5 de setembro: Dia dos Irmãos

Dia dos Irmãos é uma data comemorativa em que se homenageia, agradece e festeja os irmãos; no Brasil, a escolha do dia 5 de setembro surgiu por iniciativa da Igreja Católica

Tem vocação universal, sendo uma festa semelhante ao Dia do Pai, ao Dia da Mãe ou ao Dia dos Avós. Procura assinalar o espírito destacado na deliberação instituidora: «o que vivemos entre irmãos é único, irrepetível, molda a nossa vida para sempre.»

SAIBA MAIS SOBRE EFEMÉRIDES, DESTAQUES DO DIA A DIA

É celebrado um pouco por todo o mundo em diferentes datas.

Na Europa, o Dia dos Irmãos celebra-se a 31 de maio, conforme foi instituído por deliberação da Assembleia Geral da Confederação Europeia das Famílias Numerosas (ELFAC) em 18 de setembro de 2014. Anteriormente, a ELFAC já tinha feito o primeiro lançamento experimental, a 31 de maio do mesmo ano.

A ELFAC tem membros nos seguintes países europeus: Alemanha, Áustria, Chipre, Croácia, Eslováquia, Espanha, Estónia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Letónia, Lituânia, Portugal, República Checa, Roménia, Sérvia, Suíça e Ucrânia. Mas a adesão à data e ao espírito do 31 de maio está aberta a qualquer outro país europeu ou não-europeu.

Nos Estados Unidos da América, celebra-se a 10 de abril, como National Siblings’ Day. Encontram-se também outras menções ao último sábado de março e a 2 de maio. Estas duas últimas datas aparentam não ter qualquer carácter oficial, nem suficiente consistência institucional. Já as comemorações do 10 de abril, desenvolvidas a partir da Siblings Day Foundation têm ganho adesão contínua e, ano após ano, consolidam-se no planos social e no espaço público.

A celebração do Dia dos Irmãos – também referido, nas diferentes línguas, como Dia do Irmão ou Dia dos Irmãos e Irmãs – é bastante recente, diversamente de outras celebrações de cunho familiar, como os muito antigos Dia da Mãe e Dia do Pai.

No caso do Dia dos Irmãos, todas as iniciativas lançadas datam dos finais do século XX ou já do século XXI.

Nos Estados Unidos da América, a iniciativa de estabelecer o Dia dos Irmãos (National Siblings Day (NSD) a 10 de abril, todos os anos, partiu de uma nova-iorquina, Claudia Evart, que, tocada pela morte prematura dos seus dois irmãos, Alan e Lisette, ambos mais velhos, se mobilizou para instituir uma data para a celebração social e familiar dos laços especialmente fortes que existem entre irmãos e irmãs. Para o efeito, criou uma Fundação, a Siblings Day Foundation, reconhecida pela lei americana em 1997 e 1999. O 10 de abril tem crescido progressivamente em reconhecimento público nos EUA, destacando-se as Proclamações pelos Governadores de 49 Estados federados.

No Brasil, a escolha do dia 5 de setembro surgiu por iniciativa da Igreja Católica, homenageando o aniversário da morte da missionária Madre Teresa de Calcutá, a partir de 2007 – data em que passaram 10 anos sobre a sua morte. No contexto religioso, o sentido da palavra “irmão” está ligada ao “próximo”. O sentido e a oficialidade desta data são postos em dúvida por algumas fontes. Mas tem ganho difusão ao longo dos anos, no sentido de se aplicar a irmãos de família.

Na Europa, a ideia nasceu no ano de 2014, sendo lançada pela ELFAC – European Large Families Confederation. A data de 31 de maio foi escolhida por anteceder o Dia das Crianças (1 de junho) e ser o último dia do mês de maio, associado a celebrações familiares como o Dia da Mãe (em Portugal, no primeiro domingo de maio; nos Estados Unidos da América, no segundo domingo de maio) e o Dia Internacional da Família (15 de maio)[14], instituído por Resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas em 1993.

Fernando Ribeiro e Castro, que fundou e foi presidente da APFN e da Confederação Europeia de Famílias Numerosas (ELFAC, na sigla em inglês), falecido em março de 2014, é o autor da frase que foi escolhida como mote da comemoração deste dia na Europa: «Se queres ver uma criança feliz, dá-lhe um irmão. Se queres ver uma criança muito feliz, dá-lhe muitos irmãos», disse. A escolha da véspera do Dia das Crianças (1 de junho) para festejar o Dia dos Irmãos tem a ver com esta frase. No último dia do mês de maio, onde ocorrem outras celebrações ligadas à família, a véspera do Dia das Crianças é o dia certo para o Dia dos Irmãos simbolizar um modo de alegre anúncio de família às crianças pequenas.

O Dia dos Irmãos dispõe de um site na internet.

FONTE:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_dos_Irm%C3%A3os

 

You may also like

Comente