Setor elétrico brasileiro, como ele é e como funciona

Setor elétrico brasileiro é composto por uma grande rede de empresas. Dessa forma, elas formam a indústria da energia elétrica no país. São geradoras de energia, operadoras de linhas de transmissão, distribuidoras e comercializadoras.

As geradoras produzem a energia, as transmissoras a transportam do ponto de geração até os centros consumidores, de onde as distribuidoras a levam até a casa dos cidadãos. As comercializadoras são empresas autorizadas a comprar e vender energia aos consumidores.

Cabe ao governo monitorar a continuidade e a segurança do suprimento de energia. O Ministério das Minas e Energia (MME) é responsável pelo planejamento e formulação das políticas públicas, além de exercer o poder concedente. Enquanto à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), cumpre regular o setor. 

Outras instituições atuam no setor elétrico brasileiro, como o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), o MME, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Insumo essencial

No Brasil, a principal fonte de geração é a hidrelétrica (água corrente dos rios), que responde por 62% da capacidade instalada em operação no país. Na sequência vêm as termelétricas (gás natural, carvão mineral, combustíveis fósseis, biomassa e nuclear), com 28%. O restante é proveniente de usinas eólicas (energia dos ventos) e importação da energia de outros países.

Intercâmbio

O sistema elétrico brasileiro permite o intercâmbio da energia produzida em todas as regiões. No entanto, exceto nos sistemas isolados, localizados principalmente na região Norte. 

O trânsito da energia é possível graças ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Trata-se de uma grande rede de transmissão com mais de 100 mil quilômetros (km) de extensão. As localidades do sistema isolado vêm sendo gradativamente interligadas ao longo dos anos. Assim, hoje somente cerca de 2% do mercado nacional permanece no sistema isolado.

Um comentário em “Setor elétrico brasileiro, como ele é e como funciona

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.