90% dos empresários temem a crise hídrica e energética

Maior temor dos industriais é o aumento do custo da energia, por conta da crise hídrica e energética; 83% citam esta como maior preocupação

Nove em cada dez empresários estão preocupados com a crise hídrica. É o que mostra levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) junto a 572 empresas. De acordo com os dados, o maior temor dos industriais é o aumento do custo da energia – 83% apontaram esta como a principal preocupação. Outros 63% se dizem preocupados com o risco de racionamento e 61% com a possibilidade de instabilidade ou de interrupções no fornecimento de energia.

A consulta empresarial revela também que 98% dos empresários acreditam que haverá aumento dos preços da energia e 62% consideram que é provável ou certo que haverá racionamento ou restrições de fornecimento de energia em 2021. Entre os empresários que consideram que as tarifas de energia serão reajustadas, 14% acreditam que aumentará pouco, 37% moderadamente e 47% muito.

Os impactos da crise hídrica sobre o mercado de energia elétrica ocorrem em razão da limitação da geração das usinas hidrelétricas, que representam cerca de 60% da geração no Brasil e são as fontes mais baratas de energia do país.

“Há uma preocupação clara com o risco de racionamento e do aumento de custo da energia. Isso pode ter impacto na retomada da produção do segmento industrial, em um momento em que a indústria começa a recuperar a sua produtividade”, afirma o especialista em energia da CNI Roberto Wagner Pereira.

“Esperamos que as medidas que vêm sendo adotadas pelo governo surtam o efeito esperado, no sentido de minimizar o risco de racionamento e evitar aumento de custo, para que a indústria consiga se recuperar prontamente dos enormes impactos gerados pela pandemia”, acrescenta o especialista da CNI.

Investimentos em eficiência energética e autogeração

As principais medidas que os empresários disseram que adotarão em resposta à crise hídrica são a intensificação de investimentos em ações de eficiência energética (34%) e em autogeração/ geração distribuída de energia (26%).

Parte dos empresários também manifesta preocupação com a possibilidade de racionamento de água (34%), aumento no custo da água (30%) e na instabilidade ou interrupção no fornecimento de água (23%). Alguns empresários também manifestaram preocupação com o potencial de uma crise hídrica e energética de frear o crescimento econômico e prejudicar a recuperação da economia. 

Entre os empresários consultados, 22% afirmam que pretendem mudar o horário de funcionamento de suas empresas para reduzir o consumo de energia em horário de pico em resposta à crise hídrica. No entanto, quase dois terços das empresas consideram que implementar essa alteração de horário é difícil ou muito difícil.

Crise gera perda de competitividade

Outro dado que chama a atenção é que mais da metade (52%) dos empresários acreditam que a crise hídrica reduzirá a competitividade de suas empresas. Segundo os dados, 39% consideram essa situação provável e 13% dizem que a perda de competitividade ocorrerá com certeza.

Os empresários dos setores que consomem mais energia são exatamente aqueles que mais acreditam que a crise hídrica afetará a competitividade. Entre as empresas cujo custo de energia representa até 9% do custo total, 46% acreditam em perda de competitividade com a crise hídrica. Para aquelas em que o custo fica entre 10% e 19%, 60% consideram que a crise prejudicará a competitividade. Para aqueles em que o custo da energia excede 20%, 68% acreditam que haverá perda de competitividade.

Confira o levantamento na íntegra

Consulta CNI – Crise Hídrica.pdf (1,5 MB)

A consulta empresarial realizada pela CNI ouviu 572 empresas, sendo 145 de pequeno porte, 200 médias e 227 grandes. O campo foi realizado entre os dias 25 de junho e 2 de julho.

Edição: Sérgio Botêlho

Da redação do Para Onde Ir, com informações do Portal da Indústria 

Related Posts
Crédito da foto: Canva
Varejo tem pior Natal. Dólar põe empresas em dificuldade. Multiplicam-se atos de resistência a medidas de isolamento.  🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ Estado de calamidade Os governadores do Nordeste querem a prorrogação do estado ...
READ MORE
Boeing quer incluir setor militar da Embraer em negócio entre as duas empresas
Sérgio Botêlho Jornais da grande mídia abrem suas manchetes nesta terça-feira, 02, com 3 dos temas que estarão entre os mais destacados durante o ano: a violência, a política e a ...
READ MORE
Decisão de suspender ‘regra de ouro’ é de parlamentares e não tem apoio da equipe econômica, questiona Henrique Meirelles
Dispositivo que garante que a dívida pública não pode financiar despesas correntes do governo federal, a regra de ouro é fundamental para a governabilidade do país e não pode ser ...
READ MORE
Parceria na indústria turística é a palavra mágica para superar a crise
Estava outro dia conversando com um amigo meu da área do turismo e arrisquei um palpite. Segundo penso, mais do que nunca a parceria vai ser a alavanca para salvar ...
READ MORE
Setor elétrico brasileiro, como ele é e como funciona
Setor elétrico brasileiro é composto por uma grande rede de empresas. Dessa forma, elas formam a indústria da energia elétrica no país. São geradoras de energia, operadoras de linhas de ...
READ MORE
Live sobre prevenção à lavagem de dinheiro acontece nesta segunda, 7
Bate-papo sobre lavagem de dinheiro com CVM e BSM falará sobre a identificação do beneficiário final em fundos exclusivos A CVM e a BSM estão confirmadas para a nossa próxima live, ...
READ MORE
Aumento abusivo de preço dos combustíveis mobiliza Ministério Público
Sinopse MS Edição: Sérgio Botêlho Manchete e submanchetes do portal do Correio do Estado. DURANTE A GREVE. MPE abre inquérito para investigar aumento abusivo nos combustíveis/ FAZENDA NACIONAL. Débitos de INSS de 15 ...
READ MORE
Prêmio de Inovação em Seguros da CNseg: últimas semanas de inscrição
Os vencedores nas três categorias do Prêmio de Inovação em Seguros serão conhecidos e contemplados em dezembro  O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, promovido pela Confederação ...
READ MORE
Fake News, STF e política internacional são os destaques dos portais de notícias
PORTAIS DE NOTÍCIAS: Manchete e smbmanchetes da hora de O Globo online: Como surgiram e se propagaram as fake news sobre Marielle Franco. Publicação em site polêmico amplificou campanha difamatória contra ...
READ MORE
Combate ao coronavírus deve ser prioridade absoluta ao país
Economia não tem chance de recuperação sem retorno da confiança geral na saúde ao nível anterior à pandemia, impondo-se o combate ao coronavírus Sérgio Botêlho - Não há nada mais importante, ...
READ MORE
Governadores querem prorrogação do estado de calamidade e
Destaque: Boeing quer inclusão de área militar da
Decisão de suspender ‘regra de ouro’ é de
Parceria na indústria turística é a palavra mágica
Setor elétrico brasileiro, como ele é e como
Live sobre prevenção à lavagem de dinheiro acontece
Aumento abusivo de preço dos combustíveis mobiliza Ministério
Prêmio de Inovação em Seguros da CNseg: últimas
Fake News, STF e política internacional são os
Combate ao coronavírus deve ser prioridade absoluta ao

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.