Indústria brasileira aposta na Convenção sobre Biodiversidade Biológica

15ª edição da Conferência das Partes (COP 15) da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), está prevista para este ano, em Kunming, na China

A perda da biodiversidade e as mudanças climáticas estão entre os cinco maiores riscos globais apontados no relatório do Fórum Econômico Mundial em 2020 e 2021. Atenta a isso, a indústria brasileira está com expectativas elevadas para a 15ª edição da Conferência das Partes (COP 15) da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), prevista para este ano, em Kunming, na China.

Isso porque lá será definido o Marco Global para a Biodiversidade Pós-2020, com metas para conservação e uso sustentável da biodiversidade e repartição justa e equitativa de benefícios advindos da utilização dela. Esse plano é a coluna vertebral da governança e da implementação dos objetivos da CDB, além de estar alinhado com a visão de 2050 para a biodiversidade de “viver em harmonia com a natureza”.

Para Davi Bomtempo, gerente executivo de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Confederação Nacional da Indústria (CNI), essa agenda é importante para o avanço da bioeconomia e da conservação e uso sustentável da biodiversidade.

O quinto panorama da biodiversidade global (GBO-5), publicado em 2020 pela CDB, trouxe um relatório das Metas de Aichi. O documento relata que, praticamente, não houve avanços nas metas desse plano, além de destacar boas práticas para alcançar a visão de 2050. 

Em 2018, com a proximidade do fim do período compreendido pelas Metas de Aichi, a Conferência das Partes, que é a instância decisória máxima da CDB, criou um grupo de trabalho para elaborar o Marco Global para a Biodiversidade Pós-2020.

O grupo realizou duas reuniões e foram elaboradas duas minutas do documento. Agora, será realizada mais uma reunião, além de reuniões informais online por meio de webinars e reuniões de outros grupos de trabalho para subsidiar as discussões na COP 15.

Novo documento terá foco em implementação e monitoramento de metas

Assim, o GBO-5 fornece uma base importante para a elaboração do novo Marco Global para a Biodiversidade a partir das lições aprendidas com as Metas de Aichi. Entre as quais estão metas relacionadas ao acesso e repartição de benefícios (ABS, sigla em inglês) advindos da utilização de recursos genéticos, base de um dos três objetivos da CDB.

Os princípios de ABS foram utilizados para elaborar o Protocolo de Nagoia, tratado complementar à CDB que estabelece regras internacionais sobre o uso de recursos genéticos para governança internacional da biodiversidade.

O Marco Global para a Biodiversidade Pós-2020 inclui metas sobre ABS e, agora, está sendo construído com mais foco na implementação e no monitoramento das metas para engajar a sociedade.

Da redação do Para Onde Ir com informações da Agência CNI

 

E-BOOK GRATUITO - Todas as praias de João Pessoa e Cabedelo, no Litoral Paraibano 

Related Posts
Transporte coletivo pessoense tem sanitização fiscalizada pelo Procon-JP
Medida foi adotada no transporte coletivo pessoense em operação realizada pelo órgão, com apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana As empresas de transporte coletivo de João Pessoa foram notificadas pelo Procon-JP ...
READ MORE
Retrucando o negacionismo em tempos de pandemia
Movimento, que tem como maiores alvos a ciência e a verdade, é ainda mais prejudicial frente ao coronavírusRetrucando o negacionismo. Infelizmente, o negacionismo nunca esteve tão ativo como neste momento ...
READ MORE
“Em defesa da autonomia universitária e da democracia”, ex-líderes estudantis contestam nomeação de reitor da UFPB
“Indignados com os fatos ocorridos na UFPB”, dezenas de ex-lideranças estudantis divulgaram nota em que denunciam a nomeação do terceiro colocado para reitor da UFPB, “sem ter recebido nenhum voto ...
READ MORE
Governos reforçam campanhas por medidas sanitárias contra a Covid
Na Paraíba, governo apela, em vídeo, por medidas sanitárias contra a Covid, com depoimentos sobre a gravidade da pandemia Na ausência de uma campanha nacional forte e persuasiva em favor de ...
READ MORE
Carta Capital critica excessos de Moro e Isto É expõe investigações contra Temer
Carta Capital critica excessos de Moro e Isto É expõe investigações contra Temer Edição: Sérgio Botêlho As revistas Carta Capital e Isto É, em circulação, trazem, respectivamente, Moro e Temer em suas ...
READ MORE
Retorno remoto das aulas, fechamento da orla, mais ônibus e mais leitos decidem Azevedo e Cícero para enfrentar Covid
O governador João Azevêdo se reuniu, nesta segunda-feira (22), no Palácio da Redenção, em João Pessoa, com o Comitê Gestor da Saúde e com o prefeito da Capital paraibana, Cícero ...
READ MORE
Como retomar o turismo? Crédito da foto: Canva
A fim de encontrar saídas tecnológicas para responder a questão de como retomar o turismo, está aberta competição internacional. Para isso estão unidas a Organização Mundial do Turismo (OMT), o ...
READ MORE
Praia de Costinha, onde natureza e história propiciam atrativos singulares
Sérgio Botêlho - Costinha é o primeiro distrito do município de Lucena para quem chega por meio do ferry boat que sai de Cabedelo. A praia faz parte da área ...
READ MORE
Festa do Rosário. Foto: Iphan
Festa do Rosário, em Pombal, garante tradição secular das irmandades dos pretos, de todo o BrasilFesta do Rosário, em Pombal. Foto: IphanInicialmente difundida na África, pelos portugueses, com o objetivo ...
READ MORE
Imagem: Canva
Aquecimento global; incertezas nos manguezais; guia verde a candidatos; loteamento de mananciais e ônibus ecológico nas cidades; clima extremo; e tem mais... Sinopse do noticiário referente a meio ambiente e sustentabilidade ...
READ MORE
Transporte coletivo pessoense tem sanitização fiscalizada pelo Procon-JP
Retrucando o negacionismo em tempos de pandemia
“Em defesa da autonomia universitária e da democracia”,
Governos reforçam campanhas por medidas sanitárias contra a
Carta Capital critica excessos de Moro e Isto
Retorno remoto das aulas, fechamento da orla, mais
Como retomar o turismo? Competição busca respostas; inscrições
Praia de Costinha, onde natureza e história propiciam
Pombal mantém tradição afro-brasileira secular na Festa do
Aquecimento global no destaque da sustentabilidade na imprensa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.