7 de março de 1808: família real portuguesa chega ao Rio

Fugindo das tropas de Napoleão Bonaparte e com apoio dos ingleses, família real portuguesa chega ao Rio para mudar história do Brasil

Sérgio Botêlho – Depois de passar por São Salvador da Bahia, onde, em 22 de janeiro de 1808, Dom João VI decretou a abertura dos portos às nações amigas (especialmente à Inglaterra), a família real portuguesa chega à cidade do Rio de Janeiro.

Dom João VI e seu séquito vinham fugindo das ameaças francesas, sob o comando de Napoleão Bonaparte, de tomar Portugal, assim como queria fazer com a Europa inteira. Diante do perigo à família real, a decisão da Corte Portuguesa foi se mudar para a colônia, com o apoio e a cobertura dos ingleses, de quem eram aliados desde o Século XIV. A Inglaterra vinha opondo resistência armada contra as pretensões napoleônicas.

Na bagagem, contudo, os fidalgos lusitanos não trouxeram apenas novas despesas – e que foram muitas e revoltantes -, mas, também, novo status à colônia, que haveria de passar dessa condição mais simplória para a de Reino Unido de Portugal e Algarves, e apenas 14 anos depois, se tornado independente de Portugal.

Os problemas, eles foram muitos, com certeza, a começar pela desapropriação das melhores residências da cidade em favor dos membros da Corte, para desespero de seus proprietários. Afora a intensificação da cobrança de impostos no país inteiro, que findou provocando, entre outras escaramuças, a Revolução de 1817, em Pernambuco.

13 anos

As mudanças ocorridas no Rio de Janeiro (que já havia sido nomeada capital do Brasil, desde 1763) com os novos mandatários foi enorme, durante os 13 anos que Dom João VI e seus nobres pares desfrutaram das belezas e da hospitalidade das terras fluminenses. 

Durante esse período, foram criadas a Biblioteca Nacional, o Jardim Botânico, o Real Gabinete Português de Leitura, o Teatro São João (atual Teatro João Caetano), a Imprensa Nacional e o Museu Nacional, requalificando completamente o status urbano, social e econômico do Rio de Janeiro. Além de calçamento de ruas e saneamento. 

Somente em 26 de abril de 1821 é que a Família Real Portuguesa retornou a Portugal, com Dom João VI deixando seu filho Pedro de Alcântara na condição de regente do Brasil, mas que seria aclamado Imperador Constitucional do Brasil no dia 12 de outubro de 1822, após proclamar a independência do país pouco mais de um mês, antes, em 7 de setembro daquele ano de 1822. 

Fontes:

Família real portuguesa chega ao Rio de Janeiro

Video:

Histórias do Brasil – A Família Real vem morar no Brasil

Related Posts
Turismo gastronômico: Memorial Cotochés acontece neste sábado, 10
O município de Abre Campo, em Minas Gerais, realiza mais uma versão do Memorial Cotochés, que já se tornou referência em gastronomia de qualidade na região.Pensando nisso, o Festival Gastronômico ...
READ MORE
Sessão do Congresso Nacional nesta terça-feira, 03, durou seis horas
Sérgio Botêlho Difícil resumir a situação política do país, neste momento, após a prisão do ex-presidente Lula. Em primeiro lugar, porque o ex-presidente aguarda uma nova decisão do Supremo Tribunal Federal, ...
READ MORE
Teatro e dança ocupam o Entrevista Funesc nesta sexta-feira, 23
Com promoção da Fundação Espaço Cultural da Paraíba, gente paraibana de teatro e dança será a atração do Entrevista Funesc Projeto ‘Entrevista Funesc’, promovido pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), ...
READ MORE
23 de fevereiro de 1455: Bíblia de Gutenberg é o primeiro livro impresso
O extraordinário inventor Johann Gutenberg escolheu a Bíblia para ser o primeiro livro impresso em tipos móveis. Dessa maneira, a obra ficou conhecida como a Bíblia de Gutenberg O extraordinário inventor ...
READ MORE
Brasil agora tem 15 cidades metrópoles: mais 3 ganharam o posto
Brasil agora tem 15 cidades metrópoles com mais 3 que alcançaram posto. As novas metrópoles são Campinas, Florianópolis e Vitória. Dessa maneira, Campinas é a única metrópole que não é ...
READ MORE
Crédito da foto: Canva
PIB de 2019. Apesar da Reforma da Previdência e de outras medidas específicas em favor da economia, ano passado, o Produto Interno Bruto do Brasil (PIB) cresceu apenas 1,1% em ...
READ MORE
Foto do site http://www.grupoescolar.com/
"Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor de sua pele, por sua origem ou por sua religião". Foi o que, repetindo Mandela, o grande líder contra o apartheid ...
READ MORE
São Paulo - Show do rapper Criolo no Palco Júlio Prestes da Virada Cultural de São Paulo (Rovena Rosa/Agência Brasil)
Vai começar às 18 horas deste sábado, na capital paulista, a 15ª edição da Virada Cultural, que promete 1,2 mil atrações gratuitas em 24 horas de programação, segundo acentua a ...
READ MORE
Cai participação de industrializados na pauta de exportação brasileira
Confiança da Indústria cai; Brasil de olho nos Jogos Olímpicos de Inverno, na China; Micro e pequenas empresas lideram empregos no Brasil 🖋 Edição: _Sérgio Botêlho_ *ECONOMIA DO TURISMO*, Ano II, Nº ...
READ MORE
Com tecnologia simples, Cooperar leva água tratada ao interior
Água tratada com tecnologia francesa, simples e sem energia elétrica é nova arma a favorecer a saúde pública Comunidade rural da Jurema, localizada no município de Tavares, interior do Estado da ...
READ MORE
Turismo gastronômico: Memorial Cotochés acontece neste sábado, 10
Prisão de Lula, perspectivas e cautela política
Teatro e dança ocupam o Entrevista Funesc nesta
23 de fevereiro de 1455: Bíblia de Gutenberg
Brasil agora tem 15 cidades metrópoles: mais 3
PIB de 2019, no Brasil, cresceu abaixo de
Racismo e preconceito: males que nos afligem
Veja a programação da Virada Cultural: 24 horas
Cai participação de industrializados na pauta de exportação
Com tecnologia simples, Cooperar leva água tratada ao

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.