Destaques da Economia de 10.05.2022

Bolsas globais caem com temor de recessão após dados fracos da China. Aumento do diesel: tanqueiros de Minas indicam possibilidade de greve.Esses são os Destaques da Economia de 10.05.2022

“Bolsas globais caem com temor de recessão após dados fracos da China, e dólar fecha em R$ 5,15
Ibovespa fecha em queda de 1,8% e zera ganhos do ano. Guedes defende versão enxuta de reforma do IR com cobrança sobre super-ricos. *
Na Folha*.

“Com nova alta do diesel, governo estuda novo alívio para caminhoneiros. Ampliar correção da tabela do frete é uma das opções. Planalto quer reaproximação com a categoria, cada vez mais insatisfeita com o alto custo do combustível. Lideranças do setor conversam com integrantes de ministérios*No O Globo*.

“Centrão se mobiliza por projeto de R$ 100 bi de interesse do ‘rei do gás’. Carlos Suarez é sócio de oito distribuidoras. Governo vai zerar imposto de importação de aço e mais 10 produtos para aliviar preços. Corte no tributo deve ser anunciado na próxima quinta-feira e inclui produtos da cesta básica e da construção civil. Governo estuda subsídio ao diesel e alívio na conta de luz antes da eleição. Reforma tributária ‘enxuta’ deve prever taxação de lucros e dividendos em 10%.” *No Estadão*.

“Bradesco melhora previsão de PIB, mas eleva novamente previsão de inflação.” *No Correio Braziliense*.

“Petrobras reajusta o diesel, mas defasagem permanece. Estatal comunicou que aumentaria o preço médio do litro do diesel às distribuidoras de R$ 4,51 para R$ 4,91 e que vai manter o preço médio da gasolina. Depois do diesel, expectativa agora é com possível reajuste da gasolina. No mercado doméstico, o risco de problemas de suprimento na gasolina é menor, pois o produto pode ser substituto pelo etanol, diz Sérgio Araújo, presidente da Abicom. Alta do diesel aciona usina de ideias no governo. ‘Não podemos ficar quietos’, diz líder de caminhoneiros sobre aumento do diesel.” *No Valor Econômico*.

“Defasagem do diesel é de 11% após o reajuste, diz associação de importadores de combustíveis .” *No Zero Hora*.

“Guedes culpa Covid e guerra por não aumento do salário mínimo. Para Ministro da Economia, país está recuperando lentamente capacidade de investimento.” *No A Tarde*.

“Suape assina ordem de serviço para elaboração de Plano de Mobilidade do Cabo e de Sirinhaém”. No Diário de Pernambuco*.

“Aumento do diesel: tanqueiros de Minas indicam possibilidade de greve. Sindicato vai se reunir nessa semana. Aumento surpreendeu a categoria e causará alta de cerca de 20% nos custos operacionais”. No Estado de Minas.

Destaques da Economia na Grande Mídia

*Editoriais do dia*:

_*FOLHA*_

“Pela sexta vez. Discurso de Lula mistura abertura social e política com arcaísmo na economia”

*ESTADÃO*_

“Inflação acelerada, crescimento travado. A acelerada alta de preços torna difícil planejar os negócios, ampliar e modernizar a produção, manter o volume de vendas e atender às demandas salariais dos empregados.” 

*VALOR ECONÔMICO*_

“No ambiente, um ‘estado de coisas inconstitucional’. Resistência dos ministros nomeados por Bolsonaro reflete a importância que o governo dá para o desmantelamento das regras de vigilância.”

Bolsa de Valores

Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira, 09, em baixa de -1,79%, a 103.250 pontos. O dólar terminou o dia em alta de 1,58%, a R$ 5,15.

Destaques:

Leia: Destaques da Grande Mídia Impressa.

Notícias sobre Turismo

Sinopse de Economia Para Onde Ir Sérgio Botêlho

You may also like

Comente