É e Veja
De comum, nas três principais revistas do país, o foco nas eleições 2018. Em matéria com chamada de capa, a Veja avalia a situação dos tucanos (a revista fala em ...
READ MORE
Centro Histórico de João Pessoa: Setur e Iphan estudam ação conjunta
Secretaria de Turismo e Iphan discutem ações conjuntas de revitalização para movimentar o Centro Histórico de João Pessoa O Centro Histórico de João Pessoa é uma das prioridades da gestão do ...
READ MORE
Azul Conecta. Foto: Divulgação
A Azul lançou oficialmente nesta terça-feira, 11, a Azul Conecta. Essa será a nova denominação da TwoFlex, que foi comprada pela companhia em janeiro deste ano, e atuará na aviação ...
READ MORE
Brasília - Parte das drogas e dinheiro apreendidos pela Polícia Civil do DF na operação “Delivery”, contra o tráfico de drogas durante o carnaval no Distrito Federal. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Mesada para Pezão, bens bloqueados de Picciani, desemprego e queixa de Temer sobre vazamentos são os destaques dos portais PORTAIS DE NOTÍCIAS: Manchete e destaques da hora de O Globo online: Pezão ...
READ MORE
Covid-19: morre Wilson Braga, 9 dias após a esposa, Lúcia Braga
Covid-19: morre Wilson Braga, 9 dias após a esposa, Lúcia Braga. Sérgio Botêlho. Recebo com muita tristeza a notícia da morte do ex-governador Wilson Braga. Enquanto, há 9 dias foi a ...
READ MORE
Paulo Freire semeou esperança e continua nos inspirando, exalta Azevedo
Governador João Azevedo posta mensagem no Twitter e homenagem ao Patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire Em homenagem ao professor Paulo Freire, Patrono da Educação Brasileira, o governador João Azevedo postou ...
READ MORE
Rafaela, de Piratininga, estado de São Paulo, dá show e vira cadeiras dos 4 jurados
Rafaela, de Piratininga, em São Paulo, de 10 anos, dá show e faz com que todos os jurados virem as cadeiras. Ela fica no time de Michel Teló. Cantar Alicia Keys ...
READ MORE
Rebeca está nas finais do Mundial de Kitakyushu,
PF mostra grilagem de 15 mil ha em
Pombal mantém tradição afro-brasileira secular na Festa do
Época, Isto É e Veja focam em temas
Centro Histórico de João Pessoa: Setur e Iphan
Azul Conecta chega na aviação sub-regional e quer
Mesada para Pezão, bens bloqueados de Picciani, desemprego
Covid-19: morre Wilson Braga, 9 dias após a
Paulo Freire semeou esperança e continua nos inspirando,
Rafaela, de Piratininga, estado de São Paulo, dá

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.