16 de maio: Dia Internacional da Luz

A luz é um fenômeno natural que a ciência veio a entender e aprender a usar, e também desempenha um papel essencial em todas as ciências e em suas aplicações práticas

Devido ao sucesso alcançado no Ano Internacional da Luz em 2015, a Unesco proclamou o 16 de maio como o Dia Internacional da Luz. Essa data foi escolhida por ser o dia em que ocorreu a primeira emissão LASER, em 1960. 

A data foi instituída por uma iniciativa mundial organizada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), com o objetivo de fornecer um ponto focal anual para a contínua apreciação da luz e o papel que desempenha na ciência, cultura e arte, educação e desenvolvimento sustentável, e em campos tão diversos como medicina, comunicações e energia. 

O amplo tema da luz permite que diversos setores da sociedade em todo o mundo participem de atividades que demonstrem como a ciência, a tecnologia, a arte e a cultura podem ajudar a alcançar as metas da Unesco – educação, igualdade e paz.

A luz é um fenômeno natural que a ciência veio a entender e aprender a usar, e também desempenha um papel essencial em todas as ciências e em suas aplicações práticas.

Todos os seus benefícios naturais e seus usos científicos e tecnológicos fazem com que a luz seja uma parte essencial da vida cotidiana de nossas sociedades; esses benefícios e usos fazem com que a luz seja uma questão importante para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, salientou.

O Dia Internacional da Luz mostra a importância da luz na vida das pessoas, sua importância em todas as áreas da vida, de acordo com a chefe da Unesco. No ano passado, esse dia foi observado pela primeira vez em 87 países.

No Brasil, as celebrações se somam à comemoração do Centenário do Eclipse de Sobral, celebrado no dia 29 de maio, evento que confirmou a Teoria da Relatividade Geral de Einstein.

Crédito da foto: ESA-Divulgação

FONTES:

http://portal.sbpcnet.org.br/noticias/dia-internacional-da-luz-tem-celebracoes-no-mundo-todo/

https://portal.if.usp.br/imprensa/pt-br/node/1870

Por Sérgio Botêlho, na edição dos Destaques do Dia do Para Onde Ir

You may also like

Comente