11 de maio: Dia Nacional do Reggae

No Brasil, 11 de maio, que marca a morte de Bob Marley, foi instituído o Dia Nacional do Reggae por força de lei

Em 11 de maio de 1981 morria uma das maiores lendas da música popular do mundo. Robert Nesta Marley, ou Bob Marley, conquistou o público de todo o planeta com a música jamaicana, o reggae, nascido de estilos que misturavam um pouco de música caribenha com o jazz norte-americano, como o SKA. 

No Brasil, 11 de maio, que marca a morte de Bob Marley, foi instituído o Dia Nacional do Reggae por força de lei, sancionada em 2012, com objetivo de homenagear esse ritmo incorporado à cultura popular brasileira por tantos artistas, desde Gilberto Gil, passando por Chico César e Edson Gomes.

Dedicado a protestar contra injustiças sociais, Bob Marley é mundialmente celebrado como a voz dos pobres e oprimidos, sendo considerado um símbolo de resistência negra, espiritualidade e luta por justiça social. 

Suas músicas denunciavam o racismo, a desigualdade social, o colonialismo e a guerra. Devoto do movimento religioso Rastafári, a vida e a obra de Bob Marley foram profundamente influenciadas por sua fé. 

Sua música serviu de porta-voz às convicções e temas da fé Rastafári, como as interpretações afrocêntricas da Bíblia e o pan-africanismo. A África e seus problemas, como a miséria e a colonização europeia, foram também assuntos amplamente abordados em suas músicas.

FONTES: 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bob_Marley

https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/cultura/audio/2021-05/dia-nacional-do-reggae-data-marca-morte-de-bob-marley

Edição: Sérgio Botêlho

You may also like

Comente